Mercados Hoje: Continua a distância

Tempo de leitura: 8 minutos

Introdução: Madrugada positiva para Bolsas Asiáticas; Europa abre no verde; Moedas emergentes operam próximas da estabilidade; Commodities no geral operam no negativo; Vendas no varejo nos Estados Unidos confirmam que a economia está bem aquecida; No Brasil, o destaque continua vindo da política: Jair Bolsonaro lidera com boa margem (18p.p) nos votos válidos; Haddad mal aparece no retrovisor do Petista; Mercado volta a se animar com os planos econômicos de Bolsonaro; Risco país continua cedendo e se aproxima dos 221 pontos base.


INTERNACIONAL: MELHORANDO…

Mercados Globais: Ásia volta a respirar, o Nikkei fechou com 1,25% de alta e Hong Kong ficou levemente positivo, o que pode indicar uma possível reversão de tendência de curto prazo, dado que a semana passada foi bastante negativa nos mercados asiáticos. Na Europa o dia também é positivo, o DAX sobe 0,59%. As moedas emergentes operam próximas da estabilidade. A treasury de 10 anos está próxima de 3,17%, enquanto o VIX cai. O petróleo (brent) cai 0,7% refletindo uma melhora nas tensões entre Estados Unidos e Arábia Saudita. A maioria das commodities operam no vermelho, o destaque fica com o milho (-0,46%) e soja (-0,73%).

Máquina aquecida… Atividade econômica nos Estados Unidos, vendas no varejo, cresceram 4,8% no trimestre anualizado. O dado do terceiro trimestre traz estabilidade na margem. No quesito restrito as vendas cresceram 0,5% em setembro, contra 0% em agosto. Comparando com o mesmo período de 2017 as vendas cresceram 4,8%. Tais dados estão em linha com os sólidos fundamentos econômicos, como o crescimento de salários, corte de impostos e desemprego recorde.

Agenda… Ainda no campo da atividade econômica hoje saem os dados da produção industrial americana que deve trazer leve aumento na margem, a mediana das expectativas é de 0,2% . Também hoje, temos a divulgação dos dados de criação de novas vagas de emprego no setor privado, número importante de se monitorar, dada a dinâmica aquecida do mercado de trabalho americano e seus impactos sobre a dinâmica de juros do FED.

 


BRASIL: CONTINUA A DISTÂNCIA…

Aumenta a distância… Na pesquisa Ibope divulgada na noite de ontem Jair Bolsonaro (PSL) abriu 18p.p sobre Fernando Haddad (PT), consolidando cada vez mais o cenário de vitória do Deputado.

Os números continuam por ali… O primeiro turno se encerrou com uma distância de 16p.p entre os dois e a distância se mantém firme e tem avançado (dentro da margem de erro). Bolsonaro agora tem 59% dos votos válidos e Haddad têm 41%. O número é o mesmo da pesquisa BTG/FSB, importante frisar que essa última pesquisa é feita por telefone. Bolsonaro está de fato concretizando a sua vitória.

Mesmo com Brancos e Nulos… O cálculo considera apenas os votos válidos, ou seja, exclui os nulos, brancos e indecisos. Levando em conta o eleitorado total, o placar é de 52% a 37% a favor de Bolsonaro. Há ainda 9% dispostos a anular ou votar em branco, enquanto 2% não souberam responder. Na hipótese de Haddad conseguir todos os votos brancos e nulos, ainda sim não conseguiria vencer Bolsonaro.

Olhando mais a fundo… O candidato do PSL lidera em todas as regiões do País, com exceção do Nordeste, mostra o Ibope. No Sul, no Sudeste e no Norte/Centro-Oeste, ele teria, respectivamente, 69%, 67%, e 64% dos votos válidos se a eleição fosse hoje. Já o eleitorado nordestino daria a Haddad 63%, contra 37% para o adversário. De acordo com a pesquisa, o presidenciável do PSL tem apoio muito mais concentrado entre os evangélicos (74%), brancos (68%) e de renda e escolaridade mais altas. Já no segmento católico, a disputa entre os dois candidatos é mais acirrada: 53% para Bolsonaro e 47% para Haddad. Esse placar se repete no eleitorado que se declara negro ou pardo.

Olhando o bolso do eleitor… Renda. Na faixa de renda de até um salário mínimo, o candidato do PT lidera por 58% a 42%. Mas, em todas as demais, quem está à frente é seu adversário do PSL. A vantagem máxima de Bolsonaro aparece entre quem ganha mais de cinco salários mínimos: 72% a 28%.

Convicção… Bolsonaro é o que tem mais simpatizantes convictos: 41% votariam nele com certeza, e 35% não votariam de jeito nenhum. Haddad é o que tem a maior rejeição: 47% não o escolheriam em nenhuma hipótese; outros 28% manifestaram certeza na escolha.

Paulo Guedes está de volta… O economista e sua equipe trabalham para definir alguns pontos ainda em aberto na agenda econômica. O teto de gastos continuará válido. A questão previdenciária ainda continua em espera. Guedes já sinalizou a Armínio Fraga que poderia analisar a proposta que está sendo feita por um grupo liderado por Armínio. No campo tributário o entendimento geral é que não há espaço para aumento da carga e prevalece a preferência pela criação do imposto único federal. O novo tributo funde, por exemplo, PIS/Cofins e IPI (Impostos sobre Produtos Industrializados).

E os mercados hoje? O risco país continua em queda, próximo dos 221 pontos, refletindo o noticiário político onde Bolsonaro lidera com boa margem. Além do mais, a equipe do candidato voltou a ter um discurso mais liberal, o que deve continuar animando os mercados por aqui. Portanto, o dia deve ser positivo para os ativos de risco.

Sobre o fechamento do último pregão:

Ibovespa: +0,53%, aos 83.360 pontos;
Real/Dólar: -1,15%, cotado a R$3,736;
Dólar Index: -0,17%, 95,059;
DI Jan/21: -17 pontos base, 8,560%;
S&P 500: -0,59% aos 2.751 pontos.

Fonte: Bloomberg. Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg. *valores referentes à sessão do dia 27/09.


EMPRESAS:

BRF: PF vê fraudes ‘coordenadas’ praticadas pela BRF.
Impacto: Marginalmente Negativo.

Victor Candido – Economista


Jornais:

Folha de São Paulo
– Guedes sugere desvincular gasto social do Orçamento
– Vantagem de Bolsonaro é de 18 pontos, aponta Ibope
– Forças ocultas vão ter de se moderar, afirma Giannotti
– Do auge à bancarrota

O Estado de São Paulo
– Bolsonaro tem 59% dos votos válidos; Haddad, 41%
– Candidato do PSL visita o Bope; petista revê estratégia
– Novo trem direto para Cumbica
– Abilio Diniz é indiciado pela PF

O Globo
– Distância entre Bolsonaro e Haddad é de 18 pontos
– Presidenciáveis suavizam discursos e propostas
– Haddad sugere filósofo Cortella para Educação
– Centrão articula reeleição de Maia na Câmara

Valor Econômico
– Gol quer fechar capita Smiles, que perde R$ 2,5 bi
– BC prepara modelo para “open banking”
– À frente, Bolsonaro já escala ministros
– Candidato quer aumento da produtividade do trabalhador

Contatos

Renda Variável*


Luis Gustavo Pereira – CNPI
[email protected]

Equipe Econômica

Lucas Stefanini
[email protected]

Rafael Gad
[email protected]

Julia Carrera Bludeni
[email protected]

Victor Candido
[email protected]

 

*A área de Renda Variável é a responsável por todas as recomendações de valores mobiliários contidas neste relatório.
“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução CVM nº.598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“

Relacionados

Apito Final | Ainda sem orçamento

Internacional Índices internacionais iniciam a semana de lado, sem grandes destaques;Dados referentes aos fundamentos macroeconômicos dos EUA garantem reforço ao otimismo com [...]

Alejandro Ortiz Cruceno - 12/04/2021

Carteira Semanal de Ações | 12 de Abril

Nesta semana, optamos por realizar duas alterações pontuais em nossa Carteira Semanal. Totvs ON (TOTS3) Gol PN (GOLL4) Performance: A [...]

Luis Sales - 12/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções