Guide Empresas – Gol tem alta de 34% em sua oferta; GPA vai investir em marketplace e deve oferecer carteira digital; e mais…

BRF: Cia conclui acordo com instituição pública chinesa
Impacto: Positivo
Gol: Cia registra aumento de 34% de sua oferta de voos
Impacto: Positivo
GPA: Empresa investe em marketplace e deve oferecer carteira digital
Impacto: Positivo
Petrobras: Cia tem refinarias disputadas pela Ultra e Cosan
Impacto: Positivo
Setor de Mobilidade: Pfizer faz proposta para vacinar milhões de brasileiros no 1S21
Impacto: Positivo

Confira os destaques de hoje:

BRF: Cia conclui acordo com instituição pública chinesa

A BRF concluiu um acordo de cooperação com a CAIQ, instituição pública chinesa.

Este vai permitir com que as empresas desenvolvam pesquisas de métodos laboratoriais para alimentos, rações e sanidade animal. 

A BRF ainda afirmou que este também prevê um estudo de pesquisas de tendência para redução de riscos, rastreabilidade e biossegurança.

Impacto: Positivo. O acordo permite com que novas pesquisas pra alimentos e rações de animais sejam desenvolvidos, garantindo possivelmente uma melhoria de sua produção. Também deve impulsionar estudos para redução de risco e biossegurança, evitando futuras perdas.

Gol: Cia registra aumento de 34% de sua oferta de voos

A companhia aérea Gol divulgou a evolução do fluxo de voos. Segundo o relatório, a empresa registrou alta de 34% na oferta de voos diários em relação a setembro, com 363 voos.

Em relação a outubro de 2019, porém, o número ainda representa queda de 52%. 

A companhia aérea ainda afirmou que reduziu sua frota em 11 aeronaves arrendadas e que planeja devolver outras três até o final do ano.

A Gol também cancelou o recebimento de 34 aviões Boeing 737 Max que estavam previstos para 2020 e 2022.

Impacto: Positivo. Novamente a companhia aérea mostra avanços no número de voos em sua oferta. A Gol reduziu sua frota e pretende devolver algumas de suas aeronaves até o final do ano. Desse modo, a cia não fica com os ativos depreciando sem uso.

GPA: Empresa investe em marketplace e deve oferecer carteira digital

O Grupo Pão de Açúcar, que detém as redes Pão de Açúcar, Assaí e Extra, vai impulsionar investimentos na área digital. Boa parte das ações deve ocorrer em 2021.

O movimento ocorre em meio a antecipação de futuras ameaças, já que grandes líderes no varejo on-line – B2W, Magazine Luiza, Amazon e Mercado Livre – avançam sobre as vendas dos supermercados após a pandemia.

A empresa também afirmou ontem, em evento, que começará a oferecer serviços logísticos para os vendedores de seu marketplace (shopping on-line) no primeiro trimestre de 2021, e também vai lançar a sua carteira digital, ainda sem data, informou Jorge Faiçal, presidente do braço de varejo do grupo. 

O GPA também estuda a monetização de dados para ações de mídia com lojistas em sua plataforma digital. Para cada vendedor hospedado na plataforma, poderá ter ações de marketing específicas, que se cruzarão com o perfil de cada consumidor que acessa o site.

Impacto: Positivo. A companhia, visando não perder oportunidades no meio digital para grandes líderes do varejo, está investindo na área digital e prol de criar um marketplace e ainda uma carteira digital. As soluções melhorariam a experiência de compra de seus clientes.

Petrobras: Cia tem refinarias disputadas pela Ultra e Cosan 

O grupo Cosan e o Ultra vêm disputando as refinarias da Petrobras que ficam no Sul do país e estão à venda.

Segundo o jornal Valor Econômico, as propostas vinculantes feitas pela Repar e pela Refap devem ser recebidas pela Petrobras em 10 de dezembro.

O valor pode ficar entre cerca de US$ 2 bilhões e US$ 3 bilhões, respectivamente. Os ativos também estão sob o radar da chinesa Sinopec e da indiana Essar.

Impacto: Positivo. Dando seguimento ao processo de desinvestimento nos ativos que não são estratégicos à cia, a Petrobras tem agora duas companhias de extrema relevância disputando por sus refinarias. O processo deve acarretar em aumento de liquidez para a estatal.

Setor de Mobilidade: Pfizer faz proposta para vacinar milhões de brasileiros no 1S21

A farmacêutica Pfizer Brasil informou na noite de ontem que fez uma proposta ao Ministério da Saúde para a vacinação de “milhões” de brasileiros contra a covid-19 no primeiro semestre do próximo ano.

De acordo com o comunicado da companhia, a sugestão da farmacêutica segue os moldes do que fez em outros países da América Latina. 

Na última terça-feira, a Pfizer participou de audiência com o ministério, onde mostrou o andamento dos estudos clínicos da vacina e informar o plano de imunização desenvolvido pela companhia. 

Acreditamos que os setores relacionados a reabertura devem ser bastante impactados de forma positiva. Isto porque passaram grande parte do ano com fortes pressões sob seus preços e agora devem enfrentar onda de otimismo, baseada na demanda reprimida durante a reabertura com a existência de uma vacina.

Impacto: Positivo. Reiteramos nosso posicionamento positivo para o setor de mobilidade, que deve ser um dos mais impactados com as notícias envolvendo vacinas. Entre as empresas destacamos: Azul, Smiles, CCR, além de outras pertencentes ao setor de bens de consumo, que também devem ter demanda impulsionada.

Contatos
Conheça o nosso time de especialista da área de Investimentos.

RENDA VARIÁVEL
[email protected]

Luis Sales – CNPI
[email protected]

“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores,  para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo.  Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução da CVM N° 598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.”

Relacionados

Apito Final | Mês Fenomenal

Internacional Bolsas internacionais têm dia negativo, mas encerram mês com ganhos estelares;Menor aversão global ao risco decorrente da eleição de Biden e [...]

Alejandro Ortiz Cruceno - 30/11/2020

Carteira Semanal de Ações | 30 de Novembro

Nesta semana, optamos por realizar apenas uma alteração pontual em nossa carteira semanal, retiramos Movida ON e incluímos CVC ON. [...]

Luis Sales - 30/11/2020
Alejandro Ortiz Cruceno - 30/11/2020

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções