Mercados Hoje: disseminação perde força.

Introdução:

Internacional

• Bolsas internacionais seguem operando em território verde;
• Autoridades chinesas implementam novas medidas de contenção;
• Investidor internacional se torna mais otimista com relação á disseminação do vírus;
• Setores da economia global já sentem o impacto econômico do vírus;
• Bernie Sanders é vitorioso na primária de New Hampshire.


Brasil

• Bolsa deve dar continuidade ao otimismo de ontem, se beneficiando da perspectiva mais positiva em torno da contenção do vírus;
• Vendas no varejo podem dar um impulso adicional ao índice;
• Governo deve atrasar envio da reforma administrativa novamente;
• Guedes quer abordar sobrecarga de tributos dos combustíveis com reforma tributária e pacto federativo.


CENÁRIO EXTERNO: DISSEMINAÇÃO PERDE FORÇA

Mercados… Mercados asiáticos encerraram em alta, com destaque para a bolsa de Xangai e Hong Kong, após a província de Hubei registrar o menor número de novas infecções neste mês. Na zona do euro, resultados positivos dos setores de varejo e automobilístico deram vez um dia com dinâmica positiva. O STOXX600, índice pan-europeu, avança cerca de 0,3% até o momento. Em NY, futuros operam com tendência levemente positiva, com altas na ordem de 0,2%, enquanto o dólar (DXY) se mantém estável. No plano das commodities, ativos quebram sequência de baixas generalizadas. O preço do petróleo (Brent crude) continua a valorização de ontem (2,0%), mas segue negociado próximo dos US$ 55,00/barril.

Mercado vai se acostumando…  O sentimento de confiança entre investidores parece ter passado por uma reversão na medida em que o número de infectados cai, reduzindo o prêmio de risco. Investidores também receberam de bom grado o anúncio de Xi Jinping, presidente da China, de que o país irá atingir suas metas de crescimento. O impacto econômico do vírus ainda não é quantificável e altamente incerto, porém dado a expectativa de que terá vida curta, deve ter seu impacto limitado ao 1T2020.

Impacto do vírus sobre a economia chinesa e global… Estimativas calculadas pelo Deutsche Bank apontam para uma contração de 1,5% no PIB do 1T2020. Dados do PIB ainda não estão disponíveis, porém existem registros de atividade que nos dão uma ideia do impacto local e global: (i) o volume de transporte de passageiros na China já caiu mais de dois dígitos; (ii) companhias ao redor do mundo sentem a queda de produção chinesa ao observar uma escassez de insumos; (iii) bens de consumo sofreram um choque negativo na medida em que civis chineses pararam de ir ás lojas por medo de contrair o vírus; (iv) empresas de aviação, por razões óbvias, também sentem a queda no consumo. .

China deve continuar reagindo… Na contramão, uma possível continuação na adoção de políticas expansionistas (como a redução de tarifas e/ou injeção de liquidez acoplada ao corte de juros) pelo PCC (Partido Comunista Chinês) pode amortecer ainda mais o choque negativo de demanda e oferta (no que tange às exportações e provisão de insumos, respectivamente) ocasionado pelo vírus.

Primárias americanas… Bernie Sanders, o pré-candidato de esquerda nas eleições primárias do partido Democrata (EUA), assegurou 25,9% dos votos em New Hampshire, estado ao nordeste do país, superando o seu rival Pete Buttigiege, que registrou 24,4% dos votos. Elizabeth Warren, par de Sanders no plano ideológico, garantiu 9,3% dos votos; Joe Biden, ex-vice de Obama, decepcionou ao conquistar 8,4% dos votos. As duas eleições já realizadas pelos democratas, Iowa e New Hampshire, sugerem que a nomeação será disputada entre um pré-candidato que representa a ala socialista do partido, Sanders, e outro mais moderado, Buttigiege.

Na agenda… Após discursas na Câmara dos Representantes ontem, o presidente do Fed, Jerome Powell, vai ao Senado americano para discursar sobre o estado da economia e a forma com que a instituição tem conduzido a política monetária do país. Na agenda de indicadores, investidores avaliam a produção industrial de dezembro na zona do euro, dado que deve apresentar uma queda de cerca de -1,7% após os dados fracos registrados para o setor na Alemanha.

 


BRASIL: MAIS DÚVIDAS SOBRE A REFORMA TRIBUTÁRIA

Incerteza em torno da reforma administrativa… Algumas fontes dentro do governo revelaram que o Executivo hesita em apresentar a reforma administrativa, projeto que busca gerar economia alterando as regras trabalhistas para os servidores públicos. Existem rumores conflitantes em torno do tema, mas o envio até o final desta semana, prometido pelo ministro Paulo Guedes (Economia) em janeiro, parece bastante improvável.

Fonte do receio… Não está claro se o temor do governo resultou da reação ao comentário feito por Guedes, que comparou os concursados a parasitas, ou se foi resultado de uma sondagem negativa no Congresso, que levou o governo a concluir que a proposta não receberá o respaldo necessário dos parlamentares. A incerteza do governo em torno da apresentação da reforma demonstra o grau de influencia que os 12 milhões de funcionários públicos brasileiros detêm sobre Brasília.

Aliviar preço dos combustíveis através da tributária e do pacto federativo… Esta foi a proposta feita pelo ministro Paulo Guedes no decorrer do Fórum de Governadores, realizado ontem (11) em Brasília. Durante o evento, o ministro explicou que a redução duradoura da sobrecarga tributária sobre os combustíveis só será possível caso o assunto seja tratado através das PECs do Plano Mais Brasil (tributária e pacto federativo), contrariando o desafio feito pelo presidente Bolsonaro aos governadores, na semana passada, para que zerassem o ICMS.

Deputados estão de acordo… O autor da reforma tributária da Câmara dos Deputados, Baleia Rossi (MDB-SP), concorda com o ministro da Economia e entende que o assunto dos “abusivos” preços dos combustíveis merece um “olhar especial” durante o decorrer das reformas supracitadas.

Agenda… A agenda doméstica contará com a divulgação das vendas no varejo de dezembro pelo IBGE. O dado sai às 9h e deve apresentar estabilidade na margem no conceito ampliado, ilustrando em parte o fraco desempenho do setor automotivo verificado na semana passada. Na comparação interanual, as vendas no varejo deverão fechar o ano com uma alta de cerca de 5,4% se confirmada a nossa expectativa.

E os mercados hoje? Na medida em que investidores globais vão se acostumando cada vez mais com os impactos econômicos do novo coronavírus, bolsas globais seguem apresentando movimentos de acomodação. A continuidade na postura expansionista (manter juros baixos por tempo indefinido) dos principais bancos centrais deve, felizmente, atuar como um estabilizador na medida em que o vírus causa um choque negativo de oferta ao interromper o fluxo de comércio de importantes insumos de produção.

O Ibovespa, após sucessivas quedas ao longo dos últimos pregões, deve beneficiar-se da perspectiva mais positiva em torno da contenção do vírus. A vendas no varejo, caso confirmem as expectativas, devem reforçar a tese de recuperação gradual da economia brasileira e dar um impulso adicional aos ativos de risco locais. Sendo assim, esperamos que o Ibovespa dê sequência aos movimentos de ontem ao operar com um viés altista ao longo do pregão de hoje.

Sobre o fechamento do último pregão:

Ibovespa: +2,49% aos 115.371
Real/Dólar: +0,08% cotado a 4,33
DI Jan/21: -62 bps cotado a 6,44%
S&P 500: +0,17% aos 3.357 pontos

*Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg.


Jornais:

Folha de São Paulo
– Governo avalia desistir de sua reforma administrativa
– Testemunha mente e ofende repórter da Folha em CPI
– Solo impermeável cresce 11% em São Paulo em 33 anos
– Tereza Cristina: Em princípio, sou contra criar um ‘imposto do pecado’

O Estado de São Paulo
– Sem clima político, Planalto adia reforma administrativa
– Estado reduz à metade gasto com limpeza do Rio Tietê
– Congresso aceita reduzir R$ 11 bilhões em emendas
– Governo prevê recorrer a aposentado em várias funções

Valor Econômico
– Guedes acalma governadores sobre ICMS dos combustíveis
– BB pode vender negócios na área de cartões
– Indústria teme acordo com Coreia
– Bancos lançam R$ 10 bi em ações

O Globo
– Bolsonaro exclui governadores do Conselho da Amazônia
– PGR quer tirar do Rio apuração do caso Marielle
– Ex-presidente da Cedae se cala na Alerj
– Deputados novatos ‘apadrinham’ verbas de R$ 1,2 bi

 

Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.

Relacionados

Apito Final | Mês Fenomenal

Internacional Bolsas internacionais têm dia negativo, mas encerram mês com ganhos estelares;Menor aversão global ao risco decorrente da eleição de Biden e [...]

Alejandro Ortiz Cruceno - 30/11/2020

Carteira Semanal de Ações | 30 de Novembro

Nesta semana, optamos por realizar apenas uma alteração pontual em nossa carteira semanal, retiramos Movida ON e incluímos CVC ON. [...]

Luis Sales - 30/11/2020
Alejandro Ortiz Cruceno - 30/11/2020

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções