CabeçalhoConteúdoNewsletterRodapé

Cotações por TradingView

Guide Mercados Hoje: Decisão do PBoc Promove algum alivio

20 de maio de 2022
Tempo de leitura: 6 min
Compartilhar
Mercados Hoje - toalha vermelha com prato de torradas, xícara e jornal com gráfico indicando crescimento
Tempo de leitura: 6 min

No Mercados Hoje falamos sobre a abertura do mercado e listamos os principais acontecimentos do noticiário e da agenda econômica no dia.

Confira o relatório de 20 de Maio de 2022!

Mercados Globais:

Ativos de risco global iniciam o dia em tom positivo, reagindo à injeção de liquidez na economia na China. O PBoC (BC chinês) reduziu em 15 bps sua taxa básica de juros de longo prazo, a chamada LPR, atingindo o valor de 4,45%. Tal medida se dá como forma de minimizar os impactos da política de zero casos e da crise de crédito no setor imobiliário sobre a segunda maior economia do mundo. Dada a defasagem dos efeitos da política monetária, é verdade que talvez não vejamos esse efeito ainda este ano, ainda assim, isso ajuda a reduzir os receios com a desaceleração da economia chinesa.

Enquanto isso, nos EUA, uma agenda vazia mantém os investidores mais calmos, permitindo ganhos de mais de 1% nos índices futuros nesta abertura. Ainda assim, o vencimento de opções em NY pode gerar maior volatilidade. Na Europa, destaque para o índice de preços ao produtor na Alemanha, que veio o dobro do esperado, bem como as vendas no varejo no Reino Unido. Com isso, os juros futuros em ambos os países registram abertura nesta manhã, mas não impede as bolsas de alçarem ganhos.


Nikkei 225: CSI 300: Stoxx 600: S&P Futuro: DXY: Juro T10: Petróleo (Brent Crude – ICE):
+0,94%
26.911
-0,35%
3.992
-0,16%
-0,16
-0,47%
4.069
+0,24%
103,60
+2,7 BPS
2,99% a.a.
+0,65%
US$ 112,73/barril


AGENDA INTERNACIONAL
3h00 – Alemanha – PPI (abr): 2,8% m/m (exp. 1,4%) – GFSO
3h00 – Reino Unido – Vendas do varejo (abr): 1,4% m/m (exp. -0,2%) – ONS
11h00 – Europa – Confiança do consumidor (mai) – EC


MANCHETES

ValorMaior chance de recessão torna mercados menos tolerantes a alta de juros, diz IIF. O aumento da probabilidade de uma recessão econômica global tem repercussões importantes para a psicologia dos investidores e torna os mercados menos tolerantes ao que agora consideram uma normalização injustificada da política monetária, na avaliação do Instituto de Finanças Internacionais (IIF).

ValorGetnet anuncia que vai sair da bolsa, apenas sete meses após listagem. Apenas sete meses após listagem na bolsa, a Getnet informou a intenção de deixar o mercado e voltar a fechar capital. O movimento é mais um sinal de como o mercado de adquirência tem passado por transformações profundas nos últimos anos, em meio a mudanças regulatórias e tecnológicos, que levaram à entrada de novos players.

Estadão – Projeto de ICMS pode tirar R$ 70 bi de Estados e municípios, diz estudo. Se combustíveis, energia e telecomunicações tiverem a alíquota máxima do ICMS fixada em 17%, Estados e municípios devem perder cerca de R$ 70 bilhões de arrecadação por ano. A previsão é do economista Sergio Gobetti, especialista em finanças públicas que monitora as contas dos governos regionais.

Folha – Brasil terá geração mais pobre com fechamento de escolas na pandemia, diz FMI. Ao longo das próximas décadas, os brasileiros terão uma das maiores perdas de renda entre as grandes economias globais em função do fechamento de escolas na pandemia. Segundo estimativas do FMI (Fundo Monetário Internacional), o aprendizado incompleto durante a crise sanitária, se não for remediado, pode diminuir o rendimento médio dessa geração de estudantes em 9,1% ao longo da vida.

Poder360Privatização da Eletrobras deve ser em 13 de junho. O governo quer fazer a venda das ações da Eletrobras no dia 13 de junho deste ano. Antes, o governo precisa protocolar na CVM (Comissão de Valores Mobiliários) o pedido de registro da oferta pública global das ações. A data prevista para isso é o dia 26 de maio.



AGENDA BRASIL
11h30 – Receita Tributária Federal (abr) – Receita Federal


E os Mercados Hoje?

Bolsas globais alçam recuperação nesta manhã depois que o BC chinês reduziu a taxa de juros de longo prazo do país, como medida de estímulo à economia. No Brasil, a agenda também está mais morna, mas o exterior positivo deve garantir um dia bom para a bolsa local. O maior destaque no campo político segue sendo a privatização da Eletrobras, prevista para dia 13 de junho (vide manchetes). O presidente Jair Bolsonaro também se mostrou a favor do reajuste de 5% para servidores públicos, mas diz que o martelo não foi batido.


Sobre o fechamento do último pregão:

Ibovespa: 107.005 (+0,71%)
BRL/USD: 4,91 (-1,32%)
DI Jan/27: 11,97 (-19 bps)
S&P 500: 3.900 (-0,58%)


Disclaimer: Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores,  para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo.  Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações. Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Resolução CVM nº 20, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.

Compartilhar artigo

Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.

Graduado em Administração de Empresas e Economia pelo Insper. Integra a equipe econômica da Guide há mais de 1 ano. Atualmente atua como economista no segmento de varejo, sendo responsável pela confecção de relatórios e de comitês mensais com intuito de embasar recomendações de alocação de recursos no cenário político-econômico.

Veja também