Cotações por TradingView

Guide Mercados Hoje: Mercado reage à fala de Powell no senado e ao IPCA de Dezembro na agenda local

Tempo de leitura: 9 minutos

No Mercados Hoje falamos sobre a abertura do mercado e listamos os principais acontecimentos do noticiário e da agenda econômica no dia.

Confira o relatório de 11 de Janeiro de 2022!

Mercados Globais:

Ativos de risco estão abrindo esta terça-feira sem direções claras, com bolsas europeias em queda e índices futuros de NY em alta após uma nova sessão predominantemente negativa para os índices asiáticos. No pano de fundo, o dólar tem manhã mais fraca contra seus principais pares enquanto os yields americanos cedem. Dentre os principais pontos de atenção para o mercado estão a fala de Jerome Powell frente ao Senado americano (hoje, às 12h), antes da divulgação de mais um dado chave de inflação ao consumidor (CPI) nesta quarta-feira, e a pandemia, que se encontra em diferentes estágios ao redor do mundo. 

Com relação à fala de Powell, o presidente do Federal Reserve deverá confirmar a intenção do banco central americano de agir mais cedo e mais rápido para combater as pressões inflacionárias que assolam o país. Seguindo a adoção de um tom mais duro e incisivo na semana passada, o mercado já passa a precificar a primeira alta do juro básico americano (Fed Funds Rate) em março, além de mais duas ou três altas adicionais ao longo deste ano. 

Sobre a pandemia, apesar do alto número de infecções, que tem o potencial de sustentar a escassez de mão de obra em alguns setores, a tendência tem sido de uma forte queda dos casos após 4 a 6 semanas do surto. Além disso, a baixa letalidade da variante Ômicron diminui riscos de sobrecarregamento de sistemas de saúde, reduzindo também a necessidade de medidas mais agressivas de contenção. Na ponta negativa, destacamos a situação da China, onde a política de tolerância zero com casos de covid-19 pode gerar problemas para a economia frente a uma cepa tão transmissível.  

À noite, o investidor também recebe os dados de inflação ao consumidor (CPI) e ao produtor (PPI) de dezembro na China, às 22h30.   


>
Nikkei 225: CSI 300: Stoxx 600: S&P Futuro: DXY: Juro T10: N/A (feriado) Petróleo:
-0,90%;
28.222
-0,96%;
4.798
-0,43%;
484,14
+0,43%;
4.689
-0,07%;
95,94
-2,7 BPS;
1,75% a.a.
+1,32%;
US$ 81,95/barril


AGENDA INTERNACIONAL

08h00 – EUA – Confiança do pequeno empresário (dez) – NFIB 
11h00 – EUA – Discurso de L. Mester – Fed (Cleveland) 
11h30 – EUA – Discurso E. George – Fed (Kansas) 
12h00 – EUA – Discurso de Powell frente ao Senado americano – Fed 
15h00 – EUA – Leilão de títulos (3 anos) – Tesouro 
18h00 – EUA – Discurso James Bullard – Fed (St. Louis) 
22h30 – China – CPI e PPI (dez) – NBS 


HEADLINES

Valor Sinais do Fed levam incerteza aos emergentes, diz FMI. A mudança no sentimento do mercado em relação à inflação nos Estados Unidos e a reação sinalizada pelo Federal Reserve (Fed) no combate às pressões inflacionárias tornam ainda mais incertas as perspectivas para os mercados emergentes. O apontamento foi feito pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) em artigo publicado ontem, no qual indica que os formuladores de políticas de países emergentes “podem precisar reagir puxando várias alavancas, a depender das ações do Fed e de seus próprios desafios internos”.

Valor Em 2022, cinco empresas já desistiram de fazer IPO.  O ano de 2022 está apenas no 11º dia, mas cinco empresas já constam na lista da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) de desistências de seus processos de oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês). Vale lembrar que o Ibovespa está em trajetória de queda desde o fim do ano passado em meio a preocupações com o ambiente eleitoral e fiscal, além de questões internacionais como a crise da construtora chinesa Evergrande e as perspectivas de retirada dos estímulos monetários nos Estados Unidos. Desde a sua máxima, atingida no dia 7 de junho, quando bateu 130.776 pontos, o principal índice da bolsa brasileira já caiu 22,05%. Na sexta-feira, a Vero Internet também informou sua desistência do pedido de registro de IPO. A justificativa foi a mesma na época: “alterações das condições dos mercados de capitais brasileiro e internacional”.

O Globo Explosão de Covid e influenza cancela voos, frustra turismo e afeta do comércio à indústria. O avanço da variante Ômicron e o aumento de casos de influenza já afetam a operação da aviação, do varejo, dos serviços e da indústria. O afastamento dos trabalhadores para evitar a disseminação do contágio afetou escalas de voo, chão de fábrica e atendimento nas lojas. Isso levou a uma onda de cancelamento de viagens, pagamento de horas extras para suprir a demanda diante da escassez de funcionários, remanejamento de profissionais e volta ao home office nos escritórios.

O Globo Após disparada do IGP-M, FGV lança Índice de Variação de Aluguéis Residenciais (IVAR), novo indicador para locação de imóveis. Após uma série de impasses enfrentados durante a pandemia por inquilinos e proprietários de imóveis residenciais por conta da disparada do IGP-M (indexador mais usado em contratos de aluguel), o Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV) lançou nesta terça-feira um novo índice para a locação de imóveis. O Índice de Variação de Aluguéis Residenciais (IVAR) é voltado especificamente para o mercado imobiliário e mede a evolução mensal dos valores de aluguéis residenciais no país.

Estadão ‘O resultado fiscal de 2021 superou as previsões mais otimistas’, diz Mansueto Almeida. Nesta entrevista ao Estadão, Mansueto Almeida, ex-secretário do Tesouro Nacional e hoje economista-chefe do banco BTG Pactual, traça um quadro detalhado da situação fiscal do País e diz que o resultado das contas governamentais em 2021 superou, de longe, as previsões catastrofistas feitas pela maioria absoluta de seus pares. “A gente terminou 2021 com números muito melhores do que os esperados por qualquer economista, inclusive os mais otimistas, não um ano atrás, mas seis meses atrás”, afirma.

Folha Bolsonaro defende derrubar próprio veto por MEIs, e governo pode prorrogar regularização de dívidas. O presidente Jair Bolsonaro (PL) demonstrou nesta segunda-feira (10) ser favorável à derrubada do próprio veto ao projeto que permitiria a repactuação de débitos tributários para MEIs (microempreendedores individuais) e empresas do Simples Nacional. Depois, ele disse ainda que o governo deve editar uma portaria para atender 75% dos pequenos e microempresários que eram contemplados no projeto de lei vetado por ele na semana passada. O presidente não deu detalhes do conteúdo da portaria. Nos bastidores, técnicos do Planalto e da Economia afirmam desconhecer ato administrativo sobre o tema que já tenha sido concluído e esteja pronto para publicação.

Folha É preciso trocar teto por nova âncora aceita na Faria Lima e nas ruas, diz Nelson Barbosa do PT. O PT quer remover a atual regra do teto de gastos, que impede o crescimento real das despesas federais, mas entende que o mercado não pode ficar sem uma âncora fiscal para calcular suas expectativas. O ex-ministro da Fazenda Nelson Barbosa, indicado pela presidência da Fundação Perseu Abramo (do PT) para falar sobre o assunto representando o pré-candidato a presidente Luiz Inácio Lula da Silva (embora ressalte não falar por Lula), diz à Folha que a regra atual traz prejuízos ao país e que é preciso uma meta de gastos mais flexível e transparente.



AGENDA BRASIL
09h00 – IPCA (dez) – IBGE 
09h00 – Prognóstico de safra (3º prognóstico/2022) – IBGE 
11h30 – Leilão de títulos (NTN-B) – Tesouro 


E os Mercados Hoje?

No exterior, ativos de risco operam sem direção única frente à expectativa com a fala de Powell frente ao Senado – que deve confirmar a postura mais dura do Fed no combate à inflação – e à avaliação da situação sanitária global. No Brasil, o investidor também deve reagir a Powell, mas antes recebe a última leitura mensal do IPCA em 2021, que deve desacelerar com relação a novembro (est.: +0,7% m/m) de forma que o principal índice de preços ao consumidor do país encerre o ano com alta bem próxima de 10,0%. Enquanto isso, as incertezas políticas se mantêm em Brasília, onde o governo enfrenta pressões por reajustes de servidores e o presidente prometeu um fim à novela do Refis, sem comentar a eventual necessidade de uma contrapartida fiscal para a renúncia fiscal que pode atingir os R$ 50 bilhões. 


Sobre o fechamento do último pregão:

Ibovespa: 101.781 (-0,91%)
BRL/USD:  5,69 (+0,76%)
DI Jan/27: 11,37 (+5,5 bps)
S&P 500: 4.670 (-0,14%)


Disclaimer: Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores,  para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo.  Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações. Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Resolução CVM nº 20, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.

Relacionados

Rio Bravo: Olhar Atento | Mais de 40 categorias de servidores públicos aderiram à manifestação

Nesta terça-feira, 18, mais de 40 categorias de servidores públicos aderiram à manifestação pelo reajuste de seus salários. O pedido é [...]

Rio Bravo - 18/01/2022

Guide Empresas: Petrobras atinge recorde de produção em 2021; DIRR acerta compra de ativos da CYRE; e mais!

Petrobras (PETR3;PETR4): Petrobras atinge recorde de produção no pré-sal em 2021Impacto: PositivoDirecional e MRV (DIRR3;MRVE3): Direcional acerta compra de fatia em [...]

Rodrigo Crespi - 18/01/2022

Guide Mercados Hoje: Paralisação dos servidores em Brasília deve amplificar piora de sentimento na volta do feriado em NY

No Mercados Hoje falamos sobre a abertura do mercado e listamos os principais acontecimentos do noticiário e da agenda econômica no [...]

Victor Beyruti Guglielmi - 18/01/2022
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções