Bolsas da Ásia fecham sem direção única, após BoJ e ainda digerindo Fed

Tempo de leitura: 1 minuto

As bolsas asiáticas fecharam sem direção única nesta sexta-feira, 18, após o Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês) manter sua política monetária, mas reforçar linhas de crédito, e com investidores ainda digerindo a recente guinada “hawkish” (propenso à retirada de estímulos) do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA).

O índice acionário japonês Nikkei teve modesta queda de 0,19% em Tóquio hoje, a 28.964,08 pontos, enquanto o Hang Seng avançou 0,85% em Hong Kong, a 28.801,27 pontos, o sul-coreano Kospi subiu 0,09% em Seul, a 3.267,93 pontos, e o Taiex registrou perda de 0,41% em Taiwan, a 17.318,54 pontos.

Na China continental, o Xangai Composto ficou praticamente estável, com baixa marginal de 0,01%, a 3.525,10 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto se valorizou 0,81%, a 2.378,61 pontos.

Como se previa, o BoJ reafirmou as principais características de sua política monetária, incluindo a taxa de depósito em -0,1% ao ano e a meta de juros do título público (JGB) de 10 anos em torno de 0%, após concluir reunião de dois dias nesta sexta.

O BC japonês, no entanto, decidiu também estender o programa de empréstimos a empresas afetadas pela crise da covid-19, de setembro até março do ano que vem, e lançou uma linha de crédito voltada a projetos relacionados ao combate às mudanças climáticas.

O Fed, porém, continua no centro das atenções, após sinalizar na quarta-feira (16) que irá remover estímulos monetários mais cedo do que se imaginava. O último gráfico de pontos do BC americano agora indica dois aumentos de juros em 2023. O anterior, de março, apontava elevação dos juros básicos apenas em 2024.

Na Oceania, a bolsa australiana subiu levemente, ficando bem perto de garantir um quarto fechamento em nível recorde nesta semana. O S&P/ASX 200 teve alta de 0,13% em Sydney, a 7.368,90 pontos. (Com informações da Dow Jones Newswires).

Relacionados

Ibram: Elevação da alíquota de CFEM carece de fundamento técnico aprofundado

O Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram) criticou nesta terça-feira, 3, a proposta do relator do projeto do Imposto de Renda, o [...]

Estadão - 03/08/2021

Lucro do Bradesco tem alta de 63% no 2º trimestre e atinge R$ 6,319 bilhões

O Bradesco registrou lucro líquido recorrente de R$ 6,319 bilhões no segundo trimestre deste ano, cifra 63,2% maior que os R$ [...]

Estadão - 03/08/2021

Campos Neto e diretores do BC participam de 2º dia da reunião do Copom

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, e os diretores da instituição participam amanhã, dia 4, do segundo dia de [...]

Estadão - 03/08/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções