Porta-voz da Casa Branca nega intenção de dividir pacote fiscal em duas partes

Tempo de leitura: 1 minuto

A porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, negou nesta quinta-feira, 28, que o governo Joe Biden tenha a intenção de dividir o pacote fiscal de US$ 1,9 trilhão em duas partes. “Estamos engajados com uma série de vozes – isto é, democracia em ação – não estamos procurando dividir um pacote em dois”, escreveu em sua conta oficial no Twitter.

De acordo com fontes do portal Politico, o governo americano estuda dividir a proposta ao meio para acelerar a aprovação no Congresso.

A ideia, segundo a publicação, seria aprovar primeiro uma legislação mais enxuta, que receba mais apoio da oposição. O restante das medidas seria analisado por meio do dispositivo conhecido como “reconciliação”, que permite a aprovação de pautas ligadas ao orçamento por maioria simples.

“As necessidades do povo americano são urgentes, desde colocar comida na mesa até levar vacinas e reabrir escolas. Essas não são questões partidárias”, afirmou a porta-voz da Casa Branca.

Em meio ao impasse sobre o pacote fiscal, o líder do Partido Republicano no Senado, Mitch McConnell, chegou a criticar nesta semana a tentativa dos democratas de aprovar o pacote fiscal sem apoio da oposição.

O partido do presidente Joe Biden agora tem maioria no Senado. Com as duas vitórias para os assentos da Geórgia na Casa, a legenda conquistou metade das 100 cadeiras, mas tem a vantagem de contar com o voto de Minerva da vice-presidente Kamala Harris.

Na prática, os democratas poderiam aprovar a “reconciliação” com os 51 votos, mas isso poderia limitar as medidas do pacote fiscal, assim como aumentar a animosidade entre os partidos, em um momento no qual o presidente Joe Biden fala em “união”.

Relacionados

Com 11,4% dos votos contados, Castillo lidera eleições presidenciais no Peru

Com 11,4% dos votos contabilizados, o candidato de esquerda Pedro Castillo lidera a disputa pela Presidência do Peru, informou há pouco [...]

Estadão - 12/04/2021

Lasso se proclama vencedor das eleições presidenciais no Equador

O ex-banqueiro Guillermo Lasso se proclamou vencedor das eleições presidenciais do Equador nesta segunda-feira. O candidato agradeceu aos cidadãos após a [...]

Estadão - 12/04/2021

Embaixador dos EUA afirma que País terá de preservar Amazônia para entrar na OCDE

Diante de uma seleta plateia virtual com nomes de peso do empresariado e ex-ministros de diferentes governos, o embaixador americano no [...]

Estadão - 11/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções