IIF: Brasil e Rússia têm maior queda de importações na pandemia entre emergentes

Tempo de leitura: 1 minuto

Brasil e Rússia são os dois emergentes onde as importações caíram de forma muito mais intensa que as exportações em meio à pandemia do coronavírus, o que é positivo para o balanço de pagamentos, conclui um estudo do Instituto Internacional de Finanças (IIF), formado pelos 500 maiores bancos do mundo. Já Turquia e Egito se destacam pela forte queda das exportações este ano, o que é negativo para as contas externas.

O estudo do IIF procurou avaliar o impacto da pandemia do coronavírus nas exportações e importações, na medida em que a covid-19 já pegou as moedas da região desvalorizadas e o movimento só se acentuou.

Como a pandemia foi um choque global, o que se esperava é que tanto as exportações como as importações caíssem em ritmo semelhante. Mas a análise por país mostra que alguns foram exceções, como o Brasil, que teve queda mais forte nas importações, por conta da retração da atividade e do dólar forte, e a Turquia, onde as exportações recuaram mais intensamente.

O IIF observa que desde 2013, ano que marcou a virada internacional para baixo nos preços das commodities, as moedas de emergentes vêm tendo desvalorização importante.

Em média, perderam entre 20% e 30% do valor perante o dólar. Este ano, essa tendência de desvalorização se acentuou, com o real e a lira turca entre os piores desempenhos mundiais, ressalta o relatório.

O IIF comenta que prepara uma atualização de suas estimativas das taxas justas de câmbio de cada país.

Relacionados

Com 11,4% dos votos contados, Castillo lidera eleições presidenciais no Peru

Com 11,4% dos votos contabilizados, o candidato de esquerda Pedro Castillo lidera a disputa pela Presidência do Peru, informou há pouco [...]

Estadão - 12/04/2021

Lasso se proclama vencedor das eleições presidenciais no Equador

O ex-banqueiro Guillermo Lasso se proclamou vencedor das eleições presidenciais do Equador nesta segunda-feira. O candidato agradeceu aos cidadãos após a [...]

Estadão - 12/04/2021

Embaixador dos EUA afirma que País terá de preservar Amazônia para entrar na OCDE

Diante de uma seleta plateia virtual com nomes de peso do empresariado e ex-ministros de diferentes governos, o embaixador americano no [...]

Estadão - 11/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções