Cotações por TradingView

Guide Mercados Hoje: Mercados esboçam estabilização enquanto investidores avaliam os riscos com disseminação da omicron

Tempo de leitura: 12 minutos

No Mercados Hoje falamos sobre a abertura do mercado e listamos os principais acontecimentos do noticiário e da agenda econômica no dia.

Confira o relatório de 29 de Novembro de 2021!

Mercados Globais:

Mercados globais estão amanhecendo em tom de forte aversão ao risco nesta Black Friday, em dia que contará com pregão Ativos de risco globais estão iniciando a sessão em tom de recuperação, com índices acionários, commodities e yields americanos em alta enquanto investidores reavaliam o cenário sanitário global à medida que novas informações sobre a nova variante Omicron são divulgadas para o público.

De modo geral, o ambiente ainda é de incerteza elevada, com poucas novidades concretas divulgadas ao longo do final de semana. O que tem sido destacada na mídia é a possibilidade de a nova mutação ter como característica a rápida disseminação acompanhada de um baixo índice de letalidade, segundo reforçado por alguns especialistas desde a última sexta-feira. Não obstante, governos estão optando pela cautela, reforçando medidas de restrições para viajantes enquanto aguardam mais informações sobre o vírus. Segundo a Pfizer, a expectativa é que uma avaliação mais completa possa demorar cerca de duas semanas – período em que poderemos esperar uma maior volatilidade nos mercados.

Na agenda, o mercado acompanha falas dos presidentes dos bancos centrais americano, Jerome Powell (12h), japonês, Haruhiko Kuroda (05h30) e europeu, Christine Lagarde (14h15), de onde poderão ser abordadas potenciais implicações da nova variante sobre o futuro da política monetária nas economias desenvolvidas. À noite, o destaque fica com os PMIs de novembro na China (22h00).


Nikkei 225: CSI 300: Stoxx 600: S&P Futuro: DXY: Juro T10: N/A (feriado) Petróleo:
-1,63%;
28.284
-0,18%;
4.851
+1,03%;
468,84
+0,96%;
4.639

+0,09%;
96,18

1,54% a.a.
+5,5 BPS;
+4,71%;
US$ 74,96/barril


AGENDA INTERNACIONAL
05h30 – Japão – Discurso Haruhiko Kuroda – BoJ
12h00 – EUA – Discurso Jerome Powell – Fed
12h30 – EUA – Sondagem industrial – Fed (Dallas)
14h15 – Z. do euro – Discurso Christine Lagarde – ECB
22h00 – China – PMIs (nov) – NBS

HEADLINES

VALOR Presidente do BC diz que projeção de alta do PIB, de 2,1% para 2022, “deve ser revisada para baixo”. O presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, afirmou que “temos no governo um número [projeção] mais favorável” do que o mercado tem para o crescimento de 2022. A autoridade monetária calcula alta de 2,1% do Produto Interno Bruto (PIB) do ano que vem. Mas o presidente reiterou que esse número deve ser revisado para baixo. Campos sinalizou, no entanto, que após possível revisão, a estimativa do BC não será como a atual do mercado. “Número da mediana [do Focus] parece muito baixo”, afirmou, durante evento promovido pelo Sindicato da Habitação de São Paulo (Secovi-SP). A projeção mediana do Focus está em 0,7%. O presidente do BC também voltou a chamar a atenção para a importância de um crescimento estrutural alto no Brasil. De acordo com ele, “é importante mostrar que Brasil pode crescer acima de 2%, 2,5%”. Uma das razões pelas quais o crescimento estrutural mais alto é necessário é porque “rapidamente você pode ter uma trajetória explosiva da dívida” caso a expansão da economia fique em patamares baixos. 

VALOR Lira: Congresso não pode cumprir decisão do STF sobre orçamento secreto. O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), afirmou nesta sexta-feira que o Congresso não pode cumprir a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de revelar quais parlamentares indicaram as verbas das emendas de relator ao Orçamento porque a lei não previa essa transparência e as solicitações eram informais. “Não podemos burlar a lei para responder a um questionamento que não é possível de ser feito”, disse. Lira disse que as emendas de relator ao Orçamento, também chamadas de “RP9” ou “orçamento secreto”, existem desde 1988 e foram classificadas em 2019 (com a criação do Orçamento impositivo) para ficarem mais transparentes, mas que a lei não cobrou a divulgação pormenorizada de quais parlamentares ou pessoas indicaram as verbas. Lira disse que as emendas de relator ao Orçamento, também chamadas de “RP9” ou “orçamento secreto”, existem desde 1988 e foram classificadas em 2019 (com a criação do Orçamento impositivo) para ficarem mais transparentes, mas que a lei não cobrou a divulgação pormenorizada de quais parlamentares ou pessoas indicaram as verbas. 

FOLHA Próximo presidente enfrentará maior risco desde o Plano Real. O próximo presidente da República enfrentará o mais complexo desafio econômico desde o Plano Real: reformar o Estado para que ele caiba no Orçamento, abortando a deterioração em curso —com baixo crescimento, alta do dólar, da inflação e da dívida pública. Segundo a Folha apurou, há consenso nas equipes dos prováveis candidatos à Presidência de que a consolidação fiscal será a prioridade em 2023. Sem ela, o país continuaria em crise permanente ou mais grave que a atual, minando rapidamente o capital político de quem for eleito. A divergência está em como alcançá-la: mais rápido ou em um período estendido, com regras para que o Brasil volte a gerar superávits primários para estabilizar ou reduzir a dívida pública. Na prática, seria necessário economizar, entre o que o governo arrecada e gasta (sem contar juros), cerca de R$ 300 bilhões (4% do PIB) por alguns anos. Como comparação, a estimativa oficial deste ano é de R$ 96 bilhões de déficit.  

FOLHAProposta da UE de banir importação de área desmatada é protecionismo, diz chanceler brasileiro. O ministro das Relações Exteriores, Carlos França, atacou a União Europeia por “protecionismo comercial” e “miopia” depois que o bloco propôs a proibição de importações agrícolas originárias de áreas desflorestadas. Atacou também a França por sua política de subsídios agrícolas. Bruxelas propôs neste mês uma lei que obrigaria as companhias que vendem carne, soja, óleo de palma, café, cacau e madeira para o bloco europeu a provar que as matérias-primas não foram produzidas em terra que foi desmatada ou degradada (mesmo que de forma legal) depois de 2020. O Brasil é um grande exportador de muitos dos produtos visados, e a iniciativa da UE reativou antigas tensões com o governo Jair Bolsonaro, que vê motivos escusos por trás da proposta do bloco. “O que eu não posso aceitar é usar o meio ambiente como uma forma de protecionismo comercial. É ruim para os consumidores [e] para os fluxos comerciais”, disse França, em entrevista ao Financial Times. “Acho que há uma certa miopia da União Europeia.” 

GLOBO Nova onda de protecionismo internacional ameaça US$ 50 bi em exportações brasileiras. A volta do protecionismo no mundo, que aumentou com a pandemia e tem no Brasil um forte alvo, dado o perfil do país de grande exportador de produtos agropecuários, é uma ameaça direta a quase US$ 50 bilhões em exportações. A cifra considera itens que, hoje, são mais suscetíveis a barreiras protecionistas, sanitárias e comerciais: carne bovina, soja, farelo de soja e café. E representa metade das vendas externas do agronegócio brasileiro. No ano passado, as exportações desses produtos somaram US$ 47,6 bilhões. Em 2021, com a alta dos preços das commodities no mercado internacional, a receita exportada deve ser bem maior. Considerando os dados de 2020, o volume de vendas externas ameaçado com medidas protecionistas corresponderia a quase 20% do total embarcado pelo Brasil para o exterior, que somou US$ 235,8 bilhões. Para o presidente da Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB), José Augusto de Castro, grande parte das exportações do agronegócio está na linha de tiro, e os superávits gigantescos na balança comercial garantidos pelo setor podem acabar. 

GLOBOEm dois dias, vendas on-line na Black Friday somam R$ 5,4 bi e ficam abaixo da expectativa. A Black Friday, concluida nesta sexta-feira, foi impactada pela inflação nas mais variadas formas. Segundo levantamento da Neotrsut, o faturamento total foi de R$ 5,4 bilhões, o que representa um crescimento nominal de 5,8% na comparação com o ano passado, mas abaixo das expectativas de ganhos, que estavam entre 6% e 10%. Os brasileiros se preocuparam mais em comprar itens básicos e que estão mais caros, como alimentos e bebidas, deixando os eletrônicos um pouco de lado. O levantamento foi produzido a partir do número total de compras realizadas via e-commerce entre o primeiro minuto de quinta-feira até às 23h59 de sexta-feira. A edição deste ano da Black Friday encerrou as 48h monitoradas com um volume de 7,6 milhões de pedidos. O número é 0,5% inferior ao registrado no ano passado. Já o tíquete médio nacional das compras foi de R$711,38, 6,4% superior a 2020, também impactado pela alta dos preços. 

ESTADÃOVariante Ômicron é confirmada em cinco continentes; Áustria e Brasil estudam casos suspeitos. A variante Ômicron do novo coronavírus continua se espalhando pelo mundo. Com novos casos confirmados por Austrália, Dinamarca, Holanda e Canadá neste domingo, 28, a nova cepa já foi identificada em cinco continentes: América, Ásia, Europa, Oceania e África (onde o primeiro caso foi detectado). Mais de dez países confirmaram casos de covid-19 causados pela nova variante – e outros casos suspeitos seguem em análise. Com mais de cinco milhões de mortes em todo o mundo desde o início da pandemia em 2019, a Organização Mundial da Saúde (OMS) considerou a nova variante, detectada essa semana, como “preocupante”. Israel fechou suas fronteiras a estramgeiros diante da situação. O governo holandês confirmou neste domingo 13 casos de covid-19 relacionados à Ômicron no país.  

ESTADÃO Congresso analisa hoje projeto de Lira e Pacheco para manter o orçamento secreto. O Congresso Nacional se reúne hoje para votar um projeto conjunto da cúpula do Senado e da Câmara que propõe a manutenção do pagamento de verbas do orçamento secreto, sem o cumprimento da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) para tornar públicos todos os dados dos parlamentares beneficiados. A oposição tenta mudar o texto, mas a base do governo e os parlamentares do Centrão têm maioria para manter a proposta. O projeto de resolução nº. 4 foi articulado pelos presidentes do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), e da Câmara, Arthur Lira (Progressistas-AL), depois que o Supremo suspendeu, no início do mês, o pagamento das verbas que beneficiaram principalmente parlamentares aliados ao governo, e determinou medidas para dar transparência aos recursos já distribuídos. As emendas de relator-geral do orçamento (RP-9) vêm sendo usadas pelo Palácio do Planalto para conquistar apoio em troca de repasses do Orçamento da União a municípios e Estados em redutos eleitorais.



AGENDA BRASIL
08h00 – IGP-M (nov): +0,02% m/m (ant.: +0,64% m/m) – FGV Ibre
08h00 – Sondagem do comércio (nov): 88,0 pontos (ant.: 94,2 pontos) – FGV Ibre
08h00 – Sondagem de serviços (nov): 96,8 pontos (ant.: 99,1 pontos) – FGV Ibre
08h25 – Relatório Focus (26/nov) – BCB
14h30 – Resultado primário do governo central (out) – Tesouro

E OS MERCADOS HOJE?
Mercados globais estão abrindo esta segunda-feira em tom predominantemente positivo, com índices acionários e commodities se recuperando após as fortes quedas registradas na última sexta-feira. De modo geral, investidores seguem atentos ao noticiário em torno da nova variante sul-africana Omicron, que promete sustentar uma volatilidade elevada pelo menos pelas próximas semanas. No Brasil, além da cautela com o vírus, o mercado se prepara para a tentativa do governo de votar a PEC dos Precatórios na CCJ do Senado nesta terça-feira, além de uma agenda econômica que traz o IGP-M de novembro (hoje), o desemprego em setembro (amanhã), o PIB do 3º trimestre (quinta-feira) e a produção industrial de outubro (sexta-feira). Desta forma, de olho em um exterior se recuperando e um noticiário local ameno voltando do fim de semana, esperamos uma abertura de viés mais positivo para ativos de risco locais nesta segunda-feira.


Sobre o fechamento do último pregão:

Ibovespa: 102.224 (-3,39%)
BRL/USD: R$ 5,59 (+0,55%)
DI Jan/27: 11,63% (-15 bps)
S&P 500: 4.594 (-2,27%)


Disclaimer: Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores,  para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo.  Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações. Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Resolução CVM nº 20, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.

Relacionados

Rio Bravo: Olhar Atento | Mais de 40 categorias de servidores públicos aderiram à manifestação

Nesta terça-feira, 18, mais de 40 categorias de servidores públicos aderiram à manifestação pelo reajuste de seus salários. O pedido é [...]

Rio Bravo - 18/01/2022

Guide Empresas: Petrobras atinge recorde de produção em 2021; DIRR acerta compra de ativos da CYRE; e mais!

Petrobras (PETR3;PETR4): Petrobras atinge recorde de produção no pré-sal em 2021Impacto: PositivoDirecional e MRV (DIRR3;MRVE3): Direcional acerta compra de fatia em [...]

Rodrigo Crespi - 18/01/2022

Guide Mercados Hoje: Paralisação dos servidores em Brasília deve amplificar piora de sentimento na volta do feriado em NY

No Mercados Hoje falamos sobre a abertura do mercado e listamos os principais acontecimentos do noticiário e da agenda econômica no [...]

Victor Beyruti Guglielmi - 18/01/2022
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções