CabeçalhoConteúdoNewsletterRodapé

Cotações por TradingView

Guide Empresas: Tim tem números impactados pela aquisição da Oi e Grupo SBF vêm com bons números

2 de agosto de 2022
Escrito por Rodrigo Crespi
Tempo de leitura: 5 min
Compartilhar
guide empresas
Tempo de leitura: 5 min

Tim (TIMS3): Aquisição da Oi impactou números
Impacto: Negativo

SBFG3: Bons números, mas dentro do esperado.
Impacto: Neutro

Nesta terça-feira (02/08), os destaques se voltam para:

Tim (TIMS3): Aquisição da Oi impactou números

A Tim, uma das maiores operadoras de telefonia do país, publicou os seus números referentes ao 2T22, com melhora operacional, impactada principalmente pela expansão dos serviços móveis, vendo crescimento de 31% a/a no número de clientes, alcançando ~67 milhões de clientes, refletindo também na receita líquida da empresa que viu um salto de R$4,4 bilhões para R$5,4 bilhões. Mesmo com uma tendência de queda do uso dos telefones fixos, a Tim conseguiu entregar crescimento de 7% a/a na receita de serviços fixos, impulsionado pela expansão do Tim Live (serviço fixo de internet fibra ótica). A receita de aparelhos teve aumento de 18% a/a, atingindo R$167 milhões, explicado pelo aumento do ticket médio das compras de aparelhos.

No lado negativo, ressaltamos o resultado financeiro negativo em R$439 milhões (vs. R$36 milhões no mesmo período do ano passado) impactado principalmente pelo maior volume de juros sobre Leases (aluguel de mais de 7200 sites herdados na compra da Oi) e pelo maior volume juros sobre as dívidas, com o crescimento do IPCA no período. Vale evidenciar que os resultados ficaram abaixo das estimativas de mercado, tanto em termos de receita, quanto de lucro.

Impacto: Negativo. Em nossa visão, a Tim continua expandindo organicamente em um pace acelerado, explicitado pelo crescimento do número de clientes tanto na sua plataforma Tim Live quanto em relação aos seus serviços móveis, porém não foi capaz de sobrepor o impacto financeiro da aquisição da Oi e a herança que a operação deixou. Sendo assim, esperamos que efeitos negativos em relação a operação se dissipem durante os próximos períodos e continuem crescendo conjuntamente com as atividades da Tim.

SBFG3: Bons números, mas dentro do esperado.

Apesar de indicar boas métricas de crescimento, o Grupo SBF (que engloba a marca Centauro e atua como representante da Nike no Brasil) apresentou um resultado bem dentro do consenso de mercado no que tange ao crescimento de receita e de lucro líquido.

O faturamento líquido da companhia foi de R$ 1.463 milhões no 2T22, apresentando crescimento de 31,2% na comparação A/A, tendo como destaque o braço que atua como representante da Nike – chamado de Fisia –, cujo crescimento foi de 36,3% vs o 2T21, com destaque para as vendas no canal digital. O faturamento da Centauro teve avanço de 25,5%, com maior contribuição das lojas físicas.

O EBITDA ajustado no trimestre foi de aproximadamente R$ 155 milhões, avanço de aproximadamente 3% contra o 2T21, mas com perda na margem (que veio de 13,4% para 10,6%) em razão da menor diluição de despesas, que tiveram aumento de aproximadamente 40% na base anual agora que as lojas operaram abertas em tempo integral, além de maiores gastos com logística, marketing, tecnologia e pessoal.

O lucro líquido mostrou avanço de 32% na comparação anual no critério contábil, com uma margem de 2,2%, bastante em linha com o esperado pelo mercado.

Impacto: Neutro. Como os bons números da companhia parecem ter sido antecipados no pregão de ontem, o impacto para o ativo hoje parece limitado. Importante acompanhar as próximas divulgações para avaliar se conseguem entregar um maior controle das despesas.

RENDA VARIÁVEL
[email protected]

“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores,  para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo.  Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações. Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Resolução CVM nº 20, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.”

Compartilhar artigo

Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.

Formado pela ESPM-SP, com pós-graduação na FGV-SP e mestrado (MSc) em Management pela Nova School of Business and Economics (Nova SBE) e Erasmus na EM Lyon. Antes de ingressar na Guide, trabalhou por quase dois anos no BNP Paribas na Europa, na área de Global Markets na equipe de Equity Derivatives. ''A minha missão é estar sempre atualizado, antecipando tendências de mercado, através de análises, e oferecer de forma simples e objetiva ao investidor, estratégias de alocação com sólidos fundamentos.'' CNPI – 2934

Veja também