Após saída de Teich, bairros do Rio registram panelaço e xingamento a Bolsonaro

Tempo de leitura: 1 minuto

Assim como aconteceu após a demissão de Luiz Henrique Mandetta, o anúncio da saída do atual ministro da Saúde, Nelson Teich, provocou panelaços imediatos no Rio de Janeiro.

Vários bairros, principalmente da zona sul da cidade, registraram as manifestações, que incluíram gritos de “Fora Bolsonaro”, “canalha”, “assassino” e “genocida”.

Houve registros em locais como Flamengo, Botafogo, Laranjeiras, Cosme Velho e Glória.

Relacionados

Supremo decide em favor do réu em 25% dos habeas corpus da Defensoria do Rio

Um levantamento inédito feito pela Defensoria Pública do Rio de Janeiro e obtido pelo Estadão concluiu que um em cada quatro [...]

Estadão - 21/04/2021

Caso Alstom: STF mantém na Justiça Federal ação contra ex-executivo da EPTE

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, na sessão desta terça, 20, manter a ação penal contra o ex-diretor [...]

Estadão - 21/04/2021

Salles rebate Anitta por postagem pedindo a saída do ministro

Alvo hoje de um tuitaço ao qual ele mesmo deu visibilidade na noite desta terça-feira, 20, quando compartilhou, em tom irônico, [...]

Estadão - 21/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções