As melhores ações, segundo Peter Lynch

Tempo de leitura: 4 minutos

Peter Lynch é um investidor americano, anteriormente gestor do fundo de investimento Magellan, da famosa companhia Fidelity Investments. Lynch é responsável por entregar um retorno de 29,2% ao ano durante o período de 1977 a 1990. Esse retorno superou com folga a rentabilidade do S&P 500 no período, tornando o Magellan o fundo com o maior retorno do mundo na época. Assim, é interessante entender como Lynch descreve uma ação ideal, e é sobre isso que trataremos nesse texto.

Entender o modelo de negócio

Lynch comenta em seu livro “O Jeito Peter Lynch de Investir” que prefere investir em empresas com modelos de negócio de fácil entendimento em relação a negócios em indústrias mais complexas, como a de alta tecnologia. Segundo Peter, um negócio que ele se interessa é aquele que até um “idiota” consegui gerir, pois provavelmente alguma hora alguém assim irá geri-lo.

Empresas entediantes

O investidor também comenta sobre uma preferência por empresas que possuem nomes até ridículos, que têm uma atividade que seja até entediante e que fazem algo que não chame muita atenção.

No seu livro, ele comenta sobre a empresa Safety-Kleen. Primeiramente, o nome deveria ser Safety-Clean, caso fosse escrito da maneira correta. Já a atividade da empresa era fornecer uma máquina para postos de gasolina, que limpa partes oleosas dos automóveis.

A principal justificativa de Lynch para empresas desse tipo é que elas passam desapercebidas por analistas e gestores de fundos de investimento, pois ninguém quer estudar uma empresa com um nome estranho e negócio extremamente simples. Dessa maneira, uma oportunidade pode passar fora dos olhos da maior parte do mercado, surgindo um ótimo case de investimento.

A companhia possui um nicho de mercado

O investidor pontua que procura investir em empresas que possuem um nicho de mercado, evitando empresas que competem com muitas outras. Ele usa como exemplo a produtora de filmes 20th Century-Fox, que basicamente compete com todas as produtoras de filme do mundo.

Uma empresa de nicho que Lynch comenta é a Inco, uma das maiores produtoras de níquel do mundo. Ele diz que visitou a mina de cobre no Utah, nos Estados Unidos, e lembra que pensou: “não tem como ninguém no Japão ou na Coreia do Sul inventar uma mina dessa”. Assim, é interessante buscar negócios com barreira de entrada, ou seja, que não sejam facilmente replicáveis.

Indústrias que geralmente possuem nichos são a farmacêuticas e a química pois, normalmente, possuem patentes que fazem com que tenham produtos que as concorrentes não podem produzir.

Olhe para os insiders

Os insiders são pessoas que estão diretamente envolvidas com a gestão da companhia, conselheiros, diretores etc. Basicamente, eles são obrigados pelo órgão regulador a divulgar se estão comprando ou vendendo ações da companhia, bem como informando o valor total das transações.

Nesse caso, o ponto é bem simples, se os insiders estão comprando as ações, existe um ótimo indicativo que a companhia está sendo negociada em um preço atrativo. Não há dúvidas que os insiders são os indivíduos que mais entendem do negócio, quais transformações estão acontecendo e como os resultados da companhia virão. Desse modo, é sempre interessante estar do lado de quem mais possui conhecimento do business.

A companhia está recomprando suas ações

Recomprar ações é uma das melhores e mais simples formas de uma empresa recompensar seus investidores. Se a empresa está com disponibilidade de caixa, acredita no seu próprio futuro e percebe que suas ações estão sendo negociadas com desconto, por que não comprar suas próprias ações?

Nesse caso, a companhia tira as ações de circulação, ou seja, as ações que os investidores possuem acabam por valer mais, pois o lucro por ação aumentará, por conta do menor número de ações. Por exemplo, uma empresa que mantém seu lucro constante e recompra metade das suas ações, verá seu lucro por ação simplesmente dobrar, causando, muito provavelmente, uma intensa valorização das ações.

Conclusão

Devemos sempre olhar os conselhos dos investidores mais bem-sucedidos do mundo e Peter Lynch, sem dúvidas, é um deles. Com esses aspectos, esperamos que o investidor possa perceber alguns detalhes que às vezes passam desapercebidos no momento de analisar uma ação.

É sempre importante possuir convicção nas empresas que você escolhe investir e se elas possuírem todos ou alguns desses aspectos, existe uma grande chance de ser uma boa oportunidade de investimento.

Por fim, não deixe de conferir diretamente o livro de Peter Lynch: “O Jeito Peter Lynch de Investir”. Lá, você poderá ler vários outros interessantes insights desse renomado investidor.

Relacionados

5 lições de Charlie Munger

Charlie Munger é um dos investidores mais consagrados da história, vice-presidente da Berkshire Hathaway, parceiro de longa data de Warren Buffett. [...]

Suno Research - 07/04/2021

O que é o mercado de ações e como ele funciona

Entre riscos e a volatilidade inerente ao processo, o mercado de ações vale a pena para o investidor que busca ampliar [...]

Syntax Finance - 07/04/2021

Tudo o que você precisa saber sobre Fundos de Fundos (FoFs)

Os Fundos de Fundos, também conhecidos pelo acrônimo FoFs, apresentam uma estratégia de investimento baseada na união de recursos, por uma [...]

Suno Research - 24/03/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções