Rio Bravo: Olhar Atento | Vacina x Auxílio

Tempo de leitura: 1 minuto

O avanço do coronavírus no Brasil e a vacinação que promete ser lenta, reacendeu a discussão sobre o retorno do auxílio emergencial. A discussão política ganhou novos elementos com a fala dos candidatos à presidência do Congresso defendendo o retorno do auxílio. Essa pressão política é crescente e exige uma participação mais direta do Ministério da Economia sobre os planos a serem adotados nesse momento mais duro da pandemia. Apesar das ameaças políticas elevando o risco fiscal, acreditamos que o teto de gastos ainda será respeitado em 2021. Uma das possibilidades seria adotar o orçamento de guerra, já utilizado em 2020, que não compromete a regra fiscal, mas para isso seria necessário um novo decreto de calamidade pública.

Relacionados

Flash Macro | Copom eleva Selic para 3,50% e mantém plano de normalização parcial do juro

O comitê de política monetária do Banco Central confirmou suas intenções e elevou a taxa Selic em 75 bps para 3,50% [...]

Alejandro Ortiz Cruceno - 05/05/2021

Apito Final | Fundamentos em jogo

Internacional Mercados internacionais ensaiam mais um dia de recuperação na esteira de mais uma leva de índices econômicos positivos;Políticas expansionistas e dados [...]

Alejandro Ortiz Cruceno - 05/05/2021

Flash Macro | Indústria volta a perder fôlego em março, mas demonstra resiliência (PIM-IBGE)

A produção industrial contraiu 2,4% em março, dando sequência às perdas registras em fevereiro, quando havia recuado 1,0%, em virtude da [...]

Alejandro Ortiz Cruceno - 05/05/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções