CDB Prefixado e Pós-fixado: qual a diferença?

Com a chegada do novo coronavírus, o mercado que vivia um momento de recuperação com sinais de valorização passou a respirar dias de muitas incertezas. Um sentimento de aversão ao risco se instalou entre os investidores e fez com que muitos buscassem por alternativas seguras, rentáveis e com baixa exposição ao risco. Dentre os tipos de investimentos que atendem a essas exigências estão os CDB’s. Para que você conheça melhor esse tipo de ativo, confira o material abaixo e entenda melhor sobre suas principais características e diferenças entre CDB pré e pós-fixado.

O que veremos neste artigo?
O que é CDB?
Rendimento Prefixado
Rendimento Pós-fixado
Rendimento Híbrido
Simulador de rendimento dos CDB`s
Qual o prazo de resgate de cada um?
Como é calculada a tributação do IR?
Tem garantia de crédito pelo FGC?
Qual CDB é a melhor opção?

O que é CDB?

O Certificado de Depósito Bancário – CDB nada mais é que um dos integrantes da família dos títulos de renda fixa. São emitidos exclusivamente por bancos com o objetivo de captar dinheiro para financiar suas atividades. Sua distribuição ocorre por meio de seus originadores ou através das corretoras de valores mobiliários.

Representam uma forma segura, com baixo nível de oscilação e mais rentável que a poupança. Sendo, portanto, uma excelente opção aos investidores mais conservadores. Sua rentabilidade é determinada pelo tipo de taxa de retorno estabelecida e com base nessa escolha são classificados como: prefixado, pós-fixado e híbrido.

Rendimento Prefixado

Esta é a modalidade de CDB em que o rendimento é acordado antes da contratação do título, sendo assim, é possível saber previamente qual será o retorno exato do seu investimento. De forma prática, ao investir R$ 1.000,00 em um CDB a uma taxa prefixada de 12% ao ano, por exemplo, o investidor já sabe que terá um retorno final R$ 120,00 independentemente das variações do CDI durante esse período.

Rendimento Pós-fixado

Diferente do prefixado, nesta modalidade o rendimento só é obtido após a contratação do título e todas as variações do indexador utilizado serão refletidas no valor final do investimento. Usando o exemplo anterior, ao investir R$ 1.000,00 em um CDB pós-fixado a uma taxa de 100% do CDI, o investidor terá seu rendimento atualizado diariamente. Para isso o banco emissor consultará a instituição responsável pela divulgação diária do índice (no caso, a CETIP), multiplicará pelo percentual do índice contratado e aplicará ao montante investido.

Rendimento Híbrido

Não tão comum quanto os outros tipos, o rendimento híbrido é composto por uma parte fixa e outra variável. Neste caso, o investimento de R$ 1.000,00 em um CDB com rendimento de 5,0% + IPCA por um ano, terá um retorno fixo de 5,0%, acrescido do IPCA do período, respeitando suas oscilações. Logo, se no período o IPCA subir, os rendimentos do seu CDB híbrido seguirão a mesma direção e vice-versa.

Simulador de rendimento dos CDB`s

O simulador  é uma ferramenta de fácil acesso em que o investidor consegue visualizar o rendimento esperado ao optar por investir em um CDB. Além disso, através dele é possível comparar com outros tipos de investimentos em renda fixa, como o Tesouro Direto, LCA, LCI e a poupança. Desta forma, o investidor conseguirá estimar seus rendimentos e isso auxiliará na escolha de qual modalidade lhe atenderá melhor.

Qual o prazo de resgate de cada um?

O prazo de resgate refere-se ao período em que o valor aplicado no título, somado ao rendimento, estará disponível novamente ao investidor. Esses prazos podem variar, uma vez que são definidos pela instituição emissora. Alguns CDB’s possuem liquidez imediata, outros liquidez diária após determinado o período de carência e outros com vencimentos mais longos.

Normalmente, os títulos com maiores prazos são negociados a taxas mais atrativas. Contudo, nem todos podem ser resgatados antes do vencimento. Por esse motivo é importante ficar atento ao que melhor atende às necessidades do seu planejamento financeiro.

Como é calculada a tributação do IR?

A tributação do CDB segue a tabela regressiva. Nesse caso, a alíquota máxima é de 22,5% para valores investidos até 180 dias. Passando esse período, o imposto cobrado é de 20%, entre 181 a 365 dias; 17,5% para o período de 366 a 720 dias, atingindo a menor alíquota (15%) após 720 dias. Isto permite afirmar que quem investe por mais tempo, recolhe menos imposto. Lembrando que o imposto incide sobre o rendimento e não sobre o valor total aplicado.  Você pode estimar mais operações através da calculadora do cidadão.

Tem garantia de crédito pelo FGC?

Assim como a poupança e outros títulos de renda fixa, tais como LCA e LCI, o CDB também conta com a garantia do Fundo Garantidor de Crédito – FGC. Logo, em caso de insolvência de uma instituição que emitiu o título, o investidor terá garantido o valor de R$ 250 mil por CPF/CNPJ por instituição, limitado a R$ 1 milhão renovado a cada quatro anos. É válido ressaltar que o investidor ficará limitado a garantia de R$ 250 mil ainda que o valor esteja aplicado em diferentes corretoras. Por esse motivo é importante diversificar os emissores e evitar ultrapassar esse limite.

Resumindo…. Qual CDB é a melhor opção?

Depende! A escolha do CDB deve ser pautada em várias premissas, como  por exemplo o atual cenário econômico (se vivemos um cenário de alta ou de baixa da taxa de juros), assim como se é possível aguardar por períodos mais longos ou ainda se há necessidade de liquidez imediata. Os CDB’s são excelentes instrumentos para compor as carteiras de investimentos de acordo com seu planejamento financeiro. Saber identificar qual tipo atenderá melhor suas particularidades é fundamental para o sucesso nos resultados.

Agora que você conhece melhor esse importante instrumento disponível no mercado, sabe que vale a pena utilizar o CDB como um grande aliado em sua carteira de investimentos, contribuindo com um retorno seguro e consistente, abra sua conta na Guide e invista nesse e outros tipos de investimentos!

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções
Bitnami