Abramat: indústria de materiais de construção está otimista com o final do ano

Tempo de leitura: 1 minuto

A indústria e materiais de construção está otimista para o encerramento do ano, de acordo com Termômetro da Indústria de Materiais de Construção, pesquisa de opinião realizada com as lideranças do setor realizado pela Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat).

De acordo com o levantamento, para 42% das empresas associadas, o desempenho de vendas ao mercado interno no mês de novembro foi considerado “muito bom”. Para 37%, o período foi “bom”, enquanto os demais 21% consideraram novembro um mês “regular”. Nenhuma associada considerou o mês “ruim” ou “muito ruim”. Para a Abramat, os números indicam continuidade da recuperação do setor

A pesquisa também indica expectativa positiva do setor em relação às vendas ao mercado interno no fechamento de dezembro: 26% das empresas consultadas consideram que o final de ano será “muito bom”, ao passo que 48% preveem desempenho “bom”. Para 21% das associadas da Abramat, o último mês do ano será “regular”, enquanto 5% projetam resultado “ruim” no mesmo período.

A pesquisa também indica que 74% das empresas associadas estão indiferentes quanto às ações do governo para o desenvolvimento do setor no médio prazo (12 meses), enquanto 16% estão otimistas e 10% pessimistas. A pesquisa indicou também redução de 8% no nível de utilização da capacidade instalada do setor, chegando a 80% em dezembro.

Quanto à intenção de investimentos no médio prazo, 79% dos empresários do setor indicaram que pretendem investir nos próximos 12 meses. A predominância dos investimentos pretendidos lida com a modernização dos meios de produção.

Relacionados

Bolsonaro: fim à discriminação salarial pode piorar situação de mulheres

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sugeriu que arranjar emprego pode se tornar "quase impossível" para as mulheres, caso ele sancione [...]

Estadão - 22/04/2021

Bolsonaro diz que críticas à política ambiental do seu governo não se justificam

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) avaliou mais uma vez como injustas as críticas que o Brasil sofre por causa da [...]

Estadão - 22/04/2021

Na Cúpula do Clima, FMI pede preço robusto para o carbono

A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva, pediu nesta quinta-feira, 22, que se imponha um preço robusto sobre o [...]

Estadão - 22/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções