CDB e CDI: Qual a diferença entre eles?

CDB e CDI são duas siglas do mercado financeiro e que tratam de certificados. Mas elas são bem diferentes entre si.

O que veremos neste artigo?
O que é CDB?
O que é CDI?

Veja abaixo a definição de cada uma das siglas para não de confundir nunca mais.

O que é CDB?

Certificado de Depósito Bancário, ou mais famoso pela sigla CDB, é um tipo de investimento em Renda Fixa. Investir em CDB é emprestar dinheiro para o banco. E, se você vai emprestar dinheiro, como que você ganha investindo num CDB? É simples! Ao investir, você define uma taxa que você receberá no vencimento do investimento, ou seja, o que investiu + o rendimento.

Os CDBs podem ser de três tipos: prefixado, pós-fixado ou híbrido. No prefixado, você define a porcentagem de retorno no vencimento. No pós-fixado, você define a taxa atrelada a algum indexador ou referência, como o CDI, por exemplo. E, por último, existe o CDB híbrido, que é uma mistura dos dois anteriores, colocando uma taxa fixa e outra não, por exemplo o CDI + a taxa fixa.

O que é CDI?

A diferença de CDB e o CDI é que o primeiro é o título e o segundo é a remuneração associada. CDI significa Certificado de Depósito Interbancário, que é a taxa de juros utilizada entre os bancos quando se emprestam recursos. Ela está sempre nas proximidades da Selic, ligeiramente abaixo dela.

Por norma do Banco Central, todos os dias os bancos devem fechar em positivo, por isso, diariamente os bancos se emprestam dinheiro para deixar o caixa positivo. A taxa utilizada nesse processo é o CDI.

Assim, não é possível “investir em CDI”, mas ele acaba sendo referência para diversos investimentos, principalmente de Renda Fixa. Atrelado a ele, seu objetivo é que o rendimento se iguale ou supere a taxa.

Agora que você já sabe mais sobre CDB, abra sua conta na Guide e invista nesse e outros tipos de investimentos!

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções
Bitnami