Guide Mercados Hoje: Receio com crescimento global e 7 de setembro conturbado dão o tom para a volta do feriado

Tempo de leitura: 9 minutos

No Mercados Hoje falamos sobre a abertura do mercado e listamos os principais acontecimentos do noticiário e da agenda econômica no dia.

Confira o relatório de 08 de setembro de 2021!

Mercados Globais:

BolsasBolsas internacionais estão ensaiando mais uma sessão de realização de lucros, com investidores ponderando os níveis de preço praticados nos mercados (valuations) – que seguem próximos das máximas históricas – contra os recentes sinais de desaceleração no ritmo de recuperação da economia global. Após uma sessão mista na Ásia, bolsas europeias estão operando no vermelho enquanto futuros de NY oscilam em torno da estabilidade, em manhã que também conta com dólar forte (DXY) e fechamento das taxas de juros nas economias desenvolvidas. No noticiário, que têm manhã morna, o destaque fica para o fato de que a Evergrande (conglomerado chinês ligado ao setor imobiliário) passou a comunicar a bancos do país que não irá pagar os juros como programados, confirmando o estado de default para a companhia (os bonds já estão sendo negociados na faixa de 30 cents para o dólar), o que deve manter o mercado em alerta para possíveis novas contaminações do setor imobiliário – e, possivelmente, bancário – no país. Por fim, na fronte das commodities, ativos de manhã de recuperações modestas, com destaque para o petróleo, que sobe reagindo ainda aos impactos do furacão Ida à produção local.


Nikkei 225: CSI 300: Stoxx 600: S&P Futuro: DXY: Juro T10: Petróleo:
+0,89%
30.181
-0,41%
4.972
-0,51%
470,46
+0,03%
4.522

+0,17%
92,68

1,35% a.a.
(-2,0 bps)
+0,93%
US$ 72,61/barril

AGENDA INTERNACIONAL
11h00 – EUA – Relatório de Criação de Emprego JOLTS (jul) – BLS
14h00 – EUA – Leilão de Títulos (10 anos) – Tesouro
15h00 – EUA – Livro Bege – Fed
22h30 – China – CPI e PPI (ago) – NBS


HEADLINES

 VALOR Em SP, Bolsonaro ataca Moraes e ameaça: “Ou se enquadra ou pede para sair”. O presidente Jair Bolsonaro subiu o tom contra o ministro Alexandre de Moraes em discurso na avenida Paulista nesta tarde. “Qualquer decisão ado Alexandre de Moraes, esse presidente não mais cumprirá”, disse Bolsonaro. Ao fim de sua fala, afirmou que “nunca será preso” e que só sairá de Brasília “preso, morto ou com a vitória”. Segundo Bolsonaro, Moraes deve se “enquadrar” ou “pedir para sair”. Disse ainda que não pode permitir que um homem apenas “turbe” a democracia e a liberdade. “Acabou o tempo dele, deixa de ser canalha, deixa de oprimir o povo brasileiro!”, disse Bolsonaro. 

VALOR Inflação brasileira destoa da de latino-americanos e outros emergentes. Numa tentativa de relativizar a alta dos preços no Brasil, o ministro da Economia, Paulo Guedes, declarou recentemente que “a inflação está subindo no mundo inteiro” e que uma taxa de 7% ou 8% deixa o país “dentro do jogo”. Mas o quadro é pior do que o apresentado por Guedes. A inflação brasileira segue bem mais pressionada do que a de seus pares por diferentes bases de comparação. Considerando dados de 48 países, a inflação ao produtor — isto é, preços cobrados no atacado durante o processo produtivo, não ao consumidor final — em 12 meses até julho no Brasil (43,9%) só perde para Argentina (66%), Cazaquistão (46,4%) e Turquia (44,9%), aponta levantamento da CEIC para a Armor Capital.  

GLOBO Fux vai rebater ameaça de Bolsonaro de descumprir decisão do STF, na sessão de quarta-feira. Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) receberam com indignação as ameças do presidente Jair Bolsonaro disparadas contra a Corte durante os atos de 7 de setembro. A réplica, porém, ficou para esta quarta-feira. No início da sessão, o presidente do tribunal, ministro Luiz Fux, fará um pronunciamento para rebater os mais novos ataques do chefe do Executivo. O GLOBO apurou que o magistrado rebaterá o aviso dado por Bolsonaro de que não cumprirá qualquer determinação proferida pelo ministro Alexandre de Moraes, principal alvo dos discursos do presidente da República e relator de inquéritos que o investigam no STF.

GLOBO – Manifestações geram ruídos que tornam mais difícil atrair investimentos, diz economista do Goldman Sachs. As manifestações de cunho antidemocrático patrocinadas pelo presidente Jair Bolsonaro, a despeito da retórica conhecida, geram ruídos que dificultam a atração de investidores estrangeiros que já estão afastados do país, avalia Alberto Ramos, economista-chefe para América Latina do Goldman Sachs. Segundo Ramos, embora o mercado internacional confie na solidez das instituições democráticas brasileiras, a aposta do governo na fricção política retira o foco de reformas fiscais — com as quais, sob Bolsonaro, os investidores não contam mais, disse ele. 

ESTADÃO – ‘Ou ele (Moraes) se enquadra ou pede para sair’, ameaça Bolsonaro em discurso golpista. Em discurso de 18 minutos na Avenida Paulista, na tarde desta terça, 7 de Setembro, o presidente Jair Bolsonaro voltou a atacar o Poder Judiciário, como já havia feito pela manhã em Brasília, e a criticar prefeitos e governadores pela condução durante a pandemia de covid-19. Aos milhares de apoiadores que lotaram a via, no entanto, o recado foi eleitoral e com um tom, mais uma vez, golpista. O presidente chamou o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, de “canalha”, pediu para ele “sair” e disse que, a partir de agora, não vai obedecer nenhuma decisão que parta dele. Diante da resposta positiva dos apoiadores, ainda declarou que só deixa o cargo morto e que nunca será preso.  

ESTADÃO Com crises política e hídrica, taxa de investimento deve manter ritmo fraco. Os investimentos, há muito tempo em nível insuficiente para garantir um crescimento sustentado da economia, devem manter um quadro de estagnação, ou de alta muito lenta, até pelo menos o próximo ano, segundo especialistas. O quadro, que já não é dos mais positivos, deve ser agravado pela crise político-institucional e também pela crise hídrica. No 2.º trimestre, segundo dados do Produto Interno Bruto (PIB) anunciados na semana passada pelo IBGE, os investimentos caíram 3,6% em relação ao 1.º trimestre. Com isso, a taxa de investimentos (o total de aportes como proporção do PIB) ficou em 18,2%, bem inferior aos 32,9% médios registrados nos países emergentes e também abaixo da média de 22% das economias desenvolvidas, conforme o Fundo Monetário Internacional (FMI). 

FOLHA – Bolsonaro ameaça o STF de golpe, exorta a desobediência à Justiça e diz que só sai morto. Em discursos diante de milhares de apoiadores nesta terça-feira (7) em Brasília e São Paulo, o presidente Jair Bolsonaro fez ameaças golpistas contra o STF (Supremo Tribunal Federal), exortou desobediência a decisões da Justiça e disse que só sairá morto da Presidência da República. Pela manhã, na Esplanada dos Ministérios, Bolsonaro fez uma ameaça direta ao presidente do Supremo, ministro Luiz Fux. “Ou o chefe desse Poder [Fux] enquadra o seu [ministro] ou esse Poder pode sofrer aquilo que nós não queremos”, disse, referindo-se às recentes decisões de Moraes contra bolsonaristas. 

FOLHA – Atos pró-Bolsonaro não impactam mercado, que volta a falar em terceira via. As manifestações de raiz golpista neste 7 de Setembro em apoio ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o risco de aumento da radicalização política no Brasil fizeram a possibilidade de uma terceira via para as eleições de 2022 voltar às conversas de gestores do mercado financeiro. Agentes do mercado avaliam que uma alternativa pode dar um novo ânimo para os preços dos ativos financeiros. “Qual a relevância dessas manifestações? Elas vão mudar o posicionamento da Câmara de maneira super positiva para Bolsonaro? Tenho um pouco de dúvida”, afirma Guilherme Motta, gestor de ações da Gap Asset. 


AGENDA BRASIL
08h00 – IGP-DI (ago): -0,14% m/m (est.: -0,2% m/m) – FGV Ibre
10h00 – Produção total de veículos (ago) – Anfavea

E OS MERCADOS HOJE?
Mercados globais estão dando sequência ao movimento de realização iniciado nesta 3ªfeira, com investidores avaliando os níveis de preço atuais em meio a sinais de desaceleração do ritmo de recuperação econômica nas principais economias do mundo. No Brasil, a volta do feriado de Independência deve contar com a manutenção de tensões elevadas entre os poderes, após o presidente elevar o tom das suas críticas contra a cúpula do STF e as autoridades eleitorais brasileiras. Tendo isso em vista, esperamos uma abertura de viés negativo para ativos de risco locais, que não poderão contar nem com o bom humor externo para amenizar o receio com a situação de diversas incertezas que vive o país.


Sobre o fechamento do último pregão:

08h00 – IGP-DI (ago): -0,14% m/m (est.: -0,2% m/m) – FGV Ibre
10h00 – Produção total de veículos (ago) – Anfavea

*Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg.


Disclaimer: Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores,  para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo.  Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações. Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Resolução CVM nº 20, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.

Relacionados

Apito Final | Teto de gastos perde credibilidade com artimanhas do governo para pagar auxílios

Internacional • Queda no petróleo e indicadores positivos nos EUA fazem S&P fechar em alta. Brasil Com novo Bolsa-Família expandido e auxílio diesel, rombo [...]

Rafael Gabriel Pacheco - 21/10/2021

Rio Bravo: Olhar Atento | "Furar" teto de gastos

A confirmação de que a opção de furar o teto de gastos está sendo defendida também pelo Ministério da Economia, mostra [...]

Rio Bravo - 21/10/2021

Guide Empresas: Gafisa reporta lançamentos pela primeira vez no ano; CCR Assina Concessão de nove aeroportos na Região Sul; e mais!

Gafisa (GFSA3): Gafisa reporta lançamentos pela primeira vez no anoImpacto: PositivoCCR (CCRO3): CCR Assina Concessão de nove aeroportos na Região SulImpacto: [...]

Luis Gustavo Pereira - 21/10/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções