+0,00% R$0,00
+0,00% R$0,00
+0,00% Carregando...
Carregando...

Embraer: Boeing cancela acordo comercial

 

Com cancelamento do acordo firmado com a Boeing, Embraer recorrerá à Justiça ou à uma câmara de arbitragem para ser compensada pelos danos. 

Em 2019, apenas com a cisão da unidade de aviação comercial a empresa obteve gastos de R$ 485,5 milhões. 

O acordo vinha evoluindo desde o final de 2017, e nesse final de semana, a Boeing anunciou seu encerramento, alegando que a Embraer deixou de cumprir algumas questões. 

Ao mesmo tempo, a Embraer acusa a Boeing de estar utilizando estas alegações para não pagar os U$4,2 bilhões, anteriormente acordados, pelo negócio dada a crise financeira.

 

Impacto: Negativo. O acordo estava sendo negociado desde 2017 e traria uma série de sinergias para ambas as companhias envolvidas. No entanto, seria bastante desafiador seguir com ele durante o período atual de crise pelo coronavírus. Além disso, a Boeing estava tendo uma série de problemas com a aeronave 737 Max, o que seria uma outra complicação para a Embraer. Para a companhia brasileira, a situação reforça nossa visão negativa, visto que os pedidos de aeronaves continuam aquém do esperado e a JV com a Boeing poderia trazer certo alivio financeiro para a companhia. Com isso, não descartamos uma possível necessidade de capitalização da companhia para suportar o período adverso.

Bitnami