Cotações por TradingView

Guide Mercados Hoje: Payroll calibra expectativas com último FOMC do ano

Tempo de leitura: 13 minutos

No Mercados Hoje falamos sobre a abertura do mercado e listamos os principais acontecimentos do noticiário e da agenda econômica no dia.

Confira o relatório de 03 de Dezembro de 2021!

Mercados Globais:

Ativos de risco estão iniciando a última sessão desta semana em tom ligeiramente negativo, com bolsas europeias e índices futuros de Nova Iorque registrando baixas modestas, dólar índices (DXY) estável e yields americanos registrando leve fechamento nos vértices mais longos.

Após uma sessão de forte recuperação nesta quinta-feira, investidores deverão seguir no aguardo por mais informações sobre a variante Ômicron – a OMS declarou que novos avanços devem ser alcançados nos próximos dias nesta fronte –, assim como o relatório oficial de emprego nos EUA, que pode ajudar investidores a calibrar expectativas com os próximos passos do Federal Reserve – ontem, diversos membros da instituição reforçaram a visão de Powell de que já estaria na hora de discutir uma retirada mais rápida dos estímulos na maior economia do mundo. As expectativas para a criação líquida de vagas em novembro estão em torno de 525 mil, resultado que, se for confirmado, deve reforçar apostas do mercado em um aumento no ritmo do tapering este mês.  

Como destaque no noticiário, o governo americano conseguiu aprovar um orçamento provisório evitando o fechamento parcial da máquina pública americana a partir deste fim de semana. O novo texto garante o financiamento do governo até dia 18 de fevereiro do ano que vem, o que compra tempo hábil para que a administração Biden consiga aprovar o seu pacote econômico trilionário no Congresso e avance nas negociações em torno do atual embate sobre o teto da dívida. Como o mercado já aguardava esse desfecho, apesar da demora até os “45’ do 2º tempo” para acontecer, o evento não faz preço essa manhã.


Nikkei 225: CSI 300: Stoxx 600: S&P Futuro: DXY: Juro T10: N/A (feriado) Petróleo:
+1,00%;
28.029
+0,92%;
4.901/td>
-0,14%;
464,80
-0,23%;
4.565

-0,03%;
96,16/p>

1,43% a.a.
-1,5 BPS;
+2,55%;
US$ 71,43/barril


AGENDA INTERNACIONAL
06h00 – Z. do euro – PMI Composto (nov): 55,4 (est.: 52,8) – IHS Markit
07h00 – Z. do euro – Vendas no varejo (out): +0,2% m/m (est.: +0,3% m/m) – Eurostat
10h30 – EUA – Relatório de emprego (nov) – BLS
11h45 – EUA – PMI Composto (nov) – IHS Markit
12h00 – EUA – PMI serviços (nov) – ISM
12h00 – EUA – Encomendas à indústria (out) – C. Bureau

HEADLINES

VALOR Senado aprova PEC dos Precatórios, mas promulgação parcial é incerta. O Senado aprovou ontem em dois turnos a PEC dos Precatórios, mas a vitória do governo foi obtida depois de dezenas de modificações, o que obrigará o retorno do texto à Câmara dos Deputados. Agora há uma incerteza sobre o possível desmembramento da PEC e o momento em que ocorrerá a promulgação dos trechos mais importantes da proposta de emenda constitucional. Os presidentes do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), e da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), devem voltar a conversar hoje para discutir o tratamento que o texto receberá daqui em diante. No primeiro turno da votação no Senado, o placar foi de 64 votos a 13, enquanto que, no segundo, o governo alcançou 61 votos contra 10. O mínimo necessário era de 49 apoiamentos. Ontem, os presidentes da Câmara e do Senado tiveram um encontro rápido, mas não conseguiram chegar a um consenso sobre o impasse em relação ao fatiamento da proposta. Lira teria se incomodado com o volume de mudanças feitas no projeto, que passou por alterações até a hora da votação no plenário, e com a pressão para que a Câmara consentisse com todas elas imediatamente. 

VALOR Investimento perde força e deve cair em 2022.Com ajuda da construção civil, mas queda da importação de máquinas e equipamentos, o investimento conseguiu apenas se segurar com leve recuo de 0,1% no terceiro trimestre em relação aos três meses anteriores, segundo informou ontem o IBGE. No fechado do ano, a formação bruta de capital fixo (FBCF), como é conhecido o indicador dentro do Produto Interno Bruto (PIB), deve crescer acima dos dois dígitos, ainda por causa da base fraca de comparação com 2020. Mas a perspectiva para 2022, com eleições e aumento de juros, é incerta e alguns analistas não descartam retração ao redor de 2% a a 3% dos investimentos. Surpresa no PIB como um todo, os investimentos em construção registraram acomodação em setembro e interromperam uma sequência de três altas, para uma queda de 1,8% ante agosto, segundo cálculos do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Ainda assim, os ganhos de julho e agosto garantiram avanço de 5,9% do dado no terceiro trimestre ante os três meses anteriores, feitos os ajustes. O Ipea produz um indicador mensal de investimentos e, após a divulgação de cada PIB, ajusta a pesquisa, com abertura por setores. 

FOLHA Senado aprova Auxílio Brasil e retoma brecha para fila de espera. Por articulação do governo, o Senado alterou a proposta que cria o Auxílio Brasil e retomou a brecha para que haja fila de espera no programa social. O Auxílio Brasil foi elaborado pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) para substituir o Bolsa Família –marca ligada a gestões petistas. Por votação simbólica, o plenário da Casa fez alterações na versão já aprovada pela Câmara e derrubou um mecanismo que tinha potencial de ampliar o número de famílias atendidas pelo programa. O texto aprovado pelos deputados iria pressionar a verba do Auxílio Brasil já em 2022. Com a conclusão da votação no Senado, a proposta que cria o Auxílio Brasil agora segue para sanção. Houve apoio inclusive de partidos de oposição, como o PT. Por ter criado o Auxílio Brasil por meio de uma MP (medida provisória), o ato de Bolsonaro teve efeito imediato. No entanto, o projeto precisava do aval das duas Casas do Congresso até 7 de dezembro para não perder a validade. A Câmara havia aprovado mudanças nas regras do programa que elevariam a cobertura da transferência de renda à população mais vulnerável, pressionando a verba do programa social para 2022. O orçamento de quase R$ 86 bilhões, que tem sido planejado para o ano que vem, poderia não ser suficiente. 

FOLHAGuedes diz que entorno de Bolsonaro barrou reforma administrativa. O ministro Paulo Guedes (Economia) afirmou nesta quinta-feira (2) que o entorno do presidente Jair Bolsonaro bloqueou o andamento da reforma administrativa, que altera regras para servidores públicos. “A [reforma] administrativa eu entreguei no Executivo e o entorno do presidente bloqueou, não deixou ela andar no início. Depois veio a Covid e embaralhou tudo”, disse em seminário virtual sobre a reforma do serviço público. A reforma estava programada originalmente para ser entregue após a conclusão da reforma da Previdência, aprovada em 2019, mas foi sendo postergada por decisão do governo até setembro de 2020 –quando ela finalmente foi enviada ao Congresso (e ainda não foi aprovada). O relator da reforma, deputado Arthur Maia (DEM-BA), afirmou no seminário que não vê empenho do governo no tema e não vê a proposta andando em 2022. Recentemente, o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), disse que não vê disposição do Executivo para aprovar a proposta. Guedes afirmou que o maior inimigo da República hoje é o descontrole dos gastos públicos e que, por isso, resolveu atacar as três principais despesas do governo –Previdência, juros da dívida e o funcionalismo. 

ESTADÃO O Senado aprovou a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos Precatórios, que abre caminho para o governo do presidente Jair Bolsonaro implantar o programa Auxílio Brasil com um benefício de R$ 400 a partir de dezembro. A proposta é estratégica para o Executivo por abrir margem para novos gastos em ano eleitoral. O texto foi alvo de críticas por adiar o pagamento de precatórios, que são dívidas reconhecidas pela Justiça, a partir do próximo ano, e por mudar a regra de cálculo do teto de gastos, a principal âncora fiscal do País. Após alterações, no entanto, o governo conseguiu os votos favoráveis no Senado, até mesmo na oposição, incluindo o PT. Foram duas votações. No primeiro turno, o placar oi de 64 a 13; no segundo, foram 61 votos a 10. A PEC abre um espaço de R$ 106,1 bilhões para novas despesas no Orçamento de 2022. Senadores temem uma “farra eleitoral” no ano que vem, quando Bolsonaro tentará a reeleição. Por isso, o Senado alterou a redação para “carimbar” a destinação dos recursos ao Auxílio Brasil e despesas com saúde, Previdência e assistência social. De acordo com especialistas, a vinculação não garante esse limite, pois as despesas podem ser manejadas no Orçamento, mas os senadores críticos à PEC acreditam que haverá um compromisso maior com programas essenciais. 

ESTADÃOCaixa eleva juro do crédito imobiliário, vitrine do governo Bolsonaro. Após segurar as taxas de juros do financiamento imobiliário pela maior parte do ano, mesmo com a decaída da economia brasileira, a Caixa Econômica Federal, enfim, subiu o sarrafo. O intervalo da taxa cobrada da linha corrigida pela Taxa Referencial (TR) – que representa a grande maioria dos empréstimos – aumentou da faixa de 7% a 8% ao ano para 8% a 8,99% ao ano. Considerando o ponto médio da taxa, a prestação de um financiamento de R$ 300 mil aumentará de R$ 2.646,81 para R$ 2.879,78. A nova taxa da linha corrigida pela TR entrou em vigor dia 23 de novembro e aparece no site da Caixa. A página não informa, no entanto, que os reajustes aconteceram, nem traz comparativos. Os dados anteriores foram coletados pela reportagem em outubro junto à assessoria de imprensa do banco. 

GLOBOBrasil está em recessão desde o início da pandemia, afirma FGV. Com o crescimento sobre uma base fraca em 2020, o Brasil caminha para continuar como o país do futuro, não o do presente. O PIB caiu 0,1% no terceiro trimestre, após queda de 0,4% no trimestre anterior. Com duas retrações seguidas, o país entra na chamada recessão técnica. No entanto, na avaliação do Comitê de Datação de Ciclos Econômicos (Codace), da Fundação Getulio Vargas (FGV), o Brasil nunca saiu da recessão iniciada com a pandemia — que, segundo os critérios do comitê, é a quinta deste século. Para Paulo Feldmann, professor de Economia da USP, a alta da inflação e dos juros dificulta o avanço do consumo e dos investimentos, que são alavancas para o crescimento. — O que mais atrapalhou foi a inflação. Para combater esse aumento dos preços, o Banco Central partiu para uma política de juros altos. Só que isso causa impactos nos investimentos e no consumo — diz Feldmann, ressaltando que esse remédio é mais adequado a uma inflação de demanda, como a que houve no governo Dilma. — Agora há uma inflação de oferta. O consumo vai diminuir, mas a inflação não vai baixar. Não existe uma definição única sobre o que é recessão. Por convenção, dois trimestres seguidos de queda no PIB são considerados “recessão técnica”. 

GLOBOPGR abriu seis apurações preliminares envolvendo Bolsonaro com base em relatório da CPI da Covid. Com base no relatório final produzido pela CPI da Covid, a Procuradoria-Geral da República (PGR) abriu um conjunto de seis novas investigações preliminares envolvendo  o presidente Jair Bolsonaro junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) e também ministros do governo e parlamentares. Os procedimentos estão sob sigilo, a pedido da PGR. No total, foram apresentadas dez petições ao STF na semana passada. Esses documentos relacionam 12 autoridades com foro privilegiado no STF — algumas delas aparecem em mais de um processo. As petições estão sob análise dos seis ministros relatores que foram sorteados para cuidar dos casos. As informações foram confirmadas por integrantes do STF. A PGR dividiu as petições com base nos supostos crimes apontados pela CPI em seu relatório final. Todos os pedidos se baseiam nas informações apuradas pela comissão parlamentar ao longo dos seis meses de trabalho, sem nenhuma prova adicional produzida até o momento. 



AGENDA BRASIL
09h00 – PIM: Produção industrial (out) – IBGE
10h00 – PMI Composto (nov) – IHS Markit

E OS MERCADOS HOJE?
Após uma sessão de forte recuperação, mercados globais estão operando em tom de maior cautela nesta sexta-feira, com investidores à espera de novas informações sobre a nova variante Ômicron, assim como a divulgação do relatório oficial de empregos nos EUA – dado que tem potencial de elevar apostas na aceleração do processo de retirada de estímulos nos EUA. No Brasil, o mercado recebe a primeira pesquisa setorial do quarto trimestre após o PIB vir ligeiramente abaixo das expectativas no último trimestre, com a divulgação da PIM de outubro prevista para às 9h. Em Brasília, o destaque ficou para a aprovação da PEC dos Precatórios em dois turnos no Senado, fato que reduziu a descomprimir os ativos locais e mandou o texto de volta para nova votação na Câmara. Desta foram, esperamos uma abertura de viés positivo para ativos locais, que terão seus desempenhos principalmente condicionados às agendas internacional (payroll) e local (PIM) na manhã desta sexta-feira.


Sobre o fechamento do último pregão:

Ibovespa: 104.027 (+3,23%)
BRL/USD: 5,66 (-0,19%)
DI Jan/27: 11,15% (-27 bps)
S&P 500: 4.577 (+1,42%)


Disclaimer: Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores,  para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo.  Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações. Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Resolução CVM nº 20, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.

Relacionados

Rio Bravo: Olhar Atento | Mais de 40 categorias de servidores públicos aderiram à manifestação

Nesta terça-feira, 18, mais de 40 categorias de servidores públicos aderiram à manifestação pelo reajuste de seus salários. O pedido é [...]

Rio Bravo - 18/01/2022

Guide Empresas: Petrobras atinge recorde de produção em 2021; DIRR acerta compra de ativos da CYRE; e mais!

Petrobras (PETR3;PETR4): Petrobras atinge recorde de produção no pré-sal em 2021Impacto: PositivoDirecional e MRV (DIRR3;MRVE3): Direcional acerta compra de fatia em [...]

Rodrigo Crespi - 18/01/2022

Guide Mercados Hoje: Paralisação dos servidores em Brasília deve amplificar piora de sentimento na volta do feriado em NY

No Mercados Hoje falamos sobre a abertura do mercado e listamos os principais acontecimentos do noticiário e da agenda econômica no [...]

Victor Beyruti Guglielmi - 18/01/2022
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções