Yellen preverá em discurso retomada plena do mercado de trabalho em 2022 nos EUA

Tempo de leitura: 1 minuto

A secretária do Tesouro dos Estados Unidos, Janet Yellen, afirmará aos deputados norte-americanos nesta terça-feira, 23, que o pacote fiscal de US$ 1,9 trilhão poderá prover o apoio necessário para que o mercado de trabalho do país atinja a plena recuperação já no ano que vem, segundo discurso divulgado pelo Tesouro e que será proferido pela secretária em audiência nesta data. De acordo com o documento, Yellen vai destacar que o atual momento é esperançoso, mas ainda “assustador”, com 10 milhões de empregos a menos em relação ao período anterior à pandemia.

Durante o discurso, Yellen vai agradecer os congressistas por terem aprovado a nova rodada de estímulos fiscais, creditando ao projeto a possibilidade de que os americanos cheguem ao fim da pandemia nos EUA “com as bases de suas vidas intactas”.

A secretária do Tesouro também irá destacar o trabalho feito até agora pela pasta na aplicação dos recursos, incluindo os 90 milhões de cheques já distribuídos à população e o apoio monetário a pequenos negócios, além de US$ 12 bilhões destinados ao desenvolvimento de comunidades locais.

Yellen ainda deve traçar uma comparação entre a mais nova rodada de estímulos com o primeiro projeto de apoio fiscal, conhecido como Cares Act, aprovado em março de 2020.

“Ao assumir o cargo de secretária do Tesouro, fiquei preocupada que o Cares não fosse forte o suficiente”, afirmará Yellen, segundo o documento.

Relacionados

Franco França liga para colega argentino e fala em aprofundar relações bilaterais

O novo chanceler brasileiro, o embaixador Carlos Alberto Franco França, ligou neste sábado, 10, para seu homólogo argentino, Felipe Solá, e [...]

Estadão - 10/04/2021

Comitê interno da Petrobras desaprova dois nomes indicados ao Conselho da empresa

Dois dos 11 nomes indicados para compor o Conselho de Administração da Petrobras foram considerados inaptos a assumir o cargo por [...]

Estadão - 10/04/2021

Irã inicia lockdown de dez dias; Venezuela anuncia adesão à Covax

O Irã iniciou neste sábado, 10, um lockdown de dez dias para conter a quarta onda de infecções por coronavírus no [...]

Estadão - 10/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções