Guedes: Ceagesp está na área imobiliária mais nobre de SP e pode valer R$ 40 bi

Tempo de leitura: 1 minuto

Após o presidente da República, Jair Bolsonaro, dizer que “nenhum rato” privatizaria a Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp), o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que é “direito dele” dizer que não há privatização agora. “Quem tem voto é ele. Eu tenho outras coisas para privatizar, também”, afirmou em coletiva de balanço de fim de ano.

Na última terça-feira, 15, Bolsonaro visitou o Ceagesp para inaugurar a reforma da Torre do Relógio. “Estamos desratizando o Brasil e aqui é um ninho de ratos”, afirmou o presidente. “Para quem fala em privatização, enquanto eu for o presidente da República essa é a casa de vocês. Nenhum rato vai querer privatizar isso aqui para beneficiar seus amigos”, acrescentou.

Um decreto de 2019 assinado pelo próprio presidente qualificou a Ceagesp ao Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) e incluiu no Programa Nacional de Desestatização (PND).

Guedes disse nesta sexta-feira que a Ceagesp está em uma área nobre para o mercado imobiliário em São Paulo e poderia valer R$ 40 bilhões, “mais que a Eletrobras”.

Segundo ele, poderia ser feita uma operação “ganha-ganha”, com a realocação dos distribuidores de alimento que hoje estão no Ceagesp em boxes em outra área da cidade.

“O presidente disse que tem muita roubalheira na Ceagesp”, afirmou o ministro, dizendo que pessoas são “obrigadas a pagar, tirar licença para dirigir carrinho”. “O presidente fez questão de primeiro fazer intervenção saneadora”, justificou Guedes.

Relacionados

China: Xi Jinping pede 'gestão mais equitativa' de temas globais

O presidente da China, Xi Jinping, pediu nesta terça-feira (20) uma "gestão mais equitativa" dos temas globais e, em uma crítica [...]

Estadão - 20/04/2021

Déficit na balança do setor químico chega a US$ 8,7 bi no 1º tri, diz Abiquim

O déficit acumulado na balança comercial de produtos químicos atingiu US$ 8,7 bilhões no primeiro trimestre do ano, recorde do indicador [...]

Estadão - 20/04/2021

Dólar cai a R$ 5,53 com fluxo, após subir a R$ 5,58 por fiscal e exterior

O dólar perdeu força e caiu à mínima a R$ 5,5318 (-0,34%) no mercado á vista, há pouco, com sinais de [...]

Estadão - 20/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções