Guide Empresas – ISA Cteep planeja investir R$1,3 bilhão no ano; Cogna e Eleva concluem acordo de compra e venda de ativos; e mais…

Tempo de leitura: 7 minutos

B3: Dotz apresenta pedido de registro de IPO na CVM
Impacto: Positivo
Cogna: Cia confirma transação de compra e venda de ativos com o Eleva

Impacto: Positivo
Ecorodovias: Empresa divulga evolução do tráfego em suas rodovias

Impacto: Positivo
ISA Cteep: Empresa pretende investir R$1,3 bilhão durante 2021

Impacto: Positivo
Setor de Companhias Aéreas: Demanda por voos cai 27,5% em janeiro

Impacto: Positivo

Confira os destaques de hoje:

B3: Dotz apresenta pedido de registro de IPO na CVM

A empresa de fidelidade Dotz apresentou pedido de registro para sua oferta pública inicial de ações na Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Sua oferta deve ser primária e secundária.

Criada no ano 2000, a Dotz tem 48 milhões de membros, segundo informações do prospecto preliminar. Deste total, 9 milhões são clientes ativos, que fizeram transações na plataforma nos últimos 12 meses.

Ao longo de 2020, a empresa teve receita líquida, após o resgate de pontos, de R$ 111 milhões, queda de 12,5% frente ao resultado de 2019. Antes do resgates, a receita foi de R$ 230 milhões em 2020, ante R$ 286 milhões um ano antes. Um dos fatores do recuo foi o impacto da pandemia do coronavírus.

Impacto: Positivo. O movimento fortalece a tese de que, após uma maior estabilização do mercado, um alto número de empresas volta a se encorajar para dar início ao processo de abertura de seu capital. Isto fortalece a receita da B3 com ofertas públicas, além de animar o mercado por diversificar a gama de ativos disponíveis ao investimento.

Cogna: Cia confirma transação de compra e venda de ativos com o Eleva

A Cogna, maior grupo de educação privada, confirmou na noite de ontem o acordo de compra e venda de ativos com o Eleva Educação, grupo carioca que tem entre seus acionistas o empresário Jorge Paulo Lemann.

A companhia adquiriu o sistema de ensino do Eleva por um total R$ 580 milhões, representando 16,6 vezes o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) de 2020 do grupo carioca. 

Em contrapartida, a Cogna irá vender à Eleva seus 51 colégios por R$ 964 milhões, o que corresponde a um múltiplo de 16,3 vezes do Ebitda do ano passado. Deste total, R$ 625 milhões serão quitados durante um período de cinco anos, e a diferença de R$ 339 milhões será convertida em debêntures conversíveis em ações da Eleva, caso o grupo carioca venha realizar sua abertura de capital (IPO), prevista para esse primeiro semestre. Sendo assim, o preço por ação irá corresponder ao valor do papel do Eneva na oferta.

Com a consolidação do IPO, a Cogna passará a ser acionista da Eleva, direta ou indiretamente. Mas vale dizer que a Cogna e suas subsidiárias não poderão compor nenhum bloco de controle acionário da Eleva e terão restrições de voto em deliberações sociais e para aumento de sua participação societária no capital social da Eleva, por prazo determinado.  Impacto: Positivo. A Cogna e a Eleva finalmente concluíram o acordo de compra e venda, que garante a troca do sistema de ensino do grupo carioca, pelos 51 colégios da líder do setor, o que deve gerar grandes sinergias a ambas. Ainda, vale dizer que a Eleva pode realizar sua oferta pública inicial de ações ao longo dos próximos meses, o que torna a diferença da transação convertida em debêntures conversível em ações.

Ecorodovias: Empresa divulga evolução do tráfego em suas rodovias

A Ecorodovias divulgou mais uma vez a evolução do tráfego em suas rodovias. O período analisado vai de 16/03/20 até 21/02/21.

Neste intervalo, as concessões apresentaram queda de -4,8% vs. o mesmo período no ano anterior, influenciados negativamente pela Ecoponte.

No acumulado do ano, a variação é positiva em +4,6%, afetada positivamente pela Eco101 e Eco050.

Impacto: Positivo. Na última semana, a queda no período foi de -5,0% e a alta no ano de +4,8%. Os números divulgados semanalmente continuam mostrando evoluções positivas atingidas pela companhia, que mostram forte recuperação.

ISA Cteep: Empresa pretende investir R$1,3 bilhão durante 2021

A ISA Cteep divulgou que pode investir R$ 1,3 bilhão no Brasil em 2021. Destes, cerca de R$ 1 bilhão será destinado para o desenvolvimento de novos projetos, segundo o presidente do grupo, Rui Chammas, permitindo o avanço de quatro a cinco projetos greenfield. O restante dos recursos vai para melhorias nos ativos de transmissão existentes. 

Os investimentos previstos para 2021 se assemelham aos de 2020. Ao todo, a ISA Cteep investiu R$ 1,3 bilhão no ano passado, aumento de 69% em relação a 2019, segundo os resultados da empresa publicados ontem.

No fim do ano passado, o grupo arrematou a concessão para um novo projeto: o lote 7 do leilão da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). O empreendimento, batizado de Riacho Grande, é composto por 63 quilômetros de linhas de transmissão e uma subestação, em São Paulo. A empresa já estuda apostas em novos projetos nos dois leilões de transmissão previstos para esse ano.

Impacto: Positivo. A ISA Cteep divulgou seus resultados na noite de ontem, nos quais anunciou que deve investir R$1,3 bilhão em 2021, focando a maior parte deles no avanço de novos projetos e com o restante melhorando os ativos que já pertencem ao seu portfólio. A empresa diz já estar analisando os novos leilões de transmissão que estão por vir.

Setor de Companhias Aéreas: Demanda por voos cai 27,5% em janeiro

Segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a demanda por voos domésticos durante o mês de janeiro apresentou redução de 27,5%, na comparação com igual mês de 2020.

A Anac afirma que mesmo com a retração, este foi o melhor resultado desde março do ano passado, quando foram anunciadas as primeiras medidas de isolamento social e fechamento de fronteiras devido à pandemia de Covid-19.

A oferta de assentos apresentou queda de 24,2% no mesmo intervalo. A Gol registrou 38,7% de participação no mercado doméstico, enquanto que a Azul (30,6%) e Latam (30,2%).

Impacto: Positivo. Por mais que janeiro ainda tenha apresentado queda na demanda, na comparação ano/ano, o mês representou o melhor desempenho desde março de 2020. Com isso, conclui-se que as aéreas seguem retomando volumes.

Contatos
Conheça o nosso time de especialista da área de Investimentos.

RENDA VARIÁVEL
[email protected]

Luis Sales – CNPI
[email protected]

“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores,  para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo.  Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução da CVM N° 598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.”

Relacionados

Apito Final | Sejamos realistas

Internacional Ativos globais encerram mais uma semana com desempenhos estelares;Enquanto isso, investidores aguardam sinais quanto ao futuro da política fiscal nos EUA;Confiança [...]

Alejandro Ortiz Cruceno - 16/04/2021

Rio Bravo: Olhar Atento |O PIB da China

O PIB da China cresceu 18,3% a.a. no primeiro trimestre de 2021, ligeiramente abaixo da expectativa (18,5%). A magnitude representa a [...]

Rio Bravo - 16/04/2021

Guide Empresas - Construtoras divulga prévias operacionais robustas; Meirelles quer privatizar EMAE este ano e Sabesp fica para 202

MRV: Cia anuncia volume de R$ 1,71 bilhão em lançamentosImpacto: PositivoTenda: Construtora anuncia lançamentos de R$ 610 milhões no 1T21Impacto: PositivoSabesp: [...]

Luis Sales - 16/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções