PF intima líder indígena Sonia Guajajara por críticas ao governo Bolsonaro

Tempo de leitura: 1 minuto

A Polícia Federal intimou a líder indígena Sonia Guajajara, uma das coordenadoras executivas Articulação dos Povos Indígenas do Brasil, para depor em inquérito aberto a pedido da Fundação Nacional do Índio.

Segundo a Apib, o órgão acusa a ativista e a entidade de suposta difamação contra o governo Jair Bolsonaro e divulgação de dados falsos sobre o coronavírus em razão da websérie Maracá, que aborda violações contra os povos indígenas na pandemia da Covid-19.

A Articulação dos Povos Indígenas do Brasil informou que Guajajara recebeu a intimação na segunda, 26.

Relacionados

CPI: Flávio tenta fazer defesa de Bolsonaro e contornar fala sobre 'gripezinha'

O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) compareceu ao depoimento do ex-chanceler Ernesto Araújo à CPI da Covid para tentar fazer uma defesa [...]

Estadão - 18/05/2021

Ao Conselho de Ética, Daniel Silveira diz que STF é parcial

Em prisão domiciliar, o deputado Daniel Silveira (PSL-RJ) acusou os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) de colocarem "adubo do medo" [...]

Estadão - 18/05/2021

Toffoli suspende julgamento sobre bloqueio de pagamentos públicos à Engevix

O ministro Dias Toffoli, presidente da Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), pediu vista (mais tempo para análise) e suspendeu [...]

Estadão - 18/05/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções