Marcopolo lançará nova geração de ônibus rodoviários após 12 anos; Soma paga compra da Hering com oferta de ações de R$ 883,4 milhões e mais…

Tempo de leitura: 6 minutos

Marcopolo: Cia lançará nova geração de ônibus rodoviários após 12 anos
Impacto: Positivo
Soma: Grupo paga compra da Hering com oferta de ações de R$ 883,4 milhões
Neoenergia: Cia vê alta de 45% em sua receita líquida no 2º trimestre
Impacto: Positivo
Focus Energia: Cia troca fornecedor de módulos fotovoltaicos para projeto solar
Impacto: Marginalmente negativo
Embraer: Cia entrega 34 aeronaves no 2T21 e carteira de pedidos atinge US$ 15,9 bilhões
Impacto: Positivo

Confira os destaques de hoje:

Marcopolo: Cia lançará nova geração de ônibus rodoviários após 12 anos

Por meio de documento enviado ao mercado, a Marcopolo comunicou que irá lançar uma nova geração de ônibus rodoviários, chamada de G8, substituindo a G7, lançada em 2009.

A empresa afirmou que ‘’os ônibus da Geração 8 (G8) apresentam evoluções substanciais de performance, segurança, conforto e design, desenvolvidos com foco em clientes e usuários. A Marcopolo reforça seu posicionamento no mercado mundial de ônibus rodoviários, propondo soluções inovadoras em mobilidade.’’

Impacto: Positivo. Vemos com bons olhos o lançamento da nova geração de ônibus, que coincide com o progressivo processo de reabertura da economia que vem acontecendo no país e no mundo, em virtude das campanhas de vacinação e diminuição de mortes pela Covid-19. A Marcopolo após 12 anos, se posiciona para aproveitar o aumento do uso de transportes coletivos.

Soma: Grupo paga compra da Hering com oferta de ações de R$ 883,4 milhões

O Grupo Soma, dono das marcas Farm Global e Animale, aprovou oferta subsequente de ações (follow-on, no termo em inglês), que deve levantar montante de R$ 883.435.584,00, após o Conselho de Administração aceitar o preço por ação de R$ 19,20, com a emissão de 46.012.270 novas ações.

Esse aumento de capital deixa o grupo com 527.614940 ações, que totalizam R$ 2,50 bilhões. Ele

vai utilizar 100% dos recursos líquidos gerados na operação para viabilizar a aquisição da Cia Hering, de acordo com documento enviado a mercado.

A oferta de ações do terá esforços restritos de distribuição. Em outras palavras, será direcionada apenas a investidores profissionais, classe que detém ao menos R$ 10 milhões em investimentos aplicados.

Neoenergia: Cia vê alta de 45% em sua receita líquida no 2º trimestre.

A Neoenergia, que atua em distribuição e transmissão de energia, geração de energia renovável como eólica, hidráulica e solar e geração térmica, reportou uma receita líquida no 2T21 que totalizou R$ 9,53 bilhões, alta de 45% sobre o mesmo período do ano anterior.

O Ebitda no período entre abril e junho foi de R$ 2,3 bilhões, representando uma alta de 108% na comparação anual.

Por fim, a Neoenergia lucrou R$ 1 bilhão no segundo trimestre de 2021, uma alta de 137% frente ao mesmo período de 2020, quando o patamar era de R$ 423 milhões.

Em relação a investimentos, a empresa injetou R$ 3,5 bilhões no 2T21, crescimento de 50% frente ao 2T20. Do total, R$ 1,8 bilhão foi direcionado às distribuidoras e R$ 986 milhões aos projetos de transmissão.

Impacto: Positivo. Apesar da crise hídrica que o setor elétrico passa, afetando principalmente as geradoras de energia, a Neoenergia foi capaz de reportar fortes números no período, mostrando boa execução tanto na geração, que possui boa diversificação de matriz energética, como em distribuição e transmissão.

Focus Energia: Cia troca fornecedor de módulos fotovoltaicos para projeto solar

Por meio de comunicado enviado a mercado, a Focus Energia afirmou ter firmado contrato com a Trina Solar para o fornecimento de módulos fotovoltaicos ao Projeto Futura 1, empreendimento com 22 parques de energia solar que está sendo desenvolvido pela companhia.

O contrato com a Trina Solar substitui acordo anterior que a Focus mantinha com a Risen Energy para os serviços.

No documento, a empresa afirmou que houve negativa da Risen Energy em cumprir condições acordadas em contrato. “Em última instância, (isso) poderia colocar em risco o cronograma do projeto num momento sensível para o país e para toda a sociedade brasileira diante do cenário hídrico atual”.

Impacto: Marginalmente negativo. Vemos a troca com cautela, visto que a primeira contratação não ocorreu como o previsto, entretanto seguimos confiante no fornecimento dos módulos, necessários para a o parque de energia renovável da Focus para a geração de energia, em um momento crítico que o setor tem passado.

Embraer: Cia entrega 34 aeronaves no 2T21 e carteira de pedidos atinge US$ 15,9 bilhões

A Embraer foi capaz de entregar um total de 34 jatos no segundo trimestre de 2021, sendo 14 comerciais e 20 executivos. Em 30 de junho, a carteira de pedidos firmes (‘’backlog’’) totalizava US$ 15,9 bilhões, que representou um crescimento de 12% ante o 1T21, que representa um retorno aos níveis pré-pandemia.

As entregas foram 20 aeronaves executivas, sendo 11 modelos Phenom 300 e cinco Praetor 600. Entre as aeronaves comerciais, foram 14 entregas, sendo sete jatos E175 e sete E195-E2.

Impacto: Positivo. A Embraer neste ano tem demonstrado bom posicionamento estratégico, por meio diversas parcerias no exterior e tem sido capaz de aproveitar a reabertura da economia, voltando a entregar aeronaves, o que vemos como uma forte recuperação em relação ao ano passado, quando a fabricante passou por uma forte crise, em decorrência da pandemia e a desistência da Boeing no acordo anunciado de compra de parte da empresa brasileira.

Contatos
Conheça o nosso time de especialista da área de Investimentos.

RENDA VARIÁVEL
[email protected]

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é assinatura-chapadeiro.png
Luis Sales – CNPI
[email protected]
“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores,  para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo.  Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações. Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Resolução CVM nº 20, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.”

Relacionados

Apito Final | Turbulência

Internacional• De olho em resultados corporativos promissores, investidores mantêm índices internacionais nas máximas históricas;• Leva de índices americanos e europeus marcam agenda de [...]

Alejandro Ortiz Cruceno - 03/08/2021

Flash Macro | produção industrial fica estável em junho

A produção industrial, medida pela Pesquisa Industrial Mensal, apresentou variação nula (0,00%) em junho frente a maio, após alta de 1,4% [...]

Alejandro Ortiz Cruceno - 03/08/2021

Rio Bravo: Olhar Atento | Nova proposta para o Bolsa Família

Após um anúncio conturbado de uma proposta para postergar parte das despesas com precatórios em 2022, o governo deve divulgar uma [...]

Rio Bravo - 03/08/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções