Pelosi quer ‘todas opções na mesa’ para responsabilizar China por ‘abusos’

Tempo de leitura: 1 minuto

A presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, afirmou nesta segunda-feira, 22, que o “Congresso se dedica a responsabilizar a China por seus abusos”, sugerindo que os legisladores devem ter todas “opções na mesa” para lidar com o tema. No Twitter, escreveu que “se não falarmos pelos direitos humanos na China antes de interesses comerciais, perderemos a autoridade moral de falar pelos direitos humanos em qualquer lugar”.

Em referência ao julgamento do líder de movimentos populares em Hong Kong Martin Lee, Pelosi afirmou que o mesmo “inspirou milhões com sua luta pacífica para avançar a democracia” na região. Segundo a congressista, o processo contra Lee e outros líderes “pró democracia são uma afronta ao Estado de Direito”. Além da situação na ilha, a democrata mencionou abusos contra “uígures, tibetanos, ativistas e comunidades vulneráveis”.

Relacionados

Petrobras assina contrato para venda de campos terrestres do Polo Miranga

A Petrobras assinou contrato de venda de sua participação em nove campos terrestres do Polo Miranga, para a SPE Miranga, controlada [...]

Estadão - 24/02/2021

Castello Branco: Entregamos a recuperação da Petrobras prometida

O presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, afirmou em sua provável última Carta do Presidente na divulgação do resultado do exercício [...]

Estadão - 24/02/2021

Petrobras: Ano fecha com lucro de R$ 7,1 bilhões

Em 2020, a Petrobras teve lucro de R$ 7,1 bilhões. Esse resultado representa uma retração de 82,3% em relação a 2019. [...]

Estadão - 24/02/2021

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções