Moody’s reafirma rating da China em A1, com perspectiva estável

Tempo de leitura: 1 minuto

A Moody’s reafirmou nesta segunda-feira, 14, o rating soberano A1 da China, mantendo sua perspectiva em “estável”. Em nota, a agência de classificação de risco atribui sua decisão “à força das instituições e governança da China, e em particular à eficácia das políticas de governo”.

No curto prazo, a Moody’s avalia que a capacidade institucional da China e colchões financeiros fornecidos por um amplo volume de poupança doméstica e elevadas reservas domésticas contrabalançam as consequências negativas da pandemia do novo coronavírus.

Já no longo prazo, a agência diz que a força de crédito da China reduz riscos ligados a tensões entre Pequim e Estados Unidos, à reconfiguração das cadeias de suprimento globais e a pressões demográficas.

Relacionados

Saldo da carteira de crédito dos bancos deve crescer 1,1%, diz Febraban

A Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) calcula que o saldo total da carteira de crédito dos bancos brasileiros deve mostrar crescimento [...]

Estadão - 23/04/2021

Vacina da AstraZeneca continua a ter balanço de benefícios positivo, diz EMA

A Agência de Medicamentos Europeia (EMA, na sigla em inglês) afirma que os benefícios da vacina da AstraZeneca contra a covid-19 [...]

Estadão - 23/04/2021

Investidores cobram até R$ 60 bi da Petrobras em processos de arbitragem

A Petrobras está envolvida em cinco grandes processos de arbitragem - modalidade de resolução de conflitos sem a participação do Poder [...]

Estadão - 23/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções