CabeçalhoConteúdoNewsletterRodapé

Cotações por TradingView

Guide Mercados Hoje: Mais um dia inicia sem direções claras na espera da decisão monetária em países desenvolvidos

3 de maio de 2022
Tempo de leitura: 6 min
Compartilhar
Mercados Hoje - toalha vermelha com prato de torradas, xícara e jornal com gráfico indicando crescimento
Tempo de leitura: 6 min

No Mercados Hoje falamos sobre a abertura do mercado e listamos os principais acontecimentos do noticiário e da agenda econômica no dia.

Confira o relatório de 03 de Maio de 2022!

Mercados Globais:

Os mercados globais estão iniciando o dia com tom misto, na medida em que os investidores buscam oportunidades enquanto pesam os riscos do cenário atual. Além do Fed, o BC inglês também faz sua reunião de política monetária no dia seguinte do FOMC, na quinta-feira. A expectativa é que ambos sigam na direção de um aperto monetário mais rápido.

Enquanto isso, na China, apesar de os mercados permanecerem fechados pelo feriado do Dia do Trabalho, o crescimento econômico preocupa – fato que continua pesando sobre as commodities e é intensificado conforme o governo não recua com as medidas de lockdown. Finalmente, a guerra na Ucrânia, ainda que tenha ficado mais no pano de fundo nos últimos dias, ainda gera aversão devido à incerteza acerca da sua duração e extensão.


Nikkei 225: CSI 300: Stoxx 600: S&P Futuro: DXY: Juro T10: Petróleo (Brent Crude – ICE):
-0,11%
26.818 (Feriado)
+2,43%
4.016 (Feriado)
-0,02%
443,92
-0,41%
4.138
-0,16%
103,60
-2,5 BPS
2,97% a.a.
-1,40%
US$ 106,07/barril


AGENDA INTERNACIONAL
China – Feriado: Dia do trabalho
4h55 – Alemanha – Taxa de desemprego (abr) – Bundesbank
5h30 – Reino Unido – PMI Industrial (abr) – Markit
6h00 – Europa – Taxa de desemprego (mar) – Eurostat
6h00 – Europa – PPI (mar) – Eurostat
11h00 – EUA – Oferta de emprego JOLTs (mar) – BLS
11h00 – EUA – Encomendas de bens duráveis (mar) – C. Bureau
11h00 – EUA – Encomendas à indústria (mar) – C. Bureau



MANCHETES

ValorEUA crescem, mas China tem retração. A atividade econômica seguiu em expansão nos EUA, na Europa e boa parte da Ásia em abril, mas na China contraiu pelo 2º mês em razão dos “lockdowns”. Nos EUA, o índice de atividade industrial do Instituto para Gestão de Oferta apontou desaceleração em abril, sinal que os problemas nas cadeias de suprimentos e a alta dos custos continuaram a pesar sobre o setor manufatureiro. Mas outro índice, do S&P Global, apontou aceleração na atividade industrial. Na China, porém, dois índices de atividade local apontaram aceleração no ritmo de contração por causa da paralisação da produção nas fábricas e ruptura nas cadeias de suprimentos.

ValorMercado de trabalho tem longo caminho a percorrer. O mercado de trabalho superou as principais perdas enfrentadas ao longo da pandemia, com exceção do rendimento, mas tem longo caminho para retomar a boa situação vivida no início da década de 2010. A avaliação é compartilhada pelo professor emérito do Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) João Saboia e pela pesquisadora do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Maria Andréia Parente Lameiras, que foi sua aluna na universidade.

Estadão – Sem Simone Tebet, MDB pode aderir a Bolsonaro, mostra projeção do partido. Se o MDB declinar da decisão de ter uma candidatura própria ao Palácio do Planalto, a ala que defende o apoio à reeleição do presidente Jair Bolsonaro (PL) seria amplamente majoritária na convenção nacional do partido. Esta foi uma constatação feita pela direção emedebista após um levantamento recente com base nos delegados eleitos pelos diretórios estaduais, nas bancadas e nos prefeitos do partido. O resultado mostra que, embora o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) mantenha forte interlocução com caciques do MDB no Nordeste, o bolsonarismo é mais forte na correlação de forças interna.

Folha – Para bancar obras fora do teto, Economia defende usar dinheiro de privatizações. O Ministério da Economia defende retirar do alcance do teto de gastos as obras públicas bancadas com recursos obtidos com a privatização de empresas estatais ou a venda de ações em poder da União. O plano é permitir que, em eventual segundo mandato, o presidente Jair Bolsonaro (PL) amplie os investimentos, cada vez mais comprimidos devido ao crescimento das despesas obrigatórias no espaço dado pelo teto.

OGloboInflação turbina caixa do governo, que abre mão de R$ 40 bi em impostos. A inflação de dois dígitos tem sido usada pela área econômica do governo para lançar medidas que tentam, em ano eleitoral, aquecer a economia, que deve crescer abaixo de 1% este ano, de acordo com as previsões. Uma das principais apostas é a redução de tributos. Na avaliação de especialistas, porém, a renúncia fiscal bilionária deixa uma conta para o próximo governo, à medida que não há garantias de que esse volume crescente de recursos no caixa vá se manter.



AGENDA BRASIL
9h00 – PIM: Produção industrial (mar) – IBGE
Sem horário definido – Vendas de veículos (abr) – Fenabrave


E os Mercados Hoje?

Bolsas internacionais iniciam o dia em tom misto em meio a riscos e oportunidades do cenário. Por aqui, após mais uma desvalorização do real, ditada pela deterioração do ambiente macroeconômico global, o BC anunciou fará nova oferta de swaps cambiais para amenizar o movimento. Hoje o principal indicador, a Produção industrial deve subir 0,2% em março, segundo consenso, enquanto os investidores aguardam a decisão do Copom amanhã.


Sobre o fechamento do último pregão:

Ibovespa: 106.638 (-1,15%)
BRL/USD: 5,07 (+2,63%)
DI Jan/27: 12,01 (+16 bps)
S&P 500: 4.155 (+0,57%)


Disclaimer: Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores,  para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo.  Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações. Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Resolução CVM nº 20, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.

Compartilhar artigo

Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.

Graduado em Administração de Empresas e Economia pelo Insper. Integra a equipe econômica da Guide há mais de 1 ano. Atualmente atua como economista no segmento de varejo, sendo responsável pela confecção de relatórios e de comitês mensais com intuito de embasar recomendações de alocação de recursos no cenário político-econômico.

Veja também