Bolsas da Ásia fecham majoritariamente em alta, mas PPI chinês pesa em Xangai

Tempo de leitura: 1 minuto

As bolsas asiáticas fecharam majoritariamente em alta nesta quinta-feira, 14, seguindo o comportamento de Wall Street ontem, mas um salto recorde da inflação ao produtor (PPI) da China pesou no mercado de Xangai.

O índice japonês Nikkei subiu 1,46% em Tóquio, a 28.550,93 pontos, enquanto o sul-coreano Kospi avançou 1,50% em Seul, a 2.988,64 pontos, e o Taiex se valorizou 0,24% em Taiwan, a 16.387,28 pontos. Em Hong Kong, não houve negócios hoje devido a um feriado.

Na quarta-feira em Nova York, o Dow Jones ficou estável, mas o S&P 500 e o Nasdaq avançaram, com destaque para empresas de tecnologia, num dia marcado por novos números da inflação ao consumidor (CPI) dos EUA, balanços corporativos e ata de política monetária do Federal Reserve (Fed, o banco central americano).

Já na China continental, o Xangai Composto caiu 0,10% hoje, a 3.558,28 pontos, após dados mostrarem que o PPI anual chinês atingiu o patamar inédito de 10,7% em setembro, ampliando riscos de estagflação na segunda maior economia do mundo. O menos abrangente Shenzhen Composto, por outro lado, teve alta de 0,20%, a 2.399,26 pontos.

Na Oceania, a bolsa australiana seguiu o tom predominante da Ásia e ficou no azul, interrompendo uma sequência de três dias de perdas. O S&P/ASX 200 avançou 0,54% em Sydney, a 7.311,70 pontos. Com informações da Dow Jones Newswires.

Relacionados

Quanto rende 100 mil em fundos imobiliários?

Quando o assunto é ter uma renda passiva, os fundos de investimentos imobiliários são um dos ativos financeiros mais procurados pelos [...]

Syntax Finance - 21/10/2021

Estrangeiro eleva posição 'vendida' em taxa de juro

Os investidores estrangeiros aumentaram nesta quarta-feira, 20, suas posições aplicadas no mercado de juros, em termos líquidos. O estoque dos contratos [...]

Estadão - 21/10/2021

Dólar têm alta forte com tensão fiscal e exterior; mercado espera ação do BC

A tensão fiscal do País e o exterior negativo, com dólar e juros dos Treasuries em alta e bolsas em baixa, [...]

Estadão - 21/10/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções