Rio Bravo: Olhar Atento | Governo deixará análise das reformas e da PEC emergencial para depois de fevereiro

Governo indicou ontem que deve deixar a análise das reformas e da PEC emergencial para depois de fevereiro, devido ao segundo turno das eleições municipais e às eleições da diretoria do Congresso, que atrapalham a agenda política. O Governo indicou também que não deve insistir em um programa social mais amplo que não esteja dentro do teto de gastos. Assim, esperamos que o auxílio emergencial se encerre no fim do ano e o Bolsa Família continue sendo o principal programa social com um orçamento de R$ 34 bi como definido na PLOA.

Relacionados

Apito Final | BCE reforça probabilidade de mais estímulos

Internacional Em dia de bolsas americanas fechadas, ativos de risco operam sem grandes oscilações;Banco Central Europeu volta a sinalizar a implementação de [...]

Alejandro Ortiz Cruceno - 26/11/2020

Flash Empresas | Black Friday 2020 – A corrida já começou

O ano de 2020 foi marcado por uma série de adversidades. Como consequência da pandemia, os shoppings e comércios de rua [...]

Luis Sales - 26/11/2020

Guide Empresas - Petrobras aprova plano estratégico para o período de 2021 a 2025; Oi fará hoje dois leilões para venda de ativos; e mais...

Cemig: Subsidiária da cia adquire 49% de usinas fotovoltaicas Impacto: PositivoGol: Anac aprova volta dos voos com aviões da Boeing modelo 737-8 [...]

Luis Sales - 26/11/2020

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções