Bolsas asiáticas fecham em baixa com preocupação sobre recuperação econômica

Tempo de leitura: 1 minuto

As bolsas asiáticas fecharam em baixa generalizada nesta quinta-feira, após comentários do presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA), Jerome Powell, gerarem preocupações de que a recuperação da economia global da pandemia de coronavírus seja mais lenta do que se esperava.

Em discurso que mobilizou a atenção de investidores ontem, Powell disse que a “trajetória adiante é não apenas altamente incerta como está sujeita a significativos riscos negativos”, alertando sobre a possibilidade de uma recessão pior do que qualquer outra desde a Segunda Guerra Mundial, em consequência do impacto econômico da covid-19, como é conhecida a doença causada pelo vírus.

Powell também pediu mais estímulos fiscais, sugerindo que o poder de fogo monetário do Fed pode não ser suficiente para conter estragos maiores, e descartou a possibilidade de o BC americano adotar juros negativos, hipótese que vinha sendo aventada nos mercados.

Na China continental, o índice Xangai Composto terminou o pregão de hoje em queda de 0,96%, a 2.870,34 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto recuou 0,94%, a 1.805,70 pontos.

Em outras partes da Ásia, o japonês Nikkei caiu 1,74% em Tóquio, a 19.914,78 pontos, o Hang Seng cedeu 1,45% em Hong Kong, a 23.829,74 pontos, o sul-coreano Kospi se desvalorizou 0,80% em Seul, a 1.924,96 pontos, e o Taiex registrou perda de 1,44% em Taiwan, a 10.780,88 pontos.

Ao longo desta semana, os negócios também têm sido pressionados por evidências de que países da região asiática, incluindo China e Coreia do Sul, enfrentam uma segunda onda de infecções por coronavírus, após suspenderem parte de suas medidas de isolamento.

Na Oceania, a bolsa australiana ficou igualmente no vermelho, reagindo também a dados fracos do mercado de trabalho local, que eliminou 600 mil empregos em abril. O S&P/ASX 200 caiu 1,72% em Sydney, a 5.328,70 pontos. Com informações da Dow Jones Newswires.

Relacionados

Com 11,4% dos votos contados, Castillo lidera eleições presidenciais no Peru

Com 11,4% dos votos contabilizados, o candidato de esquerda Pedro Castillo lidera a disputa pela Presidência do Peru, informou há pouco [...]

Estadão - 12/04/2021

Lasso se proclama vencedor das eleições presidenciais no Equador

O ex-banqueiro Guillermo Lasso se proclamou vencedor das eleições presidenciais do Equador nesta segunda-feira. O candidato agradeceu aos cidadãos após a [...]

Estadão - 12/04/2021

Embaixador dos EUA afirma que País terá de preservar Amazônia para entrar na OCDE

Diante de uma seleta plateia virtual com nomes de peso do empresariado e ex-ministros de diferentes governos, o embaixador americano no [...]

Estadão - 11/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções