Rio Bravo: Olhar Atento | O retorno do auxílio Emergencial

Tempo de leitura: 1 minuto

Ontem o governo reafirmou o compromisso com a austeridade fiscal e com o teto de gastos. A fala acontece após os candidatos à presidência do Congresso indicarem que irão analisar o retorno do auxílio emergencial. O governo já estuda a prorrogação da medida, com alterações no valor do auxílio e no número de beneficiários, o que reduziria o custo para menos de R$ 10 bi mensais. Também se estuda algumas contrapartidas, como a aprovação da PEC do pacto federativo e a ativação de gatilhos para controle de gastos. Apesar de o risco fiscal ainda ser elevado, acreditamos que o governo irá respeitar o teto de gastos, potencialmente financiando o novo auxílio por meio de créditos extraordinários (fora do teto). Importante destacar que isso não representa uma tentativa de burlar a regra fiscal.

Relacionados

Apito Final | Inflação americana ainda não reage ao pacote

Internacional Bolsas internacionais fecham a semana em baixa;Narrativas em torno da reflação e movimento dos juros futuros continuará predominando nos mercados globais;Inflação [...]

Alejandro Ortiz Cruceno - 26/02/2021

Flash Macro | PNAD-Contínua/dez

Em linha com as expectativas do mercado, a taxa de desemprego da economia brasileira registrou queda no trimestre encerrado em dezembro [...]

Alejandro Ortiz Cruceno - 26/02/2021

Oportunidade em ETF|ETF MSCI Europe (EURP11)

ETF – Infos gerais O que é um ETF de Renda Variável? ETF (Exchange Traded Funds ou Fundo de Índice): É um fundo [...]

Luis Sales - 26/02/2021

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções