CabeçalhoConteúdoNewsletterRodapé

Cotações por TradingView

Guide Mercados Hoje: Mercado amanhece no aguardo de dado chave de inflação nos EUA

10 de junho de 2022
Tempo de leitura: 6 min
Compartilhar
Mercados Hoje - toalha vermelha com prato de torradas, xícara e jornal com gráfico indicando crescimento
Tempo de leitura: 6 min

No Mercados Hoje falamos sobre a abertura do mercado e listamos os principais acontecimentos do noticiário e da agenda econômica no dia.

Confira o relatório de 10 de Junho de 2022!

Mercados Globais:

Bolsas europeias estendem perdas nesta sexta-feira depois que a decisão do Banco Central Europeu no dia de ontem mostrou postura mais hawkish. O comunicado da decisão previu o final do programa de compra de títulos para começo de julho e sinalizou para início da alta dos juros na próxima reunião com ajuste de 25 bps além de existir a possibilidade de um aperto do ritmo em setembro para 50 bps, conforme alguns membros apoiam.

Nos EUA, o foco total vai para a divulgação do CPI, índice de inflação ao consumidor, que ajudará a balizar as expectativas para o FOMC na semana que vem. O mercado espera uma alta de 0,7% na variação mensal (8,3% no acumulado de 12 meses).

Na sessão anterior, as bolsas americanas fecharam com quedas fortes, refletindo o ambiente de cautela antes da divulgação do índice, bem como às notícias mais amargas vindas da China, que reinstaurou lockdowns em determinados bairros de Xangai. Nessa fronte, as novidades seguem negativas hoje, visto que o governo anunciou testagens em massa para a cidade no final de semana. Ainda na segunda maior economia do mundo, o índice de inflação ao consumidor veio levemente acima do esperado na margem.


Nikkei 225: CSI 300: Stoxx 600: S&P Futuro: DXY: Juro T10: Petróleo (Brent Crude – ICE):
-1,49%
27.824
+1,52%
4.238
1,47%
428,02
-0,19%
4.010
+0,31%
103,51
-1,0 BPS
3,03% a.a.
+0,74%
US$ 123,97/barril


AGENDA INTERNACIONAL
09h30 – EUA – CPI (mai) – BLS
11h00 – EUA – Confiança do consumidor (jun/prévia) – Univ. de Michigan


MANCHETES

EstadãoCompensação da União a Estados por ICMS pode esbarrar em lei eleitoral. Os planos do governo de compensar os Estados para conseguir baixar os impostos sobre os combustíveis podem esbarrar na lei eleitoral. A redução de tributos em si não é uma prática proibida pela legislação, mas há vedação à transferência voluntária de recursos da União para os Estados nos três meses que antecedem o pleito. Para especialistas no tema, o repasse “massivo” de recursos às vésperas da eleição poderia ser interpretado como uma medida “casuística” para favorecer um candidato, no caso o atual presidente da República. Há quem pondere, contudo, que é preciso avaliar como as benesses relacionadas aos combustíveis serão usadas por Bolsonaro na campanha para avaliar se há abuso do poder político.

EstadãoBiden defende democracia e Amazônia em encontro com Bolsonaro. O encontro do presidente Jair Bolsonaro com Joe Biden nesta quinta-feira, 9, o primeiro entre os dois líderes, teve a pauta ambiental e a democracia no Brasil como temas centrais. Os dois assuntos são caros para os americanos. Biden defendeu as instituições do País e elogiou o Brasil pela tentativa de proteger a Amazônia. Bolsonaro, por sua vez, manteve a retórica e afirmou que, por vezes, sente a soberania brasileira ameaçada quando o assunto é a floresta. O brasileiro disse, ainda, que chegou ao poder pela democracia e sairá, também, pela via democrática e voltou a falar em “voto auditável”.

FolhaA Eletrobras fixou em R$ 42 o preço em uma oferta que resultou na privatização da companhia, movimentando R$ 29,29 bilhões. A demanda foi forte com a participação de investidores que incluíram fundos de pensão, investidores estatais, fundos de hedge e investidores de varejo. Essa será a maior oferta de ações em 12 anos no Brasil, desde a capitalização da Petrobras em 2010, caso os números se confirmem. A participação do governo na elétrica deve cair de 72% a cerca de 45%.



AGENDA BRASIL
08h00 – IGP-M (1ª prévia) – FGV
09h00 – PMC: Vendas no varejo (abr) – IBGE
10h00 – Índice de Confiança do Empresário Industrial (mai) – CNI


E os Mercados Hoje?

Mercados iniciam o dia com cautela antes da divulgação do CPI. Dados mais fortes podem piorar o sentimento para a reunião do FOMC na semana que vem. Por aqui, a inflação ao consumidor veio menor que o esperado, com alta acumulada de 11,73% nos últimos 12 meses (0,47% contra esperado de 0,60%). Preço da Eletrobras foi fixado em R$ 42 durante sua oferta nesta quinta-feira e movimentou mais de R$ 30 bilhões. Fluxo pode favorecer o câmbio. Humor de hoje deve ser ditado pelo número do CPI nos EUA, e em menor magnitude pelos dados de varejo por aqui.


Sobre o fechamento do último pregão:

Ibovespa: 107.093 (-1,18%)
BRL/USD: : 4,91 (+0,52%)
DI Jan/27: 12,48 (-12,0 bps)
S&P 500: 4.017 (-2,38%)


Disclaimer: Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores,  para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo.  Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações. Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Resolução CVM nº 20, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.

Compartilhar artigo

Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.

Graduado em Administração de Empresas e Economia pelo Insper. Integra a equipe econômica da Guide há mais de 1 ano. Atualmente atua como economista no segmento de varejo, sendo responsável pela confecção de relatórios e de comitês mensais com intuito de embasar recomendações de alocação de recursos no cenário político-econômico.

Veja também