Petrobras diz que plataforma P-80, em Búzios, será a maior do Brasil

Tempo de leitura: 1 minuto

A Petrobras informou nesta segunda-feira, 3, que iniciou na sexta-feira, 30, o processo de licitação para contratação da plataforma flutuante (FPSO) que ficará no campo de Búzios, no pré-sal da bacia de Santos, a nona unidade de produção a ser ancorada no local. A P-80 terá capacidade para produzir 225 mil barris por dia de óleo e 12 milhões de metros cúbicos de gás natural.

“Assim como o FPSO Almirante Tamandaré, em fase de construção, a P-80 será a maior unidade de produção de petróleo a operar no Brasil e uma das maiores do mundo”, disse a companhia em nota.

A previsão é de que a P-80 entre em operação em 2026. FPSO é a sigla em inglês para a unidade que produz, armazena e transfere petróleo e gás.

O campo de Búzios, descoberto em 2010, é o maior campo de petróleo em águas profundas do mundo e deve chegar ao final da década com a produção diária acima de 2 milhões de barris de óleo equivalente por dia, tornando-se o ativo da Petrobras com maior produção.

Atualmente, o maior campo em produção é Tupi (ex-Lula), na mesma bacia, que produz mais de 1 milhão de barris de óleo equivalente por dia.

Relacionados

'DOU' publica resolução sobre processo de desestatização da Eletrobras

A Eletrobras informa que foi publicado nesta sexta-feira, 7, no Diário Oficial da União (DOU), a Resolução nº 176 do Conselho [...]

Estadão - 07/05/2021

Eleições locais decidem futuro da Escócia

Pelo menos 50 milhões de britânicos votaram na quinta-feira, 6, para escolher os governos de Escócia e País de Gales e [...]

Estadão - 07/05/2021

Exportações da China saltam 32,3% em abril, na comparação anual

Em meio à recuperação econômica global após o choque da covid-19, as exportações da China saltaram 32,3% em abril em relação [...]

Estadão - 07/05/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções