Justiça condena Jair Bolsonaro a indenizar repórter

Tempo de leitura: 1 minuto

A juíza Inah de Lemos e Silva Machado, da 19ª Vara Civil de São Paulo, condenou Jair Bolsonaro a indenizar a jornalista Patrícia Campos Mello, da Folha de S.Paulo, em R$ 20 mil por danos morais. A decisão determina também que o presidente pague as custas processuais no valor de 10% da condenação. Cabe recurso.

A repórter acionou a Justiça após sofrer ataque de cunho sexual, em fevereiro de 2020. “Ela queria um furo. Ela queria dar o furo”, disse o presidente, na saída do Alvorada. Após uma pausa durante os risos, concluiu: “A qualquer preço contra mim”.

“Não há que se falar em liberdade de expressão, devendo observar o direito alheio, especificamente a honra da vítima”, disse a juíza. O Planalto não comentou até a conclusão desta edição.

Relacionados

Maioria do STF vota para enviar ações de Lula para a Justiça Federal do DF

A maioria do Supremo Tribunal Federal (STF) votou nesta quinta-feira, 22, a favor de enviar à Justiça Federal do Distrito Federal [...]

Estadão - 22/04/2021

Movimento Vem Pra Rua lamenta postura do STF sobre investigações da Lava Jato

O Movimento Vem Pra Rua emitiu uma nota lamentando a postura do Supremo Tribunal Federal (STF) em "colocar em risco tudo [...]

Estadão - 22/04/2021

Aras defende arquivamento de notícia-crime de Ciro contra Bolsonaro e Mendonça

Em manifestação enviada ao Supremo Tribunal Federal (STF), o procurador-geral da República, Augusto Aras, defendeu o arquivamento da notícia-crime apresentada pelo [...]

Estadão - 22/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções