Camex zera imposto importação de bens de capital e informática

Tempo de leitura: 1 minuto

A Câmara de Comércio Exterior (Camex) alterou para zero as alíquotas do Imposto de Importação incidentes sobre uma lista de bens de capital, na condição de ex-tarifários. Entre eles, ferramentas manuais para aplicação de fixadores; guindastes hidráulicos autopropelidos sobre pneus; máquinas ferramentas para serrar madeiras maciças; prensas hidráulicas para produção de revestimento cerâmico. A lista consta de Resolução publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira, 30.

Em outra resolução, a Camex também alterou para zero as alíquotas de imposto de importação de vários bens de informática e telecomunicações, na condição de ex-tarifários.

Entre eles, conectores tipo HM; equipamentos para localização de falhas em cabos isolados de média tensão; módulos fotovoltaicos; e outros.

A lista completa dos produtos beneficiados podem ser conferidas no seguinte endereço na internet:

https://pesquisa.in.gov.br/imprensa/jsp/visualiza/index.jsp?data=30/04/2021&jornal=515&pagina=14&totalArquivos=166

Relacionados

União honrou R$ 477,74 milhões em dívidas de Estados em abril, diz Tesouro

O Tesouro Nacional precisou desembolsar R$ 477,74 milhões em abril para honrar débitos bancários com garantias da União que não foram [...]

Estadão - 07/05/2021

Brasil precisa se reinventar para ser mais competitivo, diz presidente da Anfavea

A Anfavea, entidade que representa as montadoras, apresentou nesta sexta-feira, 7, dados sobre a defasagem entre as posições do Brasil como [...]

Estadão - 07/05/2021

Força-tarefa da Casa Branca destaca nova melhora em números da covid-19 nos EUA

A força-tarefa da Casa Branca para enfrentar a pandemia destacou, durante entrevista coletiva virtual nesta sexta-feira, a melhora do quadro no [...]

Estadão - 07/05/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções