De olho em covid-19, bolsas da Ásia e Pacífico fecham majoritariamente em baixa

Tempo de leitura: 1 minuto

As bolsas da Ásia e do Pacífico fecharam majoritariamente em baixa nesta quarta-feira, influenciadas pela disseminação do coronavírus na região e nos EUA.

O índice acionário japonês Nikkei caiu 0,58% em Tóquio hoje, a 22.751,61 pontos, enquanto o Hang Seng recuou 2,25% em Hong Kong, a 25.057,94 pontos, e o sul-coreano Kospi teve perda marginal de 0,01% em Seul, a 2.228,66 pontos.

Na Oceania, a Austrália relatou 502 novos casos de covid-19 em 24 horas, superando o recorde anterior de 469 infecções de 28 de março. A bolsa de Sydney terminou o pregão com queda de 1,32%, a 6.075,10 pontos.

Autoridades no Japão e em Hong Kong também se mostraram alarmadas com os crescentes números de casos da doença.

Os EUA continuam sendo o principal foco de preocupação. Ontem, o presidente Donald Trump alertou que a pandemia nos EUA “ficará pior antes de melhorar”.

No mundo, os casos de coronavírus se aproximam de 15 milhões e as mortes somam mais de 600 mil, segundo dados da Universidade Johns Hopkins.

As bolsas da China continental, por outro lado, acumularam ganhos pelo quarto dia consecutivo nesta quarta, diante da demanda de investidores estrangeiros por ações do tipo A, que são negociadas tanto em Xangai quanto em Shenzhen. O índice Xangai Composto subiu 0,37%, a 3.333,16 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto avançou 0,84%, a 2.251,43 pontos. O mercado de Taiwan também ficou no azul, com alta de 0,61% do Taiex, a 12.473,27 pontos. Com informações da Dow Jones Newswires.

Relacionados

Franco França liga para colega argentino e fala em aprofundar relações bilaterais

O novo chanceler brasileiro, o embaixador Carlos Alberto Franco França, ligou neste sábado, 10, para seu homólogo argentino, Felipe Solá, e [...]

Estadão - 10/04/2021

Comitê interno da Petrobras desaprova dois nomes indicados ao Conselho da empresa

Dois dos 11 nomes indicados para compor o Conselho de Administração da Petrobras foram considerados inaptos a assumir o cargo por [...]

Estadão - 10/04/2021

Irã inicia lockdown de dez dias; Venezuela anuncia adesão à Covax

O Irã iniciou neste sábado, 10, um lockdown de dez dias para conter a quarta onda de infecções por coronavírus no [...]

Estadão - 10/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções