Guide Empresas – Moura Dubeux teve lançamentos acelerados no 4T20; Setor Automobilístico sofre impacto após fim da operação industrial da Ford no Brasil; e mais…

Tempo de leitura: 8 minutos

Moura Dubeux: Cia acelera ritmo de lançamentos no 4T20
Impacto: Positivo
Petrobras: Polícia Federal deflagra hoje 79ª fase da Operação Lava-Jato incluindo a estatal e a Transpetro

Impacto: Negativo
Setor Automobilístico: Fim da operação industrial da Ford no Brasil reflete momento para o setor

Impacto: Negativo
Setor de Farmácias: Empresas terão novo ciclo de investimentos com demanda acelerada
Impacto: Positivo
Totvs: Cia analisa comprar empresa de marketing digital

Impacto: Positivo

Confira os destaques de hoje:

Moura Dubeux: Cia acelera ritmo de lançamentos no 4T20

A Moura Dubeux divulgou na noite de ontem sua prévia operacional referente ao 4T20. Nesta, a incorporadora pernambucana divulgou que acelerou o ritmo de lançamentos e vendeu R$ 305 milhões no período, alta de 50% em relação ao mesmo intervalo em 2019.

Segundo o presidente da cia, Diego Villar, a empresa segue confiante devido à taxa de juros nas mínimas históricas e famílias enquadrando renda nos financiamentos.

Depois de ser surpreendida pela paralisação de obras a partir de março no Nordeste, região onde a empresa atua, a Moura Dubeux voltou a lançar empreendimentos a partir do mês de agosto, somando R$ 791 milhões apenas nos últimos seis meses do ano, sendo R$ 516 milhões no quarto trimestre.

Segundo executivo, o ritmo da empresa nos últimos seis meses aponta para o que deve ser a dinâmica da incorporadora este ano. Ainda neste mês, a empresa deve lançar um empreendimento em Natal, um residencial de médio padrão. 

Impacto: Positivo. A Moura Dubeux estreou na bolsa no início do ano passado e enfrentou um ano bastante conturbado para o setor. Ainda assim, conseguiu acelerar o número de lançamentos no 4T20, superando em 50% o volume atingido no 4T19. Ainda, a companhia afirma que o ritmo de suas operações nos últimos seis meses apontam para o que deve ser a dinâmica ao longo desse ano.

Petrobras: Polícia Federal deflagra hoje 79ª fase da Operação Lava-Jato incluindo a estatal e a Transpetro

A Polícia Federal (PF) deflagra hoje a 79ª fase da Operação Lava-Jato, conhecida como Operação Vernissage.

Esta foca em um suposto esquema de fraudes em licitações, mediante o pagamento de propinas a executivos da Transpetro e Petrobras.

As investigações suspeitam que os contratos celebrados pela Transpetro com algumas empresas possam ter gerados pagamentos superiores a R$12 milhões em propinas pagos a este suposto grupo entre os anos de 2008 e 2014.

Segundo apuração da PF, estes recursos eram ainda alocados em outro esquema de lavagem de dinheiro, utilizado em compras de obras de arte e transações imobiliárias.

Impacto: Negativo. Nos dias de hoje, o investidor vem prestando cada vez mais atenção em possíveis fatores de risco das diferentes empresas listadas em bolsa. Diante disso, o fato de uma companhia ser relacionada a esquemas fraudulentos remete a falta de transparência e de boas práticas de governança, aumentando o fator de risco percebido sobre o possível investimento.

Setor Automobilístico: Fim da operação industrial da Ford no Brasil reflete momento para o setor

As tendências por um transporte mais limpo tem obrigado as montadoras a reduzirem seu extenso mapa de produção global de veículos. Os investimentos agora passarão a ser focados em fábricas localizadas em regiões mais competitivas, incluindo tanto as que podem produzir carros elétricos em alta escala como as que continuarão a produzir veículo.

O Brasil acaba por tornar-se vítima desse processo e isto se tornou evidente com a notícia de que a Ford vai encerrar sua operação industrial no país. Não existem mais por aqui os incentivos fiscais, que outrora atraíam essa indústria. Além disso, o câmbio desvalorizado pressiona os custos com componentes importados. 

Há pouco mais de um mês, a Mercedes-Benz anunciou o fim da produção de automóveis no Brasil. A empresa alemã explicou que a fábrica brasileira, em Iracemápolis (SP), não tem condições de produzir carros elétricos sem um novo programa de investimentos.

O cenário para o setor, na nossa visão, ficaria mais positivo com a flexibilização das medidas de isolamento social, no entanto, a falta de estoques de peças ao redor do globo, somada ao fato de que as montadoras estão focando suas fábricas em regiões estratégicas pode acabar prejudicando o desempenho do setor no Brasil.

Impacto: Negativo. Acreditamos que a flexibilização das medidas de isolamento social beneficiam o setor no geral. No entanto, existe uma série de condições que desafiam as companhias no Brasil, como a limitação da oferta de peças no mundo, o fato de as montadoras estarem concentrando suas fábricas apenas em regiões estratégicas, o câmbio desvalorizado e a queda de incentivos fiscais na indústria.

Setor de Farmácias: Empresas terão novo ciclo de investimentos com demanda acelerada

O Brasil possui quase 90 mil farmácias, que foram de certa forma impactadas pela pandemia de Covid-19. No entanto, o setor deve a viver um novo ciclo de investimentos após 2021.

Mesmo nesse ambiente de incertezas no mercado de consumo, a demanda nas farmácias segue acelerada. Após a crise sanitária, a maior preocupação das pessoas com a própria saúde e as ofertas recordes de ações em 2020, que levaram a um aumento de liquidez, devem sustentar a velocidade de abertura de novos pontos e aumentar a taxa de crescimento de vendas.

A estimativa é de que haja um saldo final positivo, entre inaugurações e fechamentos, de cerca de 900 unidades no país neste ano, maior volume desde 2018, segundo a Abrafarma, entidade que reúne as maiores cadeias. Isto consiste em um volume maior doque o dobro do ano passado – em 2020, o saldo foi de 400 pontos.

O total passaria de 8,3 mil lojas das redes associadas para 9,2 mil entre 2020 e 2021. A associação responde por quase metade das vendas em drogarias no país.

Impacto: Positivo. Após a crise sanitária, a preocupação dos consumidores com a saúde e bem-estar vem contribuindo para aumentar a liquidez e a velocidade da abertura de novos pontos de farmácias. As empresas devem ter em 2021 um grande aumento nas taxas de vendas.

Totvs: Cia analisa comprar empresa de marketing digital

A empresa de tecnologia Totvs está em uma disputa com a Locaweb para adquirir empresa de marketing digital RD Gestão de Sistemas.

A informação foi divulgada ao mercado após questionamento por parte da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) sobre reportagem publicada no jornal Estado de S. Paulo.

A RD Gestão de Sistemas tem sede em Santa Catarina e é controlada por um fundo americano chamado Riverwood.

A transação envolvida pode chegar ao valor de R$1 bilhão.

Impacto: Positivo. A Totvs está analisando a compra da companhia de marketing digital, que pode implementar seu portfólio de produtos e serviços. A transação dependerá de disputa com a Locaweb.

Contatos
Conheça o nosso time de especialista da área de Investimentos.

RENDA VARIÁVEL
[email protected]

Luis Sales – CNPI
[email protected]

“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores,  para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo.  Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução da CVM N° 598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.”

Relacionados

Apito Final | Riscos sanitários e fiscais andam de lado

Internacional Bolsas internacionais encerram o dia próximos à estabilidade;Banco Central Europeu reforça postura acomodatícia em decisão de política monetária;Pedidos de seguro-desemprego nos [...]

Alejandro Ortiz Cruceno - 21/01/2021

Rio Bravo: Olhar Atento | Decisão do Copom

Como esperado, o Copom retirou ontem a orientação de que manteria o juro baixo por um tempo, abrindo a porta para [...]

Rio Bravo - 21/01/2021

Guide Empresas - Enjoei amplia parceria com varejistas, Aeris negocia contrato com Siemens de cerca de R$2,5 bilhões; e mais...

Aeris: Cia negocia contrato de cerca de R$2,5 bilhões com a SiemensImpacto: PositivoEngie: Cia enxerga espaço para ampliar seu portfólio no [...]

Luis Sales - 21/01/2021

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções