Guide Empresas – Setor de Locadoras tem perspectiva revisada para estável; Pague Menos deseja abrir 500 novas lojas; e mais…

Confira os destaques de hoje:

BTG Pactual: Banco deseja comprar a Atvos
Impacto: Positivo
Ecorodovias: Companhia divulga evolução dos fluxos em suas concessões 
Impacto: Positivo
JBS: MPT entra com ação contra o frigorífico 
Impacto: Negativo
Pague Menos: Cia pretende abrir 500 novas lojas
Impacto: Positivo
Setor de Locadoras: S&P revisa para estável a perspectiva das companhias
Impacto: Positivo

BTG Pactual: Banco deseja comprar a Atvos

O BTG Pactual está avaliando a aquisição do controle de usinas sucroalcooleiras da Atvos, que hoje pertencem ao grupo Odebrecht, estão, desde maio de 2019, em recuperação judicial e possuem dívidas de aproximadamente R$11 bilhões.

O aporte na companhia, por parte do banco, deverá ser de R$ 500 milhões. 
A Atvos está em busca novos investidores para dar continuidade às suas operações, que contam com capacidade total de moagem de 37 milhões de toneladas de cana.

Impacto: Positivo. A aquisição do novo negócio permitiria ao BTG ampliar seu horizonte de atuação, entrando no mercado de sucroalcooleiras.

Ecorodovias: Companhia divulga evolução dos fluxos em suas concessões 

A Ecorodovias divulgou hoje cedo a evolução dos fluxos em suas rodovias. Entre 16 de março e 11 de outubro, o movimento em suas concessões caiu -10,8%.

No ano, a queda total, comparada ao mesmo período no ano passado, totaliza -5,2%.

Na semana passada, a queda divulgada no período foi de -11,2%, enquanto na comparação anual foi de -5,5%.

Impacto: Positivo. Mais uma semana se passou e foram observadas evoluções positivas do movimento nas concessões rodoviárias da Ecorodovias. O setor foi bastante impactado mas vem apresentando retomada rápida.

JBS: MPT entra com ação contra o frigorífico 

O Ministério Público do Trabalho (MPT) entrou com uma ação civil pública contra a JBS pedindo R$ 15 milhões em danos morais coletivos por conta da postura da empresa durante a pandemia.

O frigorífico está sendo acusado de não ter adotado medidas para proteger trabalhadores em abatedouros de aves e suínos em Santa Catarina, não fornecendo testes para detecção da covid e não afastando funcionários com sintomas compatíveis com a doença.

A companhia ainda informou que sua subsidiária americana Pilgrim’s concordou em pagar multa de US$ 110,5 milhões à Justiça por restringir a competição em três contratos de venda de produtos de carne de frango de corte.

Impacto: Negativo. Quando se trata de ESG, a JBS não chega a ser uma companhia muito bem avaliada. Isto porque os frigoríficos brasileiros, em sua grande maioria, não fazem o monitoramento completo de sua produção, permitindo com isso que parte da cadeia crie gados em áreas proibidas e assim incentivando o desmatamento e as queimadas. Ainda, a companhia já foi alvo de escândalos de corrupção, e agora vem sendo acusada de não ter adotado medidas de segurança para proteger seus funcionários, e consequentemente sua produção, de uma infecção por Covid-19, o que mostra bastante sobre o relacionamento que a empresa cultiva com os envolvidos em seu processo. Temos em mente que o frigorífico vem adotando medidas para mudar seu posicionamento com relação à sustentabilidade, mas devemos acompanhar de perto.

Pague Menos: Cia pretende abrir 500 novas lojas

Tendo como foco inicial expansão orgânica em praças onde já domina, no Norte e Nordeste, a rede cearense pretende abrir 500 lojas nos próximos cinco anos.

A companhia protocolou sua oferta pública inicial de ações em julho e teve suas ações começando a ser negociadas no início de setembro.

Em seu prospecto, a Pague Menos, disse que reorganizou a casa em 2019, para então dar início a seu processo de expansão nesse ano.

Após dois ou três anos, começará a segunda fase de sua expansão, que será voltada para aberturas no Sudeste, incluindo São Paulo, região onde estão localizadas 85 de suas 1,1 mil lojas. 

Do total de R$ 713 milhões adquiridos em valor líquido da oferta, 63% irão para novas lojas (R$ 450 milhões). Outros 20% vão para reduzir endividamento e os 17% restantes para tecnologia e serviços.

Impacto: Positivo. A oferta saiu no piso de sua faixa, mas pode ganhar tração nos próximos anos através de seu programa de expansão da rede e crescimento da operação. Além do plano de abertura de lojas nos próximos cinco anos, a empresa também destinará os recursos adquiridos com a oferta para reduzir seu endividamento e investir em tecnologia e serviços.

Setor de Locadoras: S&P revisa para estável a perspectiva das companhias

A agência de rating S&P revisou para estável a perspectiva de quatro locadoras de automóveis brasileiras. Estas são a Simpar, Movida, Unidas e Vix Logística, que estavam antes com negativa.

No documento divulgado ao mercado, a justificativa é de que a recuperação do setor de locação de automóveis no Brasil vem ocorrendo de forma mais rápida do que antes era esperado.

A agência ainda completou que as taxas de utilização das companhias se recuperou no 3T20 para o nível de 75% a 80% do usual.

Impacto: Positivo. As locadoras foram extremamente prejudicadas pela imposição de medidas de isolamento social. No entanto, o relaxamento das mesas já possibilitou uma rápida recuperação da demanda. Uma parcela desta vem daqueles que estão tentando ao máximo evitar aglomerações em transportes públicos ou aviões.

Contatos
Conheça o nosso time de especialista da área de Investimentos.

RENDA VARIÁVEL
[email protected]

Luis Sales – CNPI
[email protected]

“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores,  para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo.  Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução da CVM N° 598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.”

Relacionados

Apito Final | COVID-19 e estímulos seguem em destaque

Internacional Bolsas globais encerram mais um dia no vermelho, repercutindo cautela dos investidores quanto à recuperação econômica e a ausência de estímulos [...]

Alejandro Ortiz Cruceno - 27/10/2020

Flash Empresas - Está na hora de comprar LAVV3 ? | Início de Cobertura

Um pouco do histórico da companhia... Constituída em 2016, a Lavvi é controlada pela família Horn e tem como sócios a Cyrela [...]

Luis Sales - 27/10/2020

Rio Bravo: Olhar Atento | Senado americano aprova indicação da juíza Amy Barret para a Suprema Corte

O Senado americano aprovou ontem a indicação da juíza Amy Barret para a Suprema Corte. A aprovação acontece em um momento [...]

Rio Bravo - 27/10/2020

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções