Cotações por TradingView

Guide Mercados Hoje: Política monetária americana segue em foco com CPI de Dezembro e livro bege do Federal Reserve

Tempo de leitura: 8 minutos

No Mercados Hoje falamos sobre a abertura do mercado e listamos os principais acontecimentos do noticiário e da agenda econômica no dia.

Confira o relatório de 12 de Janeiro de 2022!

Mercados Globais:

Ativos de risco estão dando sequência ao movimento de recuperação iniciado na tarde desta terça-feira, após Jerome Powell confirmar a postura mais dura do Fed no combate à inflação, mas afastar a probabilidade de medidas mais drásticas no curtíssimo prazo em frente ao Senado americano.  Segundo Powell, apesar do fim do QE e uma alta dos juros já estar nos planos para março, o início de um movimento de redução do balanço de ativos do BC americano ainda está sob discussão, e deve ser pautado daqui três ou quatro encontros do FOMC. Desta forma, esvaziou o receio dos mais pessimistas, que já estavam apostando em até cinco ou seis altas do juro básico americano (FFR) em 2022. 

Neste ambiente, bolsas europeias, futuros de NY e commodities avançam após uma sessão forte na Ásia, enquanto o dólar e os yields têm manhã de estabilidade.

Olhando para a agenda do dia, a avaliação da condução da política monetária americana deve seguir no centro das atenções na medida em que o investidor recebe o índice de preços ao consumidor americano (CPI, na sigla em inglês) de dezembro, às 10h30, e o Livro Bege do Federal Reserve (documento que traz a visão dos diretores da instituição sobre a situação corrente da economia americana), às 16h00. Com relação ao CPI, as expectativas apontam para uma alta da ordem de 0,4% no dado cheio e de 0,5% no núcleo (medida que exclui os componentes mais voláteis do indicador), resultado que levaria os acumulados no ano para 7,0% e 5,4%, respectivamente. Vamos acompanhar…


>
Nikkei 225: CSI 300: Stoxx 600: S&P Futuro: DXY: Juro T10: N/A (feriado) Petróleo:
+1,92%;
28.765
+1,00%;
4.846
+1,35%;
485,52
+0,14%;
4.719
-0,01%;
95,61
-0,3 BPS;
1,74% a.a.
+0,42%;
US$ 84,07/barril


AGENDA INTERNACIONAL

07h00 – Z. do euro – Produção industrial (nov): +2,3% m/m (est.: +0,5% m/m) – Eurostat
10h30 – EUA – CPI (dez) – BLS
12h30 – EUA – Estoques de petróleo bruto (07/jan) – DoE
15h00 – EUA – Leilão de títulos (10 anos) – Tesouro
16h00 – EUA – Resultado fiscal mensal (dez) – Tesouro
16h00 – EUA – Livro Bege – Fed
Sem hora definida – Relatório de demanda e oferta agrícolas mundiais – USDA


HEADLINES

Valor Servidores do BC ameaçam greve em fevereiro por reajuste salarial.  Sem proposta concreta de reajuste após uma reunião com o presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, o Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central (Sinal) anunciou que não está descartada “greve por tempo indeterminado” a partir de fevereiro, caso as negociações não avancem. Segundo o sindicato, quase 2 mil funcionários em cargos comissionados já entregaram seus postos em protesto pelas assimetrias salariais. “Esperamos que, ainda em janeiro, haja nova reunião com o presidente do BC e que nela haja uma proposta concreta. Caso contrário, passaremos a debater a proposta de greve por tempo indeterminado.” A entidade afirmou que está mantido o plano de participar da mobilização prevista para a próxima terça-feira, dia 18. Outras categorias do funcionalismo engrossam a pressão sobre o governo, que, em ano eleitoral, decidiu conceder aumento apenas para servidores das carreiras de segurança pública, excluindo as demais. A reserva é de R$ 1,7 bilhão.

Valor FMI alerta para risco em maior correlação entre criptomoeda e ações. As criptomoedas estão perdendo sua capacidade de servir como portos seguros do mercado para diversificação de risco. Isso porque o desempenho das moedas digitais está cada vez mais correlacionado com o do mercado de ações, afirmou o Fundo Monetário Internacional (FMI), em publicação no seu blog ontem. “Antes da pandemia, ativos como Bitcoin e Ether apresentavam pouca correlação com os principais índices de ações. Eles foram pensados para ajudar a diversificar o risco e atuar como uma proteção contra oscilações em outras classes de ativos. Mas isso mudou após as extraordinárias respostas à crise do banco central no início de 2020”, diz a publicação.

O Globo Avanço da Ômicron afasta trabalhadores de canteiros de obras, plataformas de petróleo e agências bancárias. O avanço da variante Ômicron do novo coronavírus e da influenza começa a afetar setores econômicos intensivos em mão de obra, como a construção civil e o setor bancário. Em alguns canteiros de obras já registram afastamento de até 30% dos funcionários pelas doenças, de acordo com balanço preliminar feito pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC). Nas estimativas do presidente da CBIC, José Carlos Martins, as empresas do setor devem contabilizar cerca de 15% dos trabalhadores contaminados. Apesar do alto número, ele destaca que ainda não há efeitos significativos para o setor. Entre os petroleiros, o avanço dos casos de Covid-19 saltou de sete para 15 confirmados nas plataformas em operação na costa, entre 29 de dezembro e 5 de janeiro.

Estadão Nível de água dos reservatórios melhora, mas ainda não alivia conta de luz. As chuvas registradas em diversas regiões desde meados de outubro já refletem no nível de armazenamento dos principais reservatórios do País, mas ainda é cedo para assumir uma postura de “tranquilidade” para o setor elétrico, dizem especialistas ouvidos pelo Estadão/Broadcast. Já para os consumidores, a melhora não deve ser perceptível nos próximos meses, pois não resultará em um alívio imediato nas contas de luz. A previsão é que as tarifas vão continuar pesando no bolso dos brasileiros. As chuvas registradas em diversas regiões desde meados de outubro já refletem no nível de armazenamento dos principais reservatórios do País, mas ainda é cedo para assumir uma postura de “tranquilidade” para o setor elétrico, dizem especialistas ouvidos pelo Estadão/Broadcast. Já para os consumidores, a melhora não deve ser perceptível nos próximos meses, pois não resultará em um alívio imediato nas contas de luz. A previsão é que as tarifas vão continuar pesando no bolso dos brasileiros.

Estadão Elaboração de plano econômico de Lula é disputada no PT por quatro núcleos. Quatro grupos buscam protagonismo na montagem do programa econômico do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para a campanha ao Palácio do Planalto. Participam dos debates a Fundação Perseu Abramo, centro de estudos do PT dirigido pelo ex-ministro Aloizio Mercadante; o Instituto Lula, comandado pelo ex-presidente do Ipea Marcio Pochmann; a ala sindical, liderada por ex-diretor do Dieese Clemente Ganz Lucio; e o grupo de parlamentares que vêm apresentando projetos econômicos no Congresso com a consultoria de ex-gestores, entre os quais o ex-ministro da Fazenda Nelson Barbosa. O fim do teto de gastos une todos os grupos. A regra criada no governo Temer para limitar o crescimento das despesas à variação da inflação tem sido citada por Barbosa e por outros economistas como uma camisa de força, algo “inexequível”. Há, porém, discordâncias sobre a melhor forma para o desenlace.



AGENDA BRASIL
05h00 – IPC (1ª quadrissemana/jan): +0,57% (est.: +0,60%) – FIPE
14h30 – Fluxo cambial semanal (07/jan) – BCB

 


E os Mercados Hoje?

Mercados globais estão esboçando uma sessão de recuperação nesta quarta-feira, dando sequência ao movimento iniciado ontem após a fala do presidente do Fed, Jerome Powell, frente ao Senado americano. No Brasil, em manhã que traz poucas novidades, o mercado deverá seguir beneficiado pelo bom humor externo e a alta das commodities. Ao longo do dia, ativos locais também devem reagir à agenda carregada nos Estados Unidos.  


Sobre o fechamento do último pregão:

Ibovespa: 103.778 (+1,80%)
BRL/USD:  5,57 (+1,67%)
DI Jan/27: 11,44 (+5,5 bps)
S&P 500: 4.713 (+0,92%)


Disclaimer: Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores,  para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo.  Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações. Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Resolução CVM nº 20, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.

Relacionados

Rio Bravo: Olhar Atento | Mais de 40 categorias de servidores públicos aderiram à manifestação

Nesta terça-feira, 18, mais de 40 categorias de servidores públicos aderiram à manifestação pelo reajuste de seus salários. O pedido é [...]

Rio Bravo - 18/01/2022

Guide Empresas: Petrobras atinge recorde de produção em 2021; DIRR acerta compra de ativos da CYRE; e mais!

Petrobras (PETR3;PETR4): Petrobras atinge recorde de produção no pré-sal em 2021Impacto: PositivoDirecional e MRV (DIRR3;MRVE3): Direcional acerta compra de fatia em [...]

Rodrigo Crespi - 18/01/2022

Guide Mercados Hoje: Paralisação dos servidores em Brasília deve amplificar piora de sentimento na volta do feriado em NY

No Mercados Hoje falamos sobre a abertura do mercado e listamos os principais acontecimentos do noticiário e da agenda econômica no [...]

Victor Beyruti Guglielmi - 18/01/2022
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções