Estatal da Líbia aumentará produção de petróleo e exportação em portos

Tempo de leitura: 1 minuto

A National Oil Corporation (NOC), estatal da Líbia do setor de petróleo, informa em comunicado nesta sexta-feira que retirará uma “force majeure” (“força maior”) de parte de suas operações hoje e que instruções foram dadas para iniciar os arranjos de volta dessa produção. A NOC diz que começará a produzir nos campos de duas companhias, Al-Waha e Al-Haruj, e que essa produção deve atingir o nível de 800 mil barris por dia dentro de duas semanas, superando 1 milhão de barris por dia dentro de quatro semanas. Também comenta que devem voltar a operar os portos de exportação do óleo de Ras Lanuf e Es Sider.

A companhia cita em seu comunicado, porém, também dívidas acumuladas no setor e a necessidade de verba para manutenções e reparos.

Com isso, ela aponta que não será possível agora retomar os níveis de produção anteriores ao fechamento das operações.

O anúncio é feito no dia em que os lados rivais do conflito líbio assinaram um cessar-fogo permanente, qualificado como histórico pela Organização das Nações Unidas.

Relacionados

Bolsonaro: fim à discriminação salarial pode piorar situação de mulheres

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sugeriu que arranjar emprego pode se tornar "quase impossível" para as mulheres, caso ele sancione [...]

Estadão - 22/04/2021

Bolsonaro diz que críticas à política ambiental do seu governo não se justificam

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) avaliou mais uma vez como injustas as críticas que o Brasil sofre por causa da [...]

Estadão - 22/04/2021

Na Cúpula do Clima, FMI pede preço robusto para o carbono

A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva, pediu nesta quinta-feira, 22, que se imponha um preço robusto sobre o [...]

Estadão - 22/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções