IPCA de novembro é o maior para o mês desde 2015

Tempo de leitura: 1 minuto

A alta de 0,89% registrada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em novembro foi o resultado mais elevado para o mês desde 2015, quando aumentou 1,01%, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Considerando todos os meses, a taxa foi a mais elevada desde dezembro de 2019, quando subiu 1,15%.

Em novembro de 2019, o IPCA ficou em 0,51%.

Com o resultado de novembro de 2020, a taxa acumulada pelo IPCA em 12 meses acelerou de 3,92%, em outubro, para 4,31%, ante uma meta central de 4% perseguida pelo Banco Central este ano que tem margem de tolerância de 1,5 ponto porcentual para baixo ou para cima (índice de 2,50% a 5,50%).

Relacionados

Reino Unido anuncia, antes de cúpula do clima, meta para cortar emissões até 2035

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, anunciou nesta terça-feira, 20, no Twitter que seu governo reforçou sua meta para reduzir [...]

Estadão - 20/04/2021

Preço do aço aumentou 35% apenas esse ano, diz presidente do Inda

O presidente do Instituto Nacional dos Distribuidores de Aço (Inda), Carlos Loureiro, disse nesta terça-feira que as usinas já reajustaram em [...]

Estadão - 20/04/2021

Bolsas da Europa fecham em queda, com setores de energia e viagens

Os mercados acionários europeus recuaram nesta terça-feira. Após um início misto, os índices se firmaram no vermelho, aprofundando o movimento mais [...]

Estadão - 20/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções