Bytedance recusa proposta da Microsoft para venda das operações do Tik Tok

Tempo de leitura: 1 minuto

A Microsoft anunciou na noite deste domingo que a Bytedance, controladora do Tik Tok, rejeitou a proposta que fizeram pelo polêmico aplicativo de compartilhamento de vídeos, que está no centro da crise entre Estados Unidos e China.

“A Bytedance nos informou hoje que eles não vão vender as operações americanas da Tik Tok para a Microsoft”, diz a empresa, em comunicado. O anúncio vem uma semana antes do vencer o ultimato que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, deu para que a empresa chinesa venda as operações do aplicativo no país. Caso isso não aconteça, o Tik Tok será banido.

“Estávamos confiantes que nossa proposta teria sido boa para os usuários do Tik Tok, além de proteger os interesses nacionais de segurança”, diz a Microsoft, completando que teria executado mudanças significativas para que is serviços do aplicativo obedecessem os “padrões mais elevados de segurança, privacidade, segurança online e desinformação”.

Relacionados

Receita corrige: arrecadação de março e do trimestre é a maior desde 1995

Após divulgar que o resultado da arrecadação de março e do primeiro trimestre do ano eram recordes na série histórica a [...]

Estadão - 20/04/2021

Eike Batista é absolvido pela CVM em processo sobre inconsistências no currículo

Acusado de prestar informações desencontradas sobre sua formação acadêmica às empresas X, o empresário Eike Batista foi absolvido por unanimidade pelo [...]

Estadão - 20/04/2021

Câmara começa a discutir urgência em PL de privatização dos Correios

A Câmara começou a discutir o requerimento de urgência para o projeto de lei que cria um novo marco postal e [...]

Estadão - 20/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções