Guide Empresas – Crises ambientais podem denegrir indústria brasileira de papel e celulose no mercado; Justiça homologa o plano de aditamento do plano de recuperação judicial da Oi; e mais…

Tempo de leitura: 7 minutos

Confira os destaques de hoje:

Ecorodovias: Empresa divulga evolução dos fluxos em suas rodovias
Impacto: Positivo
Oi: Justiça homologa aditamento ao plano de recuperação judicial da empresa
Impacto: Positivo
Setor de Educação: Ofertas pela Laureate devem incluir venda de ativos
Impacto: Positivo
Setor  de Papel e Celulose: Empresas são fortemente impactadas pela crise ambiental
Impacto: Negativo
Sinqia: Cia compra Tree Solutions
Impacto: Positivo

Ecorodovias: Empresa divulga evolução dos fluxos em suas rodovias

A Ecorodovias divulgou hoje a evolução dos fluxos em suas rodovias entre os dias 16 de março a 04 de outubro.

Durante o período analisado, o conjunto de suas concessões apresentou queda de 11,2% comparado ao mesmo período no ano passado.
Na comparação ano vs. ano, a queda foi de 5,5%.

Para base de comparação, na semana passada a queda no período foi de 11,6% e a da comparação anual de 5,6%, indicando uma evolução positiva nos números.

Impacto: Positivo. Mais uma semana se passou com evolução positiva dos fluxos nas rodovias da Ecorodovias. Gostamos do papel e acreditamos que ainda possui grandes oportunidades conforme a reabertura gradual vai acontecendo. O setor foi brutalmente impactado pelas restrições de movimentação, mas vem apresentando rápida recuperação e deve enfrentar novos leilões no ano que vem.

Oi: Justiça homologa aditamento ao plano de recuperação judicial da empresa

Em decisão divulgada na noite de ontem (05/10), o juiz Fernando Viana, da 7ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro, homologou o aditamento ao plano de recuperação judicial da companhia de telecomunicação que havia sido aprovado em assembleia geral de credores realizada no dia 8 de setembro.
 
No documento, além de ter afastado a alegação de tratamento desigual entre credores, Viana rejeitou as alegações de nulidades procedimentais da Assembleia Geral de Credores (AGC). O magistrado ainda rejeitou os pedidos de nulidade do quórum de votação e da aprovação do aditamento ao plano. 

Alguns bancos, insatisfeitos com os percentuais de desconto sobre o valor de face dos créditos que têm a receber da Oi, tentavam reverter a aprovação do acréscimo na Justiça.

Viana estabeleceu um prazo de 12 meses para o encerramento do processo de recuperação judicial iniciado em 2016, iniciando a contagem da data de publicação da decisão desta segunda-feira. 

O juiz ressaltou, no entanto, que tal prazo pode ainda ser prorrogado “caso haja necessidade de se ultimarem os atos relativos às alienações” de ativos. 

Impacto: Positivo. O juiz Fernando Viana, que homologou o aditamento do plano de recuperação judicial da Oi também estabeleceu um prazo de 12 meses para o encerramento do processo. Bancos que estavam insatisfeitos com os percentuais de desconto sobre o valor de face dos créditos que têm a receber da Oi agora não podem mais reverter o plano.

Setor de Educação: Ofertas pela Laureate devem incluir venda de ativos

A fim de evitar longas análises por parte do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), as ofertas pela Laureate devem contemplar opções de venda de ativos por parte das companhias de educação.

De acordo com o jornal Valor Econômico, A Ânima deve colocar à disposição a FMU, localizada em São Paulo, e a Yduqs, o centro universitário IBMR, no Rio.

Hoje vence o prazo para os interessados apresentarem suas ofertas, concorrendo com a proposta da Ser Educacional, avaliada em R$ 4 bilhões.

A estratégia da venda de ativos, que serviu como prevenção contra a concentração de mercado em determinadas regiões, está relacionada ao fato de que ambas as transações devem envolver troca de ações e os fundos acionistas da Laureate querem ter os recursos em mão o quanto antes. 

Ainda segundo fontes, a Yduqs formou um pool de bancos para levantar recursos para a aquisição, com Itaú BBA e Bradesco entre os participantes.

A gestora de private equity Advent, que recentemente levantou US$ 2 bilhões e é a maior acionista da Yduqs, não entrará com aporte nessa transação da Laureate. 

Impacto: Positivo. A ideia das companhias do setor de vender ativos junto à oferta pela Laureate, visando a prevenção contra a concentração de mercado em determinadas regiões pode contribuir para que o Cade realize análises mais breves.

Setor  de Papel e Celulose: Empresas são fortemente impactadas pela crise ambiental

O setor de papel e celulose brasileiro é reconhecido internacionalmente pelo manejo sustentável de suas florestas. As empresas pertencentes possuem uma série de qualidades, quando se trata de ESG.

No entanto, com a crise ambiental atual no país, o setor está em crise. Mesmo não tendo sido o maior impactado, as companhias podem acabar tendo seus negócios conquistados ao longo dos anos e sua boa imagem defasados pelo aumento dos problemas nessas áreas.

O setor de base florestal brasileiro teve cerca de US$ 10 bilhões em receita com exportações no ano passado, sendo superavitário e grande investidor.
Segundo Paulo Hartung, ex-governador do Espírito Santo e presidente-executivo da Indústria Brasileira de Árvores (Ibá), a crise atual é grave e pode afetar mercados abertos pelo país com duras penas nos últimos anos, assim como o acesso ao crédito internacional.

Atualmente, existem três fábricas em construção e um total de R$ 35 bilhões em projetos em execução ou planejados para os próximos anos.

Impacto: Negativo. A indústria brasileira de papel e celulose possui grande atuação internacional, além de bom nome no mercado. No entanto, a crise ambiental que está em curso pode comprometer o grande progresso feito nos últimos anos.

Sinqia: Cia compra Tree Solutions

A Sinqia informou ao mercado que adquiriu a totalidade de ações da Tree Solutions, fornecedora de software para o sistema financeiro no Brasil, com foco no segmento de câmbio.

O preço de aquisição inicial será, segundo o comunicado, de R$ 13,3 milhões, composto por uma parcela à vista de R$ 10,5 milhões paga nesta data, e uma parcela a prazo de R$ 2,8 milhões, a ser paga em 5 prestações anuais de R$ 560 mil.

Impacto: Positivo. A Sinqia, com a nova aquisição, complemente seu portfólio e torna mais robusta a sua atuação dentro do segmento de software para o sistema financeiro no Brasil, com foco no segmento de câmbio, no qual ela já possui bastante expertise. Gostamos do papel e do setor e vemos muitas oportunidades de crescimento nos próximos meses.

Contatos
Conheça o nosso time de especialista da área de Investimentos.

RENDA VARIÁVEL
[email protected]

Luis Sales – CNPI
[email protected]

“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores,  para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo.  Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução da CVM N° 598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.”

Relacionados

Apito Final | Ainda sem orçamento

Internacional Índices internacionais iniciam a semana de lado, sem grandes destaques;Dados referentes aos fundamentos macroeconômicos dos EUA garantem reforço ao otimismo com [...]

Alejandro Ortiz Cruceno - 12/04/2021

Carteira Semanal de Ações | 12 de Abril

Nesta semana, optamos por realizar duas alterações pontuais em nossa Carteira Semanal. Totvs ON (TOTS3) Gol PN (GOLL4) Performance: A [...]

Luis Sales - 12/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções