Guide Empresas: Americanas adquire aplicativo de leitura Skoob; e mais!!!

Tempo de leitura: 7 minutos

Americanas (AMER3): Cia adquire aplicativo de leitura Skoob
Impacto: Positivo
Hypera (HYPE3): Cia encerra arbitragem sobre venda do negócio de descartáveis
Impacto: Negativo
Rede D’Or (RDOR3): Cia anuncia intenção de compra do Hospital Novo Atibaia
Impacto: Positivo
Log-In (LOGN3): Cia recebe proposta de compra de seu capital social
Impacto: Positivo
Disputa entre SulAmérica (SULA11) e Hapvida (HAPV3) ganha mais um episódio

Confira os destaques de hoje:

Americanas (AMER3): Cia adquire aplicativo de leitura Skoob

A Americanas firmou contrato de compra, através de sua subsidiária IF Capital, da Skoob, plataforma de conteúdo com mais de oito milhões de usuários e mais de 45 milhões de avaliações de obras.

O Skoob foi lançado em 2009 e possui biblioteca virtual, acesso a resenhas, avaliação de obras e interação com outros leitores. A transação não teve valor revelado

Para a Americanas, as resenhas são “importante alavancas de vendas”, aumentando em até 40% a conversão da categoria de livros. A varejista afirma que o custo de aquisição de cliente (CAC) é 3,6 vezes menor que a média.

Impacto: Positivo. Apesar do valor da aquisição não ter sido revelado, vemos como positivo o anúncio, por expandir o ecossistema de atuação da Americanas, podendo gerar sinergias e potencializar o cross-selling. A empresa teve como última aquisição relevante, a compra do Natural da Terra, por R$ 2,1 bilhões, dando entrada no setor de alimentos frescos.

Hypera (HYPE3): Cia encerra arbitragem sobre venda do negócio de descartáveis

A Hypera comunicou através de fato relevante enviado ao mercado, ter firmado um acordo para pagar à Falcon R$ 500 milhões para encerrar um processo de arbitragem envolvendo a venda do negócio de descartáveis em 2017.

A Hypera afirmou que o pagamento não altera as projeções financeiras estabelecidas para o ano de 2021 ou os investimentos previstos.

Em dezembro de 2017, a Hypera, sob nome de Hypermarcas, vendeu a divisão de descartáveis (formada pelas marcas de fraldas infantis Pom Pom, Cremer e Sapeka, além da marca de fraldas para incontinência Bigfral) para a belga Ontex Group pela por R$ 1 bilhão.

Impacto: Negativo. A Hypera terá que arcar com um valor bem mais elevado do que se esperava, subindo de R$ 100 milhões para R$ 500 milhões.

Rede D’Or (RDOR3): Cia anuncia intenção de compra do Hospital Novo Atibaia

A Rede D’Or São Luiz anunciou por meio de fato relevante enviado ao mercado, a celebração de contrato para compra, que será realizada por meio de suas afiliadas Hospitais Integrados da Gávea (Clínica São Vicente), Advance Planos de Saúde e GNI39 SP Empreendimentos Imobiliários, do capital social do Hospital Novo Atibaia, da AMHA Saúde e HNA Empreendimentos e Participações S.A., sendo esta última a sociedade detentora dos imóveis onde o hospital exerce suas atividades, inclusive com terreno, permitindo futura expansão. A aquisição é de ao menos 90,3%.

A aquisição está sujeita à verificação de condições usuais, dentre elas a aprovação pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e autorização para transferência de controle pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

O valor da totalidade do capital social das sociedades adquiridas é de R$ 296,3 milhões, com o endividamento líquido será deduzido deste valor.

O Hospital Novo Atibaia é referência em Atibaia, Bragança Paulista, Itatiba e Mairiporã e região, com 150 leitos e capacidade de expansão imediata de mais 16.

A AMHA é uma operadora regional, com cerca de 22 mil vidas em sua carteira.

Impacto: Positivo. Apesar da aquisição ser considerada relativamente pequena, quando comparada ao tamanho da Rede D’Or, a empresa segue com a sua promessa anunciada no IPO de ser um forte consolidador do mercado nacional de saúde.

Log-In (LOGN3): Cia recebe proposta de compra de seu capital social

A MSC, empresa suíça de transporte marítimo e logística, vai fazer uma oferta por até 67% do capital social da Log-In, empresa de cabotagem que atua a partir do terminal de Vila Velha (ES). O preço proposto é de R$ 25 por ação, um prêmio de 67% em relação ao fechamento de ontem.

A gestora Alaska tem cerca de 45% da Log-In. A empresa tem origem na área de navegação da Vale e que abriu o capital em 2007, com valor de mercado perto de R$ 1,58 bilhão.

Impacto: Positivo. Vemos a notícia com bons olhos, com uma proposta atraente pelo capital social, oferecendo um pagamento de um prêmio considerável para os papeis da Log-In por parte da MSC.

Disputa entre SulAmérica (SULA11) e Hapvida (HAPV3) ganha mais um episódio

A SulAmérica e a Hapvida realizaram novas propostas vinculantes para a aquisição do Grupo HB Saúde, por 100% do capital social da empresa.

O preço-base proposto pela SulAmérica é de R$ 563 milhões, vendo potencial estratégico, com expectativa de novos e importantes vetores de crescimento e aumento de penetração em São José do Rio Preto, região estratégica para a expansão da companhia no interior de São Paulo, caso sua proposta seja escolhida.

Por outro lado, a proposta da Hapvida é de R$ 650 milhões, alegando que seus clientes se beneficiariam de toda a infraestrutura médico-hospitalar da HB Saúde, incrementando o volume de consultas médicas, atendimentos e procedimentos cirúrgicos, enquanto que os beneficiários da HB Saúde teriam a possibilidade de utilizar a infraestrutura do Hapvida na região, com hospitais de alta complexidade tanto em Ribeirão Preto (Hospital São Francisco) quanto em Uberaba (Hospital Mário Palmério) e Uberlândia (Hospital Madrecor).

As propostas serão submetidas aos acionistas da HB Saúde em assembleia geral extraordinária, prevista para acontecer em 23 de setembro.

Contatos
Conheça o nosso time de especialista da área de Investimentos.

RENDA VARIÁVEL
[email protected]

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é assinatura-chapadeiro.png
Luis Sales – CNPI
[email protected]
“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores,  para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo.  Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações. Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Resolução CVM nº 20, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.”

Relacionados

Apito Final | Vendas do varejo e balanços reforçaram apetite ao risco

Internacional • Mercados estendem apetite ao risco com varejo americano;• Vendas do varejo subiram enquanto o mercado esperava dado negativo; Brasil • Investidores buscam [...]

Rafael Gabriel Pacheco - 15/10/2021

Guide Empresas: Assaí compra operações da rede Extra; PDG sai da recuperação judicial; e mais!

Grupo Pão de Açúcar (PCAR3): Assaí compra 71 lojas da rede Extra por R$ 5,2 bi e vai acabar com a [...]

Luis Gustavo Pereira - 15/10/2021

Rio Bravo: Olhar Atento | Prévia mensal do PIB

O IBC-Br, prévia mensal do PIB, retraiu 0,15% MoM em agosto. O resultado ficou ligeiramente abaixo da projeção do mercado (-0,05%). [...]

Rio Bravo - 15/10/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções