Mercados Hoje: Dia de Decisão

Tempo de leitura: 7 minutos

Introdução: Bolsas asiáticas têm mais um dia de sessões negativas. O Nikkei, de Tóquio, recuou 1,82% e o índice de Shanghai, 0,81%. Na Europa, mercados operam no verde. O Stoxx 600 sobe 0,23%. Nos EUA, as bolsas de NY esperam ansiosamente pelo anuncio da decisão da taxa de juros do Fed. Por ora, o futuro do S&P cai -0,57%. No Brasil, destaque é a votação do orçamento para 2019, que deve ocorrer hoje às 13h após cancelamento da sessão de ontem pela falta de quórum.


CENÁRIO EXTERNO: DIA DE DECISÃO.

Mercados… Bolsas asiáticas têm mais um dia de sessões negativas. O Nikkei, de Tóquio, recuou 1,82% e o índice de Shanghai, 0,81%. Na Europa, mercados operam no verde pela manhã. O Stoxx 600 sobe 0,23%. Nos EUA, as bolsas de NY esperam ansiosamente pelo anuncio da decisão da taxa de juros do Fed. Por ora, o futuro do S&P cai -0,57%. Na frente das commodities o destaque é o petróleo o (brent), que se mantém acerca dos US$ 56/barril após forte queda ontem.

Dia de decisão… A decisão da taxa de juros americana será anunciada hoje às 17h e a expectativa é de mais um aumento de 25 bps. O mercado precifica o aumento, que configuraria o quarto do ano, com chances de 60%. A manutenção seria recebida como uma boa surpresa, apesar de que as novas projeções do FOMC e a entrevista de Jay Powell (17h30) podem melhorar os ânimos do mercado mesmo que a alta se concretize caso sinalizem um pausa no aperto para o ano que vem.

Fed pressionado… Desde a reunião de outubro de 2008 o principal índice de mercado americano, o S&P 500, não registra queda tão forte entre reuniões do FOMC. O índice recuou 9,3% desde a última reunião (8/11) da autoridade monetária americana (até fechamento de 17/12). Apesar de o mercado precificar o acréscimo de mais 25 bps como provável (probabilidade acima de 60%), historicamente é raro o aumento da taxa de juros quando o mercado tem desempenho tão negativo (não ocorre desde 1980).

Recessão técnica… A segunda queda trimestral do PIB/3Tri, que chegou à -3,5% (valor anualizado), o que tecnicamente marca a entrada do país em recessão econômica.

Ainda, na agenda… Nos EUA, teremos as vendas de novas moradias referentes ao mês de novembro às 13h, a expectativa e de uma baixa de 1%. No Reino Unido, Theresa May fará parte de sessão semanal de perguntas e respostas no Parlamento Britânico.


BRASIL: FOCO NO ORÇAMENTO

Sobre a Previdência… Governadores eleitos estão articulando uma frente pró-refórma da Previdência, buscando garantir a aprovação do texto no ano que vem, com regras que alcancem os servidores estaduais. O movimento já conta com o apoio de João Doria (SP), Ronaldo Caiado (GO), Eduardo Leite (RS), Romeu Zema (MG) e Hélder Barbalho (PA). Para ampliar o apoio, o futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, já marcou, para o fim de janeiro, uma reunião com os governadores.

Ainda sobre a Previdência… O novo governo deve adotar o projeto de reforma da Previdência enviado ao Congresso Nacional pelo Presidente Michel Temer. Possíveis alterações no projeto serão feitos por meio de emendas ao longo de seu curso.

Acordo Embraer-Boeing… O Ministério da Fazenda dá sinal verde ao acordo entre Embraer e Boeing, que prevê criação de duas novas empresas.

Orçamento… O presidente do Senado, Eunício de Oliveira, convocou sessão para às 13h, em uma nova tentativa para votar o orçamento de 2019. Ontem não houve quórum e a sessão teve de ser suspensa, refletindo ainda a falta de interesse de novos parlamentares pela votação. Eunício ainda reiterou importância da votação do orçamento para o próximo governo: caso isso não aconteça, a equipe econômica só poderá executar ao mês 1/12 das despesas previstas na proposta orçamentária.

E os Mercados hoje? Investidores devem manter sentimento de cautela, à espera do anúncio da decisão do Fed nesta tarde. No que tange o âmbito nacional, o CDS de 5 anos, que mede o risco-país brasileiro, se mantém estável por volta dos 200 pontos, o que indica que o mercado deve manter a mesma resiliência de ontem.

Sobre o fechamento do último pregão:

Ibovespa: +0,24%, aos 86.610 pontos;
Real/Dólar: +0,18%, cotado a R$3,909;
Dólar Index: +0,00%, 97,104;
DI Jan/21: +04 pontos base, 7,510%;
S&P 500: +0,01% aos 2.546 pontos.

Fonte: Bloomberg. Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg. *valores referentes à sessão do dia 27/09.


EMPRESAS:

BRF: Cia vende Avex por R$ 50 milhões para granja Tres Arroyos e Fibrel
Impacto: Positivo.

Embraer: Cia assina contrato c/Air Kiribati p/até 4 jatos E190-E2
Impacto: Marginalmente Positivo.

Petrobras: Conselho aprova distribuição de JCP de R$ 4,29 bi; 6ª emissão de R$ 3 bi em debêntures e novo plano previdenciário
Impacto: Marginalmente Positivo.

Victor Candido – Economista


Jornais:

Folha de São Paulo
– Acerto Boeing-Embraer vai formar duas novas empresas
– Maior parte das denúncias contra João de Deus expirou
– Prefeitura estuda abrandar reforma da Previdência
– Guedes afirma ser necessário ‘meter a faca no Sistema S’

O Estado de São Paulo
– Mesmo após reajuste, CNJ prevê R$ 4,3 mil de auxílio-moradia
– Guedes quer cortar metade dos repasses ao Sistema S
– Bolsonaro deve rever reserva indígena Raposa Serra do Sol
– Temer e Bolsonaro podem dar aval conjunto à Embraer

O Globo
– Tem que meter a faca no Sistema S’, diz Guedes
– Bolsonaro quer rever reserva indígena ‘mais rica do mundo’
– Boeing paga mais para se associar à Embraer
– Witzel recua e anuncia Roberto Motta para a Segurança até junho

Valor Econômico
– Decisão sobre a Embraer deve ficar para Bolsonaro
– Raposa do Sol será revista, diz presidente eleito
– Desempenho na bolsa revela otimismo com setor doméstico
– Empregos só voltarão com o crescimento

Contatos

Renda Variável*


Luis Gustavo Pereira – CNPI
[email protected]

Equipe Econômica

Lucas Stefanini
[email protected]

Rafael Gad
[email protected]

Julia Carrera Bludeni
[email protected]

Victor Candido
[email protected]

 

*A área de Renda Variável é a responsável por todas as recomendações de valores mobiliários contidas neste relatório.
“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução CVM nº.598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“

Relacionados

Apito Final | O que fará o centrão?

Internacional Com recuperação em foco, ativos americanos encerram a semana com ganhos expressivos;Europa fica acerca da estabilidade após queda na produção industrial [...]

Alejandro Ortiz Cruceno - 09/04/2021

Flash Macro | Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) /março

O IPCA acelerou a alta para 0,93% em março, após avanço de 0,86% em fevereiro. Com isto, o índice acumula alta [...]

Alejandro Ortiz Cruceno - 09/04/2021

Rio Bravo: Olhar Atento | O IPCA

O IPCA acelerou para 0,93% em março, mas ficou abaixo das expectativas do mercado (1,03%). Em 12 meses a inflação registra [...]

Rio Bravo - 09/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções