BB adota medidas para suspender publicidade em sites de fake news

Tempo de leitura: 1 minuto

Após o Tribunal de Contas da União ter determinado a suspensão de publicidade do Banco do Brasil de determinados sites, blogs, portais e redes sociais que veiculam fake news, o banco informa ter adotado “as medidas necessárias”, tendo apresentado recurso na segunda-feira, 8.

A medida cautelar, de 27 de maio, relatada pelo ministro Bruno Dantas, excepcionou sites vinculados a concessionárias de radiodifusão e os relativos a jornais e revistas que existem há mais de dez anos.

Segundo o TCU, o objetivo é evitar a monetarização indevida de sites, blogs, portais e redes sociais que notoriamente veiculam fake news.

O Banco do Brasil havia explicado anteriormente que a publicidade é adquirida de ferramentas de mídia.

Relacionados

TCU absolve Dilma e Palocci por irregularidade na compra da refinaria de Pasadena

O Tribunal de Contas da União (TCU) absolveu a ex-presidente Dilma Rousseff e o ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci do rol [...]

Estadão - 14/04/2021

Pacheco: Presidência do Senado ainda definirá data de instalação da CPI da Covid

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), afirmou que ainda definirá a data de instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) [...]

Estadão - 14/04/2021

Governo vai trocar novamente chefe da Secom

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, fará nova troca na Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom). Nomeado interinamente para a chefia [...]

Estadão - 14/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções