Em nota, Globo repudia campanha de intimidação a William Bonner

Tempo de leitura: 1 minuto

A Rede Globo publicou nota de repúdio a uma campanha de intimidação promovida contra o apresentador do Jornal Nacional, William Bonner. O jornalista vem sendo alvo de ataques desde que fraudadores usaram o CPF do filho dele para adicioná-lo ao programa de ajuda emergencial do governo.

De acordo com a emissora, tanto Bonner quando a filha dele receberam por WhatsApp mensagens vindas de um número de Brasília, com uma lista de endereços relacionados a ele e os números de CPFs dele, de sua mulher, seus filhos, pai, mãe e irmãos.

“A Globo o apoiará para que os autores dessa divulgação de seus dados fiscais, protegidos pela Constituição, sejam encontrados e punidos. William Bonner é um dos mais respeitados jornalistas brasileiros e nenhuma campanha de intimidação o impedirá de continuar a fazer o seu trabalho correto e isento. Ele conta com o apoio integral da Globo e de seus colegas e está amparado pela Constituição e leis desse país”, diz a nota da emissora.

Em entrevista ao Estadão, o apresentador do Jornal Nacional se disse “reconfortado” pelo apoio da empresa e dos colegas e que vai acionar os meios legais para encontrar os culpados. “O apoio da Globo e dos colegas são reconfortantes. O episódio de ontem foi uma clara intimidação. Quem quer fraudar não avisa, não manda mensagem como ameaça. Como a única coisa que faço na vida é ser jornalista, fica claro o propósito de intimidar. Não vão conseguir. Com o apoio da Globo e dos colegas, pelos meios legais, vamos encontrar os culpados para que sejam punidos”.

Relacionados

STF: Fachin pede para retornar à 1ª Turma quando Marco Aurélio deixar a Corte

O relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, pediu para retornar à Primeira Turma do STF [...]

Estadão - 15/04/2021

Tribunais criam indenização a juízes por aposentadoria

O Tribunal de Justiça do Tocantins (TJ-TO) ordenou o pagamento de mais de R$ 300 mil para indenizar um desembargador que [...]

Estadão - 15/04/2021

'Não tem ninguém na rua para pedir impeachment'

Após pedir o impeachment dos presidentes Fernando Collor, Dilma Rousseff e Michel Temer, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) deu [...]

Estadão - 15/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções