CabeçalhoConteúdoNewsletterRodapé

Cotações por TradingView

Guide Mercados Hoje: Inflação americana calibra expectativas após alerta de banqueiros centrais

30 de junho de 2022
Tempo de leitura: 7 min
Compartilhar
Mercados Hoje - toalha vermelha com prato de torradas, xícara e jornal com gráfico indicando crescimento
Tempo de leitura: 7 min

No Mercados Hoje falamos sobre a abertura do mercado e listamos os principais acontecimentos do noticiário e da agenda econômica no dia.

Confira o relatório de 30 de Junho de 2022!

Mercados Globais:

Ativos de risco internacionais estão amanhecendo em tom predominantemente negativo, ainda reverberando avisos dos principais banqueiros centrais sobre as dificuldades em combater uma inflação mais persistente. O discurso de Jerome Powell em Sintra, presidente do Federal Reserve (Fed), durante evento do Banco Central Europeu (BCE), reforçou que o BC americano irá buscar a sua meta de inflação a qualquer custo, e que este processo possivelmente causará “alguma dor” à economia americana. Lagarde, do próprio BCE, e Bailey, do Banco Central inglês (BoE), também passaram mensagens mais duras com relação à condução da política monetária.

Tais afirmações acentuaram as preocupações de investidores com relação à uma forte desaceleração da economia mundial, e até, possivelmente, uma recessão, o que voltou pesar sobre os mercados. Desta forma, bolsas e commodities iniciaram o dia no vermelho, o dólar ganha força e os juros desenvolvidos operam em queda.

Na agenda, destaque para os dados de renda e gasto pessoal de maio nos EUA, série que vem acompanhado do deflator do consumo pessoal (PCE), a medida de inflação ao consumidor preferida pelo Fed. O mercado espera uma aceleração da inflação tanto do índice cheio (est.: +0,7% m/m) quanto no núcleo (est.: +0,4% m/m), que exclui os componentes mais voláteis de alimentos e energia, o que, caso se confirme, não deve alterar o plano de voo mais agressivo que tem sido defendido pelos dirigentes do banco central americano. Naturalmente, um dado pior tende a colocar mais pressão sobre os mercados.


Nikkei 225: CSI 300: Stoxx 600: S&P Futuro: DXY: Juro T10: Petróleo (Brent Crude – ICE):
-1,54%
26.393
+1,44%
4.485
-2,12%
404,68
-1,51%
3.819
+0,26%
105,39
-7,1 BPS
3,04% a.a.
-0,26%
US$ 112,12/barril


AGENDA INTERNACIONAL
06h00 – Z. do euro – Taxa de desemprego (mai): 6,6% (est.: 6,8%) – Eurostat
09h30 – EUA – Renda e gasto pessoal (mai) – BEA
09h30 – EUA – Deflator do PCE (mai) – BEA
09h30 – EUA – Pedidos de auxílio desemprego (24/jun) – DoL
22h45 – China – PMI Industrial (jun) – Caixin


MANCHETES

ValorDaniella Marques é confirmada como nova presidente da Caixa. A secretária Especial de Produtividade e Competitividade do Ministério da Economia, Daniella Marques, foi nomeada como nova presidente da Caixa Econômica Federal. A confirmação veio em edição extraordinária do Diário Oficial da União, que também trouxe a exoneração ‘a pedido’ do até então presidente do banco, Pedro Guimarães. A informação sobre a indicação de Marques foi divulgada mais cedo nesta quarta-feira pelo colunista Lauro Jardim, de O Globo, e confirmada pelo Valor.

ValorComissão aprova LDO de 2023 e mantém execução impositiva de emendas de relator. A Comissão Mista de Orçamento (CMO) aprovou o projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2023, que define as regras para elaboração e execução do orçamento do próximo ano. Partidos de oposição e o Novo criticaram o parecer do senador Marcos do Val (Pode-ES) por tornar obrigatória a execução das emendas de relator, também conhecidas como “orçamento secreto”. Essas emendas são programas controlados pelos deputados e senadores dentro do Orçamento, até com a escolha da ordem de prioridade do pagamento. O dinheiro só é liberado pelo Executivo após o aval do relator do Orçamento, daí o nome pelo qual ficaram conhecidas.

OGloboCPI do MEC: governo e oposição disputam por maioria. Após reunir o apoio necessário para a abertura da CPI do MEC, a oposição ao governo do presidente Jair Bolsonaro tem o desafio de conseguir maioria no colegiado que deve investigar suspeitas de corrupção na gestão do ex-ministro Milton Ribeiro. Em um roteiro diverso do traçado na CPI da Covid, no ano passado, quando tinha sete dos 11 integrantes ao seu lado, a composição, desta vez, não deve ser tão favorável aos opositores. Um acordo costurado ontem entre MDB, PSDB, Podemos, PSD e PT definiu oito dos titulares da CPI. O funcionamento da comissão, porém, ainda depende do aval do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), que só pretende tomar uma decisão na semana que vem.

EstadãoPacheco fecha acordo e PEC será votada hoje no Senado. O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), fechou acordo e adiou para esta quinta-feira (30) a votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que concede uma série de benefícios sociais às vésperas da eleição. O adiamento contou com o apoio do senador Flávio Bolsonaro, líder do PL e filho do presidente Jair Bolsonaro. Pacheco chegou a levar a PEC ao plenário ontem, mas a oposição disse que precisava analisar o alcance do estado de emergência nacional previsto na proposta para viabilizar a concessão dos benefícios sem sanções da Lei Eleitoral a Bolsonaro. Com o adiamento, o prazo para a apresentação de emendas será reaberto.



AGENDA BRASIL
09h00 – PNAD-Contínua (mai) – IBGE
11h30 – Leilão tradicional (NTN-F e LTN) – Tesouro



E os Mercados Hoje?

Mercados globais estão abrindo o dia em baixa, na esteira de alertas de 3 dos 4 principais banqueiros centrais do mundo e antes da divulgação de mais um dado chave de inflação nos Estados Unidos. No Brasil, investidores ficam de olho na votação da PEC dos Combustíveis no Senado, prevista para as 16h00 desta quinta-feira. Sobre a apresentação do parecer, a discussão não trouxe novidades com relação ao que já havia sido vazado pela imprensa, com volume de gastos extrateto ficando em torno de R$ 39 bilhões. O que o mercado teme, no entanto, não é o impacto previsto, e sim entender o quanto “a porta ficou aberta” para prorrogações ou até aumentos adicionais de gastos mais para frente, principalmente levando em conta que teremos eleições no fim do ano, fato que deve começar a reger os ânimos do mercado a partir do recesso parlamentar do meio deste ano. No pano de fundo, a agenda econômica traz os resultados da PNAD-Contínua de maio, que deve mostrar nova queda do desemprego no país após um Caged que surpreendeu positivamente na segunda-feira.

Sobre o fechamento do último pregão:

Ibovespa: 99.621 (-0,96%)
BRL/USD: 5,19 (-1,39%)
DI Jan/27: 12,75 (-8,5 bps)
S&P 500: 3.818 (-0,07%)


Disclaimer: Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores,  para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo.  Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações. Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Resolução CVM nº 20, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.

Compartilhar artigo

Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.

Graduado em Administração de Empresas e Economia pelo Insper. Integra a equipe econômica da Guide há mais de 1 ano. Atualmente atua como economista no segmento de varejo, sendo responsável pela confecção de relatórios e de comitês mensais com intuito de embasar recomendações de alocação de recursos no cenário político-econômico.

Veja também