UE condena sanção da Rússia contra 8 autoridades e ameaça ‘medidas apropriadas’

Tempo de leitura: 1 minuto

A União Europeia emitiu comunicado conjunto do Conselho Europeu, da Comissão Europeia e do Parlamento Europeu, no qual “condena nos termos mais fortes possíveis” a decisão da Rússia de colocar oito autoridades da União Europeia em uma lista de pessoas alvos de medidas restritivas.

Segundo a UE, a decisão é uma demonstração de que Moscou “escolheu a confrontação” com o bloco, em vez de tentar melhor a relação bilateral. “A UE se reserva o direito de adotar as medidas apropriadas em resposta à decisão das autoridades russas”, diz a nota do bloco.

Entre os alvos de mais cedo da Rússia estão o presidente do Parlamento Europeu, David Sassoli, e Vera Jourová, vice-presidente da Comissão Europeia.

Relacionados

AGU recorre de decisão que mandou governo realizar Censo 2021

A Advocacia-Geral da União (AGU) recorreu nesta quinta-feira, 6, da liminar (decisão provisória) do ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal [...]

Estadão - 06/05/2021

Lojas Americanas mais do que triplica prejuízo no 1º trimestre

A Lojas Americanas registrou no primeiro trimestre de 2021 prejuízo líquido consolidado de R$ 163 milhões uma alta de 231% em [...]

Estadão - 06/05/2021

Bolsonaro: Desemprego no Brasil é questão de metodologia

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a criticar nesta quinta-feira, 6, a metodologia do Instituto Brasileiro de Geografia e [...]

Estadão - 06/05/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções