Guide Empresas – Vale reafirma que não existe risco iminente de ruptura da barragem de Xingu; JBS afirma ter pagado US$ 11 milhões em bitcoin em resposta a ataque hacker em operações na América do Norte; e mais…

Tempo de leitura: 8 minutos

Vale: Vale reafirma que não existe risco iminente de ruptura da barragem de Xingu
Impacto: Marginalmente negativo
JBS: Cia afirma ter pagado US$ 11 milhões em bitcoin em resposta a ataque hacker em operações na América do Norte
Impacto: Neutro
Track & Field: Cia anuncia novo CEO
Impacto: Neutro
Rede D’Or: Hospital da Rede investe R$ 1,5 bilhão para expansão de operações
Impacto: Positivo
Embraer: Cia mira fusão de US$ 2 bilhões com empresa de aquisição de propósito específico (SPAC)
Impacto: Positivo

Confira os destaques de hoje:

Vale: Vale reafirma que não existe risco iminente de ruptura da barragem de Xingu

A Superintendência Regional do Trabalho de Minas Gerais, responsável por interditar atividades da empresa no local, afirmou que uma barragem chamada Xingu, na mina Alegria em Mariana, pertencente a Vale, corre ‘’grave e iminente risco de ruptura por liquefação”. Ela foi desativada em março de 2020 pela Agência Nacional de Mineração.

A Xingu não recebe rejeitos de minério de ferro há mais de 20 anos, entretanto, alguns trabalhadores ainda executam atividades no local, o que motivou a ação dos fiscais trabalhistas. De acordo com a superintendência, uma ruptura no local, poderia causar soterramento de trabalhadores em Mariana, já castigada em 2015 por um rompimento da barragem da Samarco, que deixou 19 mortos.

“A análise dos documentos apresentados pela própria empresa revela que a barragem Xingu não apresenta condições de estabilidade, com alguns fatores de segurança para situações não drenadas inferiores a 1,0, oferecendo risco significativo e iminente de ruptura”, disse a superintendência.

A Vale reafirmou que “não existe risco iminente de ruptura da barragem de Xingu e que não houve alteração nas condições ou nível de segurança da barragem, que permanece em nível 2”, do Plano de Ação de Emergência de Barragens de Mineração (PAEBM).

Impacto: Marginalmente negativo. O temor de um possível novo desastre voltou ao radar de investidores da Vale, que por outro lado, afirma não haver risco iminente de ruptura. A mineradora tem feito um bom trabalho de reconstrução de sua imagem, além de pagamentos emergenciais aos atingidos pelos desastres de Mariana em 2015, e Brumadinho em 2019, bem como o plano de descaracterização de barragens, para prevenir novos acidentes.

JBS: Cia afirma ter pagado US$ 11 milhões em bitcoin em resposta a ataque hacker em operações na América do Norte

A JBS USA, subsidiária da brasileira JBS nos Estados Unidos, informou por meio de documento divulgado que pagou o equivalente a US$ 11 milhões em resposta ao ataque ramsonware contra as suas operações, na semana passada. O Frigorifico cancelou turnos nas fábricas nos EUA e Canadá na semana passada, após

A empresa ainda afirma que a decisão de pagar o resgate foi tomada após consulta com especialistas em segurança digital. O objetivo foi reduzir problemas causados pela invasão e evitar vazamento de dados.

“Foi uma decisão difícil de tomar para nossa empresa e para mim pessoalmente, no entanto, sentimos que essa decisão deveria ser tomada para evitar qualquer risco potencial para nossos clientes”, afirmou Andre Nogueira, CEO da JBS USA.

A JBS é a maior empresa de carnes do mundo em vendas, processamento de bovinos, aves e suínos. Nos EUA, a empresa é a maior processadora de carne bovina e uma das principais fornecedoras de frango e porco. Sua subsidiária Pilgrim’s Pride Corp., também atingida pelo ataque, é a segunda maior processadora de aves daquele país.

Impacto: Neutro. A JBS foi capaz de retomar 100% das suas operações, e aparentemente sem sofrer maiores impactos. Entretanto, os ataques cibernéticos surgem como um novo risco as empresas e que deverão ser monitorados em caso de eventuais danos mais graves. A quantia paga não deve causar impacto a JBS, pelo seu tamanho e ainda por possuir excelente saúde financeira, recebendo até mesmo uma melhora em sua nota de crédito pela agência de rating Fitch.

Track & Field: Cia anuncia novo CEO

A Track & Field, informou em documento enviado ao mercado nesta quarta-feira, que seu presidente, Túlio Capeline Landin, deixará o cargo no dia 30 de junho de 2021 após término do contrato. Ele deixará a empresa de moda esportiva e wellness, depois de ter concluído todos os objetivos, inclusive o de abrir o capital da empresa em 2020.

O comunicado afirma que “o papel do Túlio nos últimos três anos foi fundamental para a consolidação da Track & Field como uma das principais plataformas de wellness do país, e sua liderança possibilitou que entregássemos um excelente desempenho’’.

O novo CEO da empresa será Frederico Wagner, que também é um dos fundadores.

Impacto: Neutro. A mudança não deve trazer muito impacto no curto-prazo, visto que o novo CEO será um dos fundadores da Track & Field e tem profundo conhecimento desta e do setor no qual ela está presente há mais de 30 anos de história.

Rede D’Or: Hospital da Rede investe R$ 1,5 bilhão para expansão de operações

O Hospital Vila Nova Star, pertencente à Rede D’Or, anunciou um plano de expansão de R$ 1,5 bilhão que, de acordo com ele, deve levar o grupo “ao patamar dos grandes centros de excelência em saúde “.

O plano prevê a construção de um novo prédio, para atendimento de alta complexidade e a transformação da maternidade São Luiz em uma unidade de transplantes. Nele haverá 12 andares com 216 leitos, junto aos 90 atualmente disponíveis no Vila Nova Star. Destes, 96 leitos serão para internação, 30 para unidades de terapia intensiva, além de 10 salas cirúrgicas com equipamentos de ponta e métodos diagnósticos, como tomografia e ressonância magnética.

Os projetos são estimados em R$ 1,5 bilhões e a criação de 126 novos leitos. As unidades receberão o nome do hospital e a bandeira Star, que visa aliar a tecnologia de ponta à excelência no atendimento de um hotel seis estrelas, com conclusão prevista para o final de 2022.

Impacto: Positivo. Com o investimento, a Rede D’Or fortalece sua marca no segmento de hospitais de ponta, aumentando a possibilidade de ganho de participação de mercado.  Vale ressaltar que o grupo tem realizado diversas aquisições no pulverizado setor hospitalar, que deve ter a concorrência bastante intensificada em breve.

Embraer: Cia mira fusão de US$ 2 bilhões com empresa de aquisição de propósito específico (SPAC)

A Embraer estaria em negociações para uma possível fusão da Eve Urban Air Mobility, sua unidade de veículos elétricos de pouso e decolagem vertical, com a Zanite Acquisition. A fusão teria o valor estimado em US$ 2 bilhões.

A empresa de aquisição de propósito específico, ou SPAC na sigla em inglês, busca levantar novo capital para financiar a transação, disseram as pessoas, que não quiseram ser identificadas. Ela tem sede em Cleveland, Ohio, e captou US$ 230 milhões em uma oferta pública inicial em novembro.

A Eve Urban Air Mobility, liderada por André Stein, fabrica veículos elétricos de pouso e decolagem vertical, ou eVTOLs na sigla em inglês, os chamados táxis voadores. Liderada pelo CEO André Stein, esta semana a empresa fechou uma parceria.

Impacto: Positivo. A Embraer vem investindo em novas vertentes de tecnologia, e com a possível fusão, a Eve, da fabricante de aviões, com a Zanite, a empresa irá conseguir gerar maior valor, além de estar entrando em um novo mercado muito específico. A Eve ainda fechou parceria nesta semana, com a Helisul Aviation, operadora brasileira de helicópteros, que envolve um pedido de até 50 eVTOLs com entregas previstas a partir de 2026.

Contatos
Conheça o nosso time de especialista da área de Investimentos.

RENDA VARIÁVEL
[email protected]

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é assinatura-chapadeiro.png
Luis Sales – CNPI
[email protected]
“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores,  para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo.  Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações. Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Resolução CVM nº 20, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.”

Relacionados

Apito Final | Confiança em alta

Internacional Ativos internacionais voltam a operar acerca das máximas, ainda de olho na inflação e no processo de recuperação;Confiança do consumidor americano [...]

Alejandro Ortiz Cruceno - 11/06/2021

Flash Macro | Volume no setor de serviços cresce em abril com flexibilização

O volume no setor de serviços, livre de influência sazonais, apresentou expansão de 0,70% em abril com relação a março, recuperando [...]

Alejandro Ortiz Cruceno - 11/06/2021

Rio Bravo: Olhar Atento | A receita real de serviços

A receita real de serviços cresceu 0,7% em abril, acima da nossa expectativa (0,4%). Após a surpresa positiva em vendas no [...]

Rio Bravo - 11/06/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções